Aluguel de Ferramentas









Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


31/05 - Região de Campinas tem 81 oportunidades de emprego nesta segunda-feira; veja cargos
Vagas contemplam diversos gêneros, níveis de escolaridade e experiência. Com a pandemia do novo coronavírus, atendimentos estão sendo realizados à distância ou mediante agendamento. Região de Campinas tem vagas de emprego em aberto nesta segunda-feira (1º) Minne Santos As unidades do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Americana (SP), Campinas (SP), Espírito Santo do Pinhal (SP), Indaiatuba (SP), Itapira (SP) e Jaguariúna (SP) oferecem 81 vagas de emprego nesta segunda-feira (1º). Veja na lista abaixo. As oportunidades são para todos os gêneros e contemplam diversos níveis de escolaridade e experiência. Há vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PCD). Os PATs alertam que os cargos podem sofrer alterações ao longo do dia. Devido à pandemia, o atendimento nas unidades também pode mudar e, por isso, deve ser acompanhado nos canais oficiais do órgão ou das prefeituras das cidades. Americana O PAT de Americana oferece 23 oportunidades de emprego nesta segunda. Os interessados devem acessar o portal da prefeitura e preencher o cadastro de vagas. Entre as ofertas em aberto estão: Ajudante de entrega - 1 vaga; Analista de Marketing - 1 vaga; Auxiliar contábil - 1 vaga; Auxiliar de limpeza - 2 vagas; Auxiliar de limpeza / doméstico (a) - 1 vaga; Carpinteiro (a) de obras - 4 vagas; Costureiro (a) - 3 vagas; Líder de produção - 1 vaga; Mecânico - 1 vaga; Operador (a) de máquina de pasteurizar líquidos - 1 vaga; Operador (a) de trefila - 3 vagas; Pedreiro (a) - 1 vaga; Técnico (a) em edificações - 1 vaga; Vendedor (a) - 1 vaga; Auxiliar de limpeza (PCD) - 1 vaga. Campinas O CPAT, em Campinas, tem 13 vagas em aberto nesta segunda. Devido à pandemia do coronavírus, a unidade está realizando atendimentos somente mediante agendamento prévio, pelo telefone 156. Ajudante de obra – 4 vagas; Auxiliar administrativo (a) – 1 vaga; Auxiliar de limpeza – 5 vagas; Costureira (o) de máquinas industriais na confecção de jaquetas – 1 vaga; Motorista de caminhão trucado – 1 vaga; Porteiro (a) de edifícios – 1 vaga. Para acompanhar eventuais mudanças, acesse o site da unidade. Espírito Santo do Pinhal Em Espírito Santo do Pinhal, há quatro vagas de emprego em aberto. Devido à pandemia, o PAT orienta que os candidatos interessados entrem em contato com a unidade pelo telefone (19) 3661-2114. Assistente logístico (a) – 1 vaga; Atendente de farmácia – 1 vaga; Farmacêutico (a) – 1 vaga; Jardineiro (a) – 1 vaga; Para acompanhar eventuais mudanças no atendimento da unidade, é necessário acessar o site do PAT. Indaiatuba Indaiatuba oferece 14 oportunidades de emprego através do PAT. A orientação da administração municipal é para que o (a) interessado (a) busque os serviços online ou pelos aplicativos SINE Fácil e CTPS Digital. Lavador (a) de carros – 1 vaga; Motorista de caminhão – 1 vaga; Serralheiro (a) – 1 vaga; Auxiliar de limpeza – 1 vaga; Chefe de cozinha – 1 vaga; Cuidador (a) de idoso – 1 vaga; Empregado (a) doméstico (a) – 1 vaga; Auxiliar de manutenção predial – 1 vaga; Ajudante de padeiro – 1 vaga; Costureira (o) – 1 vaga; Oficial de manutenção predial – 1 vaga; Técnico (a) orçamentista – 1 vaga; Analista de controle de qualidade – 1 vaga; Farmacêutico (a) – 1 vaga. Para acompanhar eventuais mudanças, é necessário acessar o site do PAT. Itapira Itapira oferece 18 vagas de emprego através do PAT. Os interessados devem enviar o currículo atualizado para o e-mail postoatendimentoitapira@gmail.com, com o nome da vaga no campo "Assunto", além do número do PIS. O telefone, em caso de dúvidas, é o (19) 3843-4564. Auxiliar de escritório - 1 vaga exclusiva para PCD; Analista de custos - 1 vaga; Analista de licitações - 1 vaga; Comprador (a) sênior - 1 vaga; Conferente de carga e descarga - 1 vaga; Costureiro (a) de máquina industrial - 1 vaga; Costureiro (a) de máquina industrial - 1 vaga; Eletricista industrial - 1 vaga; Mecânico (a) de manutenção industrial - 1 vaga; Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações - 1 vaga; Operador (a) de empilhadeira - 1 vaga; Operador (a) de produção - 1 vaga; Rebarbador (a) de metais - 1 vaga; Riscador (a) de tecidos - 1 vaga; Serviços gerais - 1 vaga; Técnico (a) em eletromecânica - 1 vaga; Vendedor (a) no comércio de mercadorias - 1 vaga; Vendedor (a) no comércio varejista - 1 vaga. Jaguariúna - 9 vagas O PAT de Jaguariúna tem nove vagas em aberto nesta segunda. Segundo a unidade, os interessados devem encaminhar o currículo para o e-mail pat.jaguariuna@gmail.com, colocando no assunto a oportunidade pretendida. Atendente de loja/balconista – 1 vaga; Caldeireiro (a) – 1 vaga; Cozinheiro (a) – 1 vaga; Eletricista industrial – 1 vaga; Jovem aprendiz – 1 vaga; Meio (a) oficial serralheiro (a) – 1 vaga; Motorista de caminhão bitrem – 1 vaga; Serralheiro (a) – 1 vaga; Soldador (a) – 1 vaga. Veja mais oportunidades da região no G1 Campinas
Veja Mais

31/05 - Policial salva recém-nascida de engastamento em Piracicaba
PM voltava à base para encerrar plantão quando foi abordado pelo pai da criança, que recebeu manobra, voltou a respirar e não corre riscos. Viaturas da Rocam em frente ao Hospital Regional, para onde a bebe foi levada Divulgação/ PM Um policial militar de Piracicaba (SP) salvou uma bebê de 1 mês e dois dias de engasgamento, na noite deste domingo (31). De acordo com a corporação, o caso ocorreu na Rua Américo Vespúcio, na Vila Rezende, por volta das 18h15 Membro da equipe da Roda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam), o PM chegava à base para encerrar o serviço quando um veículo adentrou o quartel de forma brusca. Um homem desceu do veículo e entregou a criança ao policial, que iniciou a manobra de Heilich, normalmente utilizada em casos de engasgamento. Após alguns segundos, a recém-nascida vomitou leite e voltou a respirar. Ela foi levada pela equipe policial ao Hospital Regional de Piracicaba, onde foi atendida por um pediatra e ficou em observação, sem risco de morrer. Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Veja Mais

31/05 - Bebê que foi abandonado em lote baldio é adotado, em Goiânia
Polícia ainda tenta identificar quem abandonou a criança, que foi encontrada embaixo de uma árvore. Bebê abandonado no início do ano foi adotado por família de Goiânia O bebê que foi abandonado aos cinco meses de vida em um lote baldio de Goiânia foi adotado. Segundo a direção do abrigo onde o menino estava, a nova família passou por todos os procedimentos legais para adoção e já está em um novo lar. A Polícia Civil ainda tenta identificar quem abandonou a criança. O bebê foi encontrado no dia 24 de fevereiro, no Setor Vera Cruz. Ele estava embaixo de uma árvore e chovia no dia. O menino foi encontrado por um casal que mora ao lado do lote onde ele estava. O caso está em segredo de Justiça e não foi informado por quem ele foi adotado. A direção do abrigo informou apenas que a adoção foi feita em abril, respeitando as etapas legais. A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente informou que ainda está investigando o caso e tenta identificar quem abandonou o bebê. No início de março, a polícia divulgou um retrato falado de uma mulher suspeita de ter deixado o menino no terreno baldio. Veja outras notícias da região no G1 Goiás. Bebê foi abandonado em lote baldio de Goiânia Reprodução/TV Anhanguera
Veja Mais

31/05 - Pós-pandemia pode ser de sofrimento mental generalizado ou de redescoberta da solidariedade, diz pensador italiano
Para o filósofo Franco Berardi, coronavírus agravou problemas anteriores, mas trouxe também demanda por relações menos competitivas. Pensador propõe também uma saída construtiva, em que as pessoas podem 'redescobrir a necessidade da solidariedade, abandonar o espírito de competição agressiva e sair do medo do contágio com um desejo renovado de contato corporal' ROBERTO PARIZOTTI / FOTOSPUBLICAS via BBC O que vai restar do que se conhecia antes da pandemia de coronavírus? No mundo todo, projeções têm buscado dar algum tipo de desenho ao imprevisível, mas esbarra-se em um desconhecimento global. É possível conhecer, porém, o que diz respeito aos nossos limites e esgotamentos como sujeitos, destaca o filósofo italiano Franco "Bifo" Berardi. O corpo, muitas vezes tratado como um aparelho infalível, experimenta uma ameaça de proporções assustadoras, atualizada a cada morte provocada pelo vírus ou pelo tumulto que ele gera nos sistemas de saúde. "Não vai ficar mais fácil após o término do isolamento; [viver] será muito mais difícil e duro. Deveríamos olhar para essa dificuldade pelo ponto de vista dessa nova consciência que o isolamento gerou: consciência da mortalidade e da fragilidade do corpo." Em seus livros Asfixia e Depois do Futuro, ambos publicados pela Editora Ubu, o intelectual de esquerda discute o atravessamento do modelo financeiro-tecnológico nas relações humanas e sociais, e as resistências empreendidas por agrupamentos públicos e pela arte. Um argumento comum costura as duas publicações: é preciso corpo e afeto para dar novo significado ao tecido social e às interações coletivas - promover mais encontros e menos fragmentação. Por isso, ele convoca com frequência a noção de erotismo para falar de uma retomada prazerosa da convivência com o outro, a despeito da aridez e agressividade vigentes nas conexões atuais. Se em 2011 o movimento Occupy Wall Street, que denunciava a desigualdade social, entre outros problemas, despontava para o autor como uma promissora reativação a dimensão pública urbana, os anos seguintes foram de frustração. E mais ainda agora na pandemia. "Agora, o corpo é diretamente agredido pelo vírus, pelo isolamento obrigatório e pelo distanciamento social." Ativista dos movimentos estudantis europeus de Maio de 1968 e comentador da vida contemporânea, Berardi mantém um diário sobre os efeitos da Covid-19 no mundo. O prognóstico é preocupante e inclui grande sofrimento mental. Para ele, os efeitos da pandemia podem levar a dois destinos diferentes: "Podemos entrar em um período de miséria física ilimitada, de deserotização absoluta das relações sociais, um período de sofrimento mental generalizado", afirma, em perspectiva pessimista. Mas Bifo propõe também uma saída construtiva, em que as pessoas podem "redescobrir a necessidade da solidariedade, abandonar o espírito de competição agressiva e sair do medo do contágio com um desejo renovado de contato corporal". Uma das mudanças já percebidas pela sociedade é a transformação da relação com o tempo - tanto na aceleração quanto na desaceleração. Quando assistiu, em janeiro, ao filme de Ken Loach Você Não Estava Aqui?, que retrata a falta de assistência aos informais que trabalham com entregas, o filósofo italiano concluiu que a ansiedade, o desespero, a agressividade e a frustração são "um fardo da miséria psíquica que o modo de vida neoliberal provocou e de que nunca seremos capazes de nos libertar". O autor analisa que o ritmo alucinado de trabalho, vivências e relações cultivado nas últimas décadas era intolerável, mas vinha sendo tolerado. Parecia não haver outras formas de viver - até que a pandemia de coronavírus irrompeu e impôs limites a um corpo que era tratado como máquina de exploração. "Veio o isolamento e, de repente, a aceleração infernal foi interrompida. Agora estamos diante da possibilidade de sair do inferno, de reformular todo o sistema de expectativas. Seremos capazes de resistir à pressão capitalista que nos quer de volta àquele carrossel de antes?" Ainda que o isolamento social tenha instituído outras rotinas e ritmos à maioria das pessoas, os trabalhadores considerados essenciais ficaram foram dessa possibilidade, "obrigados a continuar trabalhando cada vez mais rápido", como destaca Bifo. A eles foi reservada a aceleração do tempo. Os dados endossam a afirmação do filósofo. Em levantamento realizado por pesquisadores brasileiros, entregadores por aplicativos afirmaram que, apesar de o trabalho ter sido maior na pandemia, houve "redução significativa" do salário. Trabalhos precários Berardi acha que o ritmo alucinado de trabalho, vivências e relações cultivado nas últimas décadas era intolerável, mas vinha sendo tolerado Arquivo pessoal via BBC As relações de trabalho têm passado por uma precarização perigosa, na avaliação do pensador italiano. Renegociações feitas devido à pandemia podem ir além dos momentos de exceção e instituir uma fragilização naturalizada. "A explosão do desemprego criará a condição para um tremendo agravamento da situação social: miséria generalizada, agressividade, conflitos, violência, guerra. Isso é fácil de prever, é quase óbvio. A única saída de uma catástrofe sem fim é uma mudança radical na relação entre atividade social e acesso às necessidades básicas da vida." "Acho que a verdadeira mudança não deve ocorrer na posição política dos Estados, mas na capacidade da sociedade de se organizar fora das formas dominantes. Auto-organização da produção, principalmente da produção de alimentos, e redistribuição de riqueza." Sobre isso, o filósofo não nega que as tensões dos próximos anos serão violentas, na medida em que haverá recusa, de alguns, na redistribuição. Enquanto as desigualdades refletem um processo de expansão e de acúmulo que favorece apenas uma pequena parte da população — dados das Nações Unidas de 2019 demonstram que a América Latina é a região do mundo com a maior desigualdade de renda —, o crescimento não tem se revertido necessariamente na expansão de coisas úteis e prazerosas. Para Bifo, a resultante é uma aceleração do processo de extração e a destruição de recursos físicos e mentais. "A obsessão econômica e financeira por crescer e o impulso persistente de ter mais, de acumular valor abstrato, não estão funcionando." Ele não tem dúvidas de que a pandemia esteja expondo a "fragilidade do sistema monetário", baseado em dinheiro imaginário e especulação financeira. Há capital circulando entre alguns. "Mas, no momento, o que precisamos não é de dinheiro, mas de coisas úteis como ventiladores, máscaras, alimentos, afeto." Bifo argumenta ainda que o dinheiro disponibilizado por bancos centrais e instituições financeiras internacionais é revertido ao modelo capitalista e consumista, com forte impacto no endividamento da população. "É uma experiência bem conhecida: desde os anos 1990, nos EUA, na Europa e na América Latina, a ampla disponibilidade de cartões de crédito (dinheiro eletrônico) permitiu uma expansão do consumo, mas isso implicou na criação de uma dívida que resultou na sujeição crescente das pessoas. A dívida atuou como o principal fator de dependência social e obrigou os trabalhadores a aceitar qualquer tipo de chantagem, precariedade, salário baixo etc." Enfrentamento da pandemia 'As pessoas estão produzindo arte e poesia durante o confinamento. Vejo essa ampla atividade de escrever e gravar imagens (por mais fragmentárias que sejam) como uma espécie de tentativa de encontrar um ritmo comum, uma tentativa de reconstruir o tecido da sensibilidade' Getty Images via BBC Questionado sobre a recusa à ciência de parte da população diante do maior desafio desde a Segunda Guerra Mundial, Bifo lembra que o próprio fato de vivermos um acontecimento sanitário como este no século 21 demonstra que "a ciência está longe de ser infalível". A ciência de fato avança e alarga fronteiras sempre que novas perguntas são feitas, levando à produção de mais respostas. "Certo grau de ceticismo é legítimo", ele opina. Feita a provocação, ele ressalta que é a busca científica a nossa arma contra os problemas impostos pela Covid-19. "O conhecimento é a única ferramenta que temos contra o vírus e também contra qualquer tipo de perigo. Portanto, é difícil entender como alguns grupos não minoritários de pessoas podem ser tão absurda e teimosamente negacionistas." Sem recusar a melancolia e as crises intensificadas pela pandemia, Bifo também vislumbra possibilidades de vida que incluam a poesia, o sonho com o futuro e a reinvenção das relações. O filósofo explica que o isolamento e as consequências dele permitirão que olhemos para outras possibilidades de nos relacionar. "Nos últimos 40 anos, ficamos paralisados, persuadidos de que não havia alternativa; mas agora ela se impôs, pelo menos por um período." "As pessoas estão produzindo arte e poesia durante o confinamento. Vejo essa ampla atividade de escrever e gravar imagens (por mais fragmentárias que sejam) como uma espécie de tentativa de encontrar um ritmo comum, uma tentativa de reconstruir o tecido da sensibilidade." Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Cortejo simbólico do tradicional Pau da Bandeira gera aglomerações no interior do Ceará
Apesar do decreto de isolamento social no estado, moradores seguiram um carro de som durante o ato em homenagem à festa tradicional em Barbalha. Moradores acompanharam o cortejo da festa tradicional em Barbalha. Toni Sousa Um cortejo simbólico do Pau da Bandeira, no município de Barbalha, no interior do Ceará, gerou aglomerações em alguns pontos da cidade neste domingo (31). Apesar do decreto de isolamento social determinado pelo Governo do Estado, moradores seguiram um carro de som que levava a bandeira de Santo Antônio para ser hasteada no mastro já erguido no ano passado. A intenção, segundo relatos da população, era fazer uma homenagem simbólica à tradicional Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio, reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural Brasileiro, em 2015. “De manhã a gente fez a bênção da bandeira, e estava marcado para sair às 17h apenas o carro de som com a bandeira, e só. Mas o momento chamava a atenção, é um momento simbólico pra muitos devotos e carregadores de Barbalha. É uma maneira de a gente respeitar a nossa tradição e a nossa cultura”, conta Rildo Teles, que esteve à frente da comissão do cortejo. Muitos moradores não estavam de máscara durante o percurso. VC Repórter Durante o percurso do veículo, moradores seguiram a pé, em carros e em motocicletas até o local onde estava erguido o mastro utilizado na comemoração em 2019. Embora a maioria dos presentes estivesse utilizando máscaras, algumas pessoas foram vistas sem a proteção. “A gente se preocupa. No carro de som, falamos do uso das máscaras. Isso prova a nossa responsabilidade com os outros”, acrescenta Teles. Contaminação Em publicação feita no Instagram, o prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, informa que o cortejo não foi de responsabilidade da Prefeitura e nem do próprio gestor. Em nota, a prefeitura lamentou o fato "no momento em que o município se esforça para conter o avanço da Covid". "A prefeitura reafirma a necessidade de que a população obedeça as normas de controle da doença, considerando o crescente número de infectados, o que pode provocar mortes", ressaltou a gestão. De acordo com a secretária da Saúde de Barbalha, Pollyanna Callou, os fiscais de Vigilância Sanitária não teriam condições de impedir a aglomeração uma vez que “poderiam ser agredidos, já que poderia haver pessoas sob influência de bebidas alcoólicas”. Ela destaca a preocupação com o avanço do coronavírus na cidade, e afirma que a aglomeração deste domingo pode aumentar o número de contaminados. Segundo a secretária, o reflexo do ocorrido será avaliado daqui a 15 dias. O G1 entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do estado (SSPDS) para questionar se a polícia esteve presente durante o ato para alertar a população. Em nota, a pasta estadual informa que "policias militares lotados na 2ª Companhia do 2° Batalhão da Polícia Militar (2°Cia/2°BPM) do município de Barbalha receberam denúncias por meio de redes sociais de aglomeração de pessoas" no evento. "Após tomarem conhecimento do evento, os policiais foram ao local orientar as pessoas a voltarem para suas residências e respeitarem o isolamento social, medida de prevenção ao contágio e proliferação do novo coronavírus (Covid-19). As pessoas atenderam à solicitação dos policiais e esvaziaram o local onde ocorria o evento", informa a SSPDS. Plano de retomada Após ser anunciado o regime de lockdown para sete municípios cearenses, o chefe da Casa Civil do Governo do Ceará, Élcio Batista, reforçou neste domingo (31) que as cidades não vão seguir simultaneamente as fases do plano de retomada da atividade econômica. Veja o que é permitido fazer e o que é proibido nas 7 cidades do Ceará que terão regras de isolamento social rígido Confira os horários de funcionamento das atividades liberadas no Ceará a partir desta segunda-feira "É importante consultar o decreto. Sete municípios entraram em isolamento social rígido. Nesses municípios, a indústria pode funcionar, mas comércio e serviços não vão poder abrir, nem aqueles que estão previstos no plano, da cadeia de saúde e material de construção", disse. Ele pontuou que o funcionamento da indústria vai depender dos prefeitos. "Os prefeitos têm autonomia para definir uma restrição ainda maior ou não", disse. A declaração foi em resposta à dúvida sobre o plano de retomada valer ou não para todo o Estado. Élcio Batista lembrou que os municípios e regiões cearenses estão vivenciando momentos epidemiológicos diferentes. "Fortaleza, nas últimas semanas, está tendendo a uma estabilidade e aparentemente estamos em uma curva decrescente. Nós precisamos de mais tempo para saber se isso está mesmo acontecendo", ressaltou. Já a Região Norte do Estado, conforme exemplificou, está em um "momento epidemiológico distinto". "Não necessariamente nessa região o plano vai ser implementado no mesmo momento", frisou. Três mil mortos no Ceará O Ceará ultrapassou a marca de 3 mil óbitos por Covid-19 e tem 48.391 casos da doença. Agora o estado contabiliza 3.003 mortes em decorrência do novo coronavírus, conforme atualização da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa), às 14h12. Somente no sábado, foram registrados somente nesse dia 9.427 casos. A grande quantidade ocorreu por causa da liberação do resultados de mais de 20 mil testes, incluindo os do tipo PCR, testes rápidos e sorologia, segundo a Sesa. Ao todo, 116.159 mil testes já foram realizados no Ceará. Além de Fortaleza, mais sete cidades do Ceará terão regras de isolamento social rígido Faixa etária entre 20 e 39 anos tem alta incidência de Covid-19 em Fortaleza, mas baixa letalidade Fortaleza concentra o maior número de ocorrências do estado, com 23.598 pessoas infectadas e 1.964 mortos pela doença. A quantidade de casos investigados do novo coronavírus (SARS-CoV-2) é de 53.267 no Ceará, e a recuperação foi de 31.689 pessoas.  Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente. Veja outras informações da plataforma: A taxa de letalidade da doença no Ceará é de 6,2%. São 3 óbitos nas últimas 24 horas; 54 mortes foram confirmadas e inseridas na plataforma nas últimas 24h. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Duas mulheres morrem, e criança fica ferida em acidente na PR-317
Batida aconteceu em Ouro Verde do Oeste, no oeste do Paraná, na tarde deste domingo (31); conforme a polícia, a motorista perdeu o controle da direção do carro e bateu contra uma árvore. Duas mulheres morrem e criança fica ferida em acidente na PR-317 Divulgação/BPRv Duas mulheres morreram e uma criança ficou ferida em um acidente na PR-317, em Ouro Verde do Oeste, no oeste do Paraná, na tarde deste domingo (31). De acordo com o Batalhão da Polícia Rodoviária do Paraná (BPRv), a motorista, de 32 anos, seguia sentido distrito de Luz Marina, quando perdeu o controle da direção do carro e bateu contra uma árvore. Ela e a passageira, de 28 anos, morreram no local e foram encaminhadas ao Instituto Médico-Legal (IML) de Toledo, também no oeste do estado. Uma criança, de quatro anos, que também estava no carro, ficou ferida e foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Toledo. Segundo a polícia, o carro foi recolhido ao patio do posto rodoviário. Até a publicação desta reportagem, não havia informações do que pode ter causado o acidente. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Veja Mais

31/05 - Festa virtual: guia do Fantástico te ensina a montar uma balada durante o isolamento
Com ajuda de especialistas no assunto, a gente te mostra que também dá pra curtir muito durante a quarentena. Veja um passo a passo para juntar os amigos num evento online. A cada dia que passa, a saudade de encontrar os amigos aumenta. Mas sabemos também que ainda não é hora de aglomeração, nem de dar chance para o coronavírus. Em tempos de isolamento social, é importante manter o contato com as pessoas queridas e comemorar datas especiais sem sair de casa. Mas como? O Fantástico conversou com Deo'Jorge, e Cris Matos, organizadores das festas online D/BOA e O/NDA, que dão algumas dicas simples e essenciais pra você montar a sua. Veja no vídeo: Festa virtual: guia do Fantástico te ensina a montar uma balada durante o isolamento Confira também o manual abaixo: 1 - Decida dia, hora e a plataforma que será usada. - Hoje, existem várias plataformas para a realização da sua festa virtual, como Skype, Zoom, Google Hangouts, Instagram e muitas outras. Pesquise e escolha a sua preferida. Balada online Fantástico 2 - Convide seus amigos para a chamada de vídeo através de redes sociais, aplicativos de mensagens ou e-mail. Balada online Fantástico 2 - Escolha um espaço legal da casa: vale decorar com plantas, luzes e até fundos alternativos. Balada no isolamento Fantástico 3- No dia da festa, capriche nos comes e bebes, dê um tapa no visual e vá curtir! Balada no isolamento Fantástico Larissa Gomes, editora na agência de tendências WGSN Brasil e frequentadora assídua de festas online durante a quarentena, conta que já era comum ver em outros países as pessoas fazendo eventos online. Porém, com o isolamento social, a necessidade por encontrar formas de interagir acelerou essa tendência, que antes era mais comum no mundo dos games. Ela afirma que os movimentos de interação online, como as festas, não são sobre negar os desafios e o que tem de negativo acontecendo, mas sobre entender o que vem de aprendizado e as formas que as pessoas encontram para serem resilientes. "As pessoas têm buscado um respiro, um escapismo e formas de se unir. A festa online tem ajudado muito a minha saúde mental, pois sei que pelo menos uma vez na semana vou interagir com pessoas, encontrar amigos que estão longe de mim e fazer coisas que eu amo, como me expressar montando looks. Em tempos de incerteza, o otimismo é uma opção corajosa", diz. O G1 fez uma lista de festas virtuais, pra você que quer curtir no fim de semana. Clique aqui e veja.
Veja Mais

31/05 - Coordenadores do Conselho Indígena de Roraima são infectados pelo coronavírus
Edinho Batista e Maria Betânia, da etnia Macuxi, passaram 15 dias em isolamento sendo monitorados pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). Conforme o CIR, ambos estão em boas condições de saúde. Imagem ilustrativa mostra coleta para o teste rápido do coronavírus Prefeitura de Boa Vista/Divulgação/Arquivo Os coordenadores do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Edinho Batista e Maria Betânia, da etnia Macuxi, testaram positivo para a Covid-19 nesse sábado (30). Conforme o CIR, antes de realizarem o teste rápido ambos passaram 15 dias em isolamento e foram monitorados pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). Em nota, o Conselho afirmou que os coordenadores estão em boas condições saúde. “Estamos bem melhores, graças a Deus. Pedimos a todos que se cuidem e só saiam de de suas casas ou comunidades se for necessário. Nossa medicina tradicional tem que ser valorizada e está sendo de suma importância para termos melhoras desta doença”, diz trecho da nota divulgada pelo Conselho, em rede social. Roraima chegou a 3.474 casos coronavírus e 116 óbitos causados pela doença, conforme divulgado pela Secretaria estadual de Saúde na noite desse sábado.
Veja Mais

31/05 - TCE autoriza, e Governo do Paraná anuncia licitação para contratar nova empresa para gerenciar manutenção da frota
Processo é relacionado à CPI da JMK e havia sido suspenso pelo tribunal em janeiro, por indícios de irregularidades; estado anunciou que licitação deve ocorrer em 15 de junho. Irregularidades na manutenção da frota de veículos do Governo do Paraná são investigadas pela operação JMK Reprodução/RPC Após uma nova decisão do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), o governo do estado anunciou, na sexta-feira (29), a retomada do processo de licitação que deve escolher a empresa para gerenciar a manutenção da frota de veículos oficiais. O processo havia sido suspenso em janeiro, pelo TCE, após identificação de indícios de irregularidades. Na sexta-feira, o tribunal revogou a suspensão, considerando que a Secretaria de Estado da Administração e da Previdência do Paraná (Seap) atendeu às exigências, com ampla pesquisa de mercado e validação dos preços máximos e descontos mínimos exigidos para o edital. Com a autorização, o governo anunciou que a licitação deve ocorrer em 15 de junho. O valor máximo estabelecido é de R$ 147,8 milhões para a contratação da empresa por dois anos. A suspensão da licitação, em janeiro, foi decidida após um pedido feito pelo deputado estadual Soldado Fruet (PROS), que preside a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A CPI investiga os contratos da empresa JMK – antiga responsável pelo gerenciamento da manutenção da frota. O TCE acatou o pedido, alegando que o Governo do Paraná não havia apresentado informações suficientes sobre os preços da mão de obra e dos valores mínimos de desconto para as peças dos carros oficiais. A falha que impedia a realização do certame, segundo o tribunal, foi corrigida pelo governo. Nova licitação Conforme informado pelo Governo do Paraná, a empresa vencedora da nova licitação terá que comprovar, com notas fiscais, os pagamentos realizados às oficinas credenciadas para a prestação dos serviços nos carros oficiais. De acordo com o estado, a vencedora deve fazer o pagamento das oficinas em, no máximo, 15 dias após receber os repasses do governo. Caso isso não ocorra, a gerenciadora fica proibida de receber novos pagamentos do estado. Ainda segundo a Seap, os estabelecimentos credenciados não poderão cobrar pelas peças preços maiores do que os cobrados aos outros clientes. CPI da JMK A empresa JMK, suspeita de fraude e corrupção, foi quem venceu a antiga licitação para o gerenciamento dos serviços de manutenção da frota, em 2014. De acordo com as investigações da Polícia Civil, a empresa falsificava orçamentos de oficinas mecânicas para aumentar o valor dos serviços prestados. Segundo a polícia, houve prejuízo de R$ 125 milhões aos cofres públicos. O Governo do Paraná cancelou o contrato investigado e contratou, de forma emergencial, outra empresa para cuidar da frota por seis meses. O período do contrato, no entanto, terminou ao final de 2019. Com o decorrer das investigações, a JMK tem afirmado que a contratação da empresa tornou transparente a relação com oficinas mecânicas para a manutenção dos veículos oficiais e que não era responsável pela fiscalização final do serviço. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Veja Mais

31/05 - Transporte público de Cascavel tem mudanças em horários de linhas a partir desta segunda-feira (1º)
Segundo a prefeitura, alguns ônibus terão horário estendido até 21h, e outros devem ter horários reduzidos em períodos de baixa demanda; veja tabela. Transporte público de Cascavel tem mudanças em horários de ônibus a partir desta segunda-feira (1º) Divulgação/Prefeitura de Cascavel Vinte e sete linhas do transporte público de Cascavel, no oeste do Paraná, terão alteração de horários a partir desta segunda-feira (1º), de acordo com a prefeitura. O município informou que algumas linhas terão horário estendido até às 21h, enquanto outras terão redução de horários em períodos considerados de baixa demanda de passageiros. As tabelas com os horários das linhas, válidos a partir de segunda-feira, estão disponíveis no site da Divisão de Transporte da Cettrans. Veja, abaixo, as linhas que terão alteração: Leste – Oeste Leste – Nordeste / Via Upa Leste – Nordeste / Via São Cristóvão Nordeste – Oeste Nordeste – Sudoeste Coopavel Lago Azul Morumbi Floresta Riviera Melissa Tarumã Canadá Oeste – Sudoeste / Santo Onofre FAG Oeste – Sudoeste / Santa Cruz Paulo Godoy Nordeste – Oeste / Via Manaus Leste – Sudoeste Oeste – Sudoeste Guarujá Santa Felicidade Sul – Oeste / Mal. Rondon Leste – Sul / Rua Itália Cascavel Velho Parque Verde Term. Sul – Estação Catedral A Prefeitura de Cascavel informou ainda que as alterações de linhas do transporte público da cidade devem passar por avaliações semanais, de acordo com a quantidade de passageiros e a necessidade de mudanças. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Veja Mais

31/05 - RJ vai publicar decreto na segunda para prorrogar medidas de enfrentamento ao coronavírus
Determinações continuam valendo durante a próxima semana, segundo nota enviada pelo governo. O governo do Rio informou, na noite de domingo (31), que vai prorrogar medidas de prevenção e enfrentamento ao coronavírus em um decreto que será publicado nesta segunda-feira (1º). "As determinações continuam valendo durante esta semana e as forças de segurança pública do estado seguem auxiliando as ações das prefeituras", diz o texto. O decreto anterior previa as medidas de isolamento social até este domingo, 31 de maio. O governo informou que, também na segunda, vai realizar uma reunião para tratar da "reabertura gradual da economia". Vão participar representantes de secretarias e da Comissão de Saúde. "No encontro, serão discutidos o cronograma de flexibilização das medidas restritivas e as regras técnicas para cada área ou serviço". Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Diocese determina reabertura de igrejas católicas em São José
Nessa primeira fase, ainda não serão realizadas missas e a capela do Santíssimo deverá permanecer fechada. O acesso será liberado apenas para orações pessoais. Diocese de São José dos Campos libera reabertura das igrejas A Diocese de São José dos Campos determinou que serão retomadas de forma gradativa as atividades pastorais na cidade. Com isso, a partir da próxima segunda-feira (1º), as igrejas católicas serão reabertas em período reduzido, para que os religiosos possam fazer orações pessoais. No documento, o bispo Dom José Valmor Cesar Teixeira afirma que as paróquias poderão abrir apenas em meio período e será obrigatório o uso de máscaras, fazer a higienização das mãos com álcool em gel, além de respeitar o distanciamento mínimo entre as pessoas. Também haverá um controle no acesso para evitar aglomerações. Igreja Matriz de São José dos Campos Carlos Santos/ G1 Segundo a Diocese, a ação faz parte do plano diocesano de retomada das atividades religiosas, que é divido em três fases. Nessa primeira fase, ainda não serão realizadas missas e a capela do Santíssimo deverá permanecer fechada. As próximas fases da retomada serão elaboradas e publicadas futuramente, seguindo as orientações sanitárias e a partir da avaliação da primeira fase implantada. O bispo reforçou ainda a importância que todos os religiosos respeitem essas determinações, para preservação da vida e da saúde de todos.
Veja Mais

31/05 - Prefeito de Cedro de São João testa positivo para a Covid-19
O gestor disse que está bem e seguindo as recomendações médicas. Prefeito Neudo Alves (DEM) Reprodução O prefeito de Cedro de São João, Neudo Alves (DEM), informou neste domingo (31) que testou positivo para a Covid-19. O gestor disse que está bem e seguindo as recomendações médicas. "Estou bem, cumprindo minha quarentena. Quero pedir, encarecidamente a cada um de vocês que só saiam de casa em extrema necessidade. Para que não venham contrair esse vírus invisível", disse Alves. O município de Cedro tem cerca de 30 pessoas infectadas. Veja no mapa do G1 a quantidade de casos e mortes em cada cidade. Além de Neudo Alves, figuras públicas como o líder do PT no Senado, Rogério Carvalho, a vice-governadora do estado Eliane Aquino (PT), o secretário-geral, o procurador-geral, a delegada-geral da Polícia Civil de Sergipe, outros quatro prefeitos, a exemplo de Edvaldo Nogueira, gestor de Aracaju e a secretária de saúde da capital, Waneska Barboza, também testaram positivo para a doença. Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Indaiatuba confirma a 25ª morte por coronavírus e mais dez casos
Paciente era um homem de 70 anos que era epilético e tinha diabetes e hipertensão, de acordo com a prefeitura. Paciente estava internado no Hospital Augusto de Oliveira Camargo em Indaiatuba Reprodução/EPTV A Prefeitura de Indaiatuba (SP) confirmou na noite deste domingo (31) a 25ª mortes pelo novo coronavírus na cidade. O paciente era um homem de 70 anos que estava internado no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) desde o dia 28 de maio e que veio a óbito neste sábado (30). Segundo o governo municipal, ele era epilético e tinha diabetes e hipertensão. "A administração municipal lamenta o óbito e presta condolências aos familiares e amigos", comunicou. Balanço Neste domingo, a cidade também confirmou mais dez casos da doença. No total, são 270 diagnosticados com Covid-19. Destes, 224 estão curados e 21 internados. Ainda há seis mortes em investigação e outros 35 casos suspeitos aguardando resultado. Atualmente, há 27 internados em leito clínico e 11 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Veja Mais

31/05 - Entrevistas Especiais: ministro Gilmar Mendes fala sobre os ataques ao STF
O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes fala também sobre as fake news e as manifestações antidemocráticas, entre outros assuntos. O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes fala também sobre as fake news e as manifestações antidemocráticas, entre outros assuntos.
Veja Mais

31/05 - Cartaz do Círio 2020 é apresentado por transmissão da Basílica Santuário
A apresentação foi virtual, com transmissão de missa sem público presencial, devido à pandemia do novo coronavírus. Cartaz do Círio de Nazaré 2020 Divulgação Foi apresentado, neste domingo (31), o cartaz do Círio de Nazaré 2020. A apresentação foi virtual, com transmissões pela TV e redes sociais Basílica Santuário. Este ano, o cartaz contém elementos do tema "Ave Maria, cheia de graça" e foi apresentado após coroação da Imagem Original de Nossa Senhora, com missa presidida por Dom Alberto Taveira. A celebração não teve público presencial, devido à pandemia do novo coronavírus. Sem público presencial, missa de coroação de Nossa Senhora de Nazaré é realizada na Basílica Santuário, em Belém. Reprodução / TV Nazaré O cartaz fica disponível para venda a partir de segunda, 1º de junho, em supermercados e farmácias. O kit com três cartazes será vendido a R$10. As vendas devem ser destinadas à Basílica Santuário, pra obras da Paróquia de Nazaré. Mensagem de Dom Alberto Taveira explica o cartaz deste ano: AVE, CHEIA DE GRAÇA! “Aparecem as flores no campo. Levanta-te, minha amada, minha bela, e vem! Mostra-me o teu rosto e a tua voz ressoe aos meus ouvidos, pois a tua voz é suave e o teu rosto é lindo!” (Cf. Ct 2,12-14) Deus preparou com amor, em previsão dos méritos de Cristo, aquela que devia ser a Mãe do Redentor, fazendo-a Imaculada (Cf. Lc 1,28), toda pura, cheia de graça! Em torno dela tudo se torna mais belo e melhor! O cartaz do Círio de Nazaré 2020 nos remete à esplêndida luminosidade que brota daquela que é imaculada. Em torno de Maria as flores proclamam a beleza interior e exterior de Maria. A ela, Mãe e Modelo da Igreja, aplicam-se também as palavras do Apocalipse: “Apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida com o sol, tendo a lua debaixo dos pés e, sobre a cabeça, uma coroa de doze estrelas” (Ap 12,1). Entretanto, aquela que “passou na nossa frente” e já chegou, pela bondade de Deus, permanece também aqui conosco, na graça do Círio de Nazaré. Sua “casa”, a Berlinda, na qual Maria passa pelas nossas ruas e entra em nosso coração no mês de outubro, no cartaz que hoje apresentamos, está circundada de Anjos que oferecem flores e a transformam num belo caramanchão. O caramanchão está quase transparente, pois na casa da Imaculada são acolhidos todos aqueles que acreditam que “Deus nos escolheu, antes da fundação do mundo, para sermos santos e imaculados diante dele, no amor. Conforme o desígnio benevolente de sua vontade, ele nos predestinou à adoção como filhos, por obra de Jesus Cristo, para o louvor de sua graça gloriosa, com que nos agraciou no seu bem-amado” (Ef 1,4-6). Dom Alberto Taveira Corrêa. Arquidiocese de Belém
Veja Mais

31/05 - Casos de coronavírus confirmados no Vale e região bragantina em 31 de maio
Informação é das secretarias municipais de saúde. Primeiros casos na região foram registrados em 18 de março. As cidades do Vale do Paraíba e região bragantina chegaram a 2.610 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), até às 19h deste domingo (31). Foram registradas 108 mortes pela doença em 22 cidades: Atibaia (4), Bragança Paulista (11), Caçapava (2), Campos do Jordão (1), Caraguatatuba (6), Cruzeiro (2), Guaratinguetá (2), Ilhabela (2) Jacareí (12), Jambeiro (1), Lavrinhas (1), Lorena (4), Nazaré Paulista (3), Pindamonhangaba (3), Piracaia (1), Santo Antônio do Pinhal (3), São José dos Campos (37), São Luiz do Paraitinga (1), São Sebastião (5), Santa Branca (1), Taubaté (4) e Ubatuba (2). Os números são das secretarias municipais de saúde. Apesar disso, nem todos os casos reportados constavam nos números divulgados pelos governos estadual e federal, que tem balanços diferentes. MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Saiba tudo sobre o novo Coronavírus Veja as principais notícias sobre o coronavírus na região Mapa mostra onde há casos confirmados de coronavírus no Vale e região bragantina Neste domingo, foi registrada uma nova morte em Ubatuba. O caso é de um morador do bairro Estufa 2, que estava internado desde a última quarta-feira (27), teve uma piora no quadro de saúde e morreu neste sábado (30). De acordo com a prefeitura, ele não tinha nenhuma comorbidade. Os primeiros casos de coronavírus na região foram registrados em 18 de março - dois em São José dos Campos e um em Taubaté. Nos dias seguintes, foram confirmados casos da doença em Atibaia, São Sebastião, Bragança Paulista e Jacareí. Coronavírus (Covid-19) Hellen Souza/ Arte-G1
Veja Mais

31/05 - Covid-19 em 31 de maio: casos confirmados pelo Estado nas regiões dos Lagos, Serrana e Norte do RJ
Casos em municípios do interior do estado já chegam a 6.609, com 343 óbitos causados pelo novo coronavírus. A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro divulgou o boletim atualizado sobre o coronavírus neste domingo (31). Ao todo, são 49 cidades nas regiões dos Lagos, Serrana, Norte e Noroeste, Metropolitana e Baixada Litorânea com casos da doença. Até este domingo, são 6.609 casos confirmados de Covid-19 nas cidades do interior, 867 casos a mais do que o registrado no sábado (30). Ao todo, os casos de morte por Covid-19 confirmados nestas 49 cidades chegam a 343. A secretaria municipal de Saúde cidade de Trajano de Moraes contabilizou dois casos da doença mas os números ainda não entraram para a lista do Estado. As cidades que se destacam com o número de mortes são Petrópolis com 42; Maricá, com 36; Campos dos Goytacazes, com 31; Teresópolis e Araruama com 28; Macaé, com 27; Nova Friburgo com 20; Cabo Frio, 18; Rio das Ostras com 16; Iguaba Grande, 13; Cachoeiras de Macacu, com 12; Rio Bonito com 11; e Saquarema com 10 casos. Confira os números de casos confirmados e mortes em todas as cidades do interior na tabela abaixo. Casos confirmados pelo Estado Veja outras notícias da região no G1 Região dos Lagos, Norte Fluminense e Região Serrana. Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - DF registra cinco novas mortes por Covid-19; total sobe para 157
Número de infectados chega a 9,7 mil na capital. São 306 casos a mais confirmados nas últimas 24 horas. Testes para Covid-19 no Distrito Federal Breno Esaki/Agência Saúde A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) confirmou, no início da noite deste domingo (31), mais cinco mortes de moradores da capital pelo novo coronavírus. Nesta tarde, a pasta já havia divulgado outras três vítimas da Covid-19. Com isso, o total de vítimas chega a 157. Há ainda 13 óbitos de pessoas que faleceram na capital, mas eram moradoras de outros estados. Entre elas, 12 residiam no Entorno, em municípios do Goiás, e uma vítima vivia no Amapá. Sendo assim, são 170 vítimas no DF. Coronavírus: veja quando e onde procurar atendimento no DF O número de infectados pela doença também subiu e chegou a 9.780. São 306 a mais que o total contabilizado até a noite de sábado (30). Perfil das vítimas Das oito mortes confirmadas neste domingo, quatro são homens e quatro são mulheres. Com relação à faixa etária, a maioria dos casos está entre pessoas com 50 a 59 anos. Veja: 30 a 39 anos: 1 caso 40 a 49 anos: 1 caso 50 a 59 anos: 3 casos 70 a 79 anos: 1 caso 80 e mais: 2 casos Os óbitos ocorreram nos seguintes hospitais: Hospitais particulares: 2 Hospital Regional de Ceilândia: 1 Hospital Regional da Asa Norte: 1 Hospital Regional de Taguatinga: 1 Do total, seis pacientes tinham comorbidades – doenças relacionadas capazes de agravar o quadro – e dois, não. Os distúrbios registrados são: Distúrbios cardiovascular: 3 pacientes Distúrbios metabólicos: 3 pacientes Hipertensão arterial: 1 paciente Imunosupressão: 1 paciente Obesidade: 1 paciente Pneumopatia: 1 paciente Já os moradores da capital que tiveram o óbito por Covid-19 confirmado neste domingo viviam nas seguintes regiões: Ceilândia: 2 Samambaia: 2 Águas Claras: 1 Guará: 1 Taguatinga: 1 Riacho Fundo: I Perfil de infectados Segundo boletim do governo do DF, 5.588 pacientes estão recuperados. A maioria dos infectados é homem (52,7%) e tem entre 30 e 39 anos. Veja abaixo os casos por faixa etária: Menor de 19 anos: 538 De 20 a 29 anos: 1.718 De 30 a 39 anos: 2.784 De 40 a 49 anos: 2.224 De 50 a 59 anos: 1.330 Mais de 60 anos: 1.186 Por região Ceilândia lidera o total de infectados no Distrito Federal, sendo a única região com mais de mil casos confirmados: 1.033 ao total. Veja: Casos de coronavírus por região no DF no dia 31 de maio Secretaria de Saúde/Reprodução Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Veja Mais

31/05 - Brasil registra 29.314 mortes e 514.849 casos confirmados de Covid-19, diz ministério
Foram 16.409 casos confirmados a mais nas últimas 24 horas. Coronavírus Reprodução/Globo O Brasil ultrapassou neste domingo (31) a marca de 500 mil casos confirmados de infectados por Covid-19. Segundo o mais recente balanço do Ministério da Saúde há no país 514.849 casos. Desde 22 de maio, o Brasil é o segundo país com mais casos confirmados de Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que registravam mais de 1,7 milhão de casos neste domingo, segundo balanço global feito pela universidade norte-americana Johns Hopkins às 19h40. Os principais dados do Brasil são: 29.314 mortes, eram 28.834 no sábado Foram 480 registros de morte incluídos em 24 horas 514.849 casos confirmados, eram 498.440 no sábado Foram incluídos 16.409 casos em 24 horas 278.980 pacientes estão em acompanhamento (54,2%) 206.555 pacientes estão recuperados Casos de coronavírus no Brasil Aparecido Gonçalves/G1 Mortes por coronavírus no Brasil Aparecido Gonçalves/G1 Casos e óbitos por coronavírus por estado Reprodução/Ministério da Saúde Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Initial plugin text CORONAVÍRUS×
Veja Mais

31/05 - No aniversário de Juiz de Fora, jovens falam sobre expectativas de futuro na cidade
E, na última reportagem em comemoração aos 170 anos do município, o G1 mostra histórias de pessoas que vão ajudar a construir uma nova realidade para o município. Jovens juiz-foranos falam sobre futuro na cidade Mariana de Oliveira Alves/Arquivo pessoal Neste domingo (31), é celebrado o aniversário da cidade de Juiz de Fora. Repleta de universidades, o município é considerado ponto de referência quando o assunto é investir no futuro, o que torna extensa a população jovem. Em comemoração aos 170 anos do município, o G1 conversou com alguns jovens juiz-foranos, a fim de entender a cidade de acordo com o ponto de vista dos mesmos, bem como suas expectativas de futuro. Thainá do Nascimento Mitterhofer tem 21 anos e estuda Educação Física na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Atualmente no quinto período do curso, a estudante espera conseguir estabelecer uma carreira na cidade. "Eu sonho em arrumar um emprego no qual eu me sinta realizada aqui", conta a jovem. "Sonho em poder ter minha casinha própria, em um bairro tranquilo, e que meus futuros filhos possam viver e se divertir nessa cidade, que sempre foi o meu lar". Thainá e sua famílias sempre moraram em Juiz de Fora, e carregam grande carinho pela cidade. Thainá do Nascimento Mitterhofer/Arquivo pessoal Thainá conta que o carinho pela cidade vem de berço: Juiz de Fora é a cidade natal do pai dela. A mãe, apesar de ter família aqui, nasceu em Petrópolis. No entanto, também escolheu Juiz de Fora para formar sua família. "Minhas raízes estão aqui e sou feliz por isso", afirma Thainá. Esse também é o caso de Iara Massari, de 22 anos. A jovem nasceu e cresceu em Juiz de Fora, e contou ao G1 que o principal motivo desse amor são as pessoas. "Permaneço aqui, especialmente, pelas pessoas calorosas, pelos noites em bares em que todo mundo se conhece, pelas amizades que se formam e se tornam família", afirma a jovem. Já para Mariana de Oliveira Alves, de 24 anos, a situação é diferente. A jovem é natural do Estado do Rio de Janeiro, e morava em Barra do Piraí (RJ) antes de se mudar para Juiz de Fora em 2015, para cursar Direito na UFJF. Hoje formada e trabalhando como advogada cível e tributária, Mariana escolheu permanecer em Juiz de Fora e estabelecer uma carreira por aqui: "Gosto de morar, estudar e trabalhar aqui", afirma. Assim como Iara, Mariana cita as pessoas como um dos motivos principais para a decisão de ficar. "Definitivamente, as amizades que fiz aqui, as pessoas que conheci e os lugares dessa cidade me conquistaram", conta a advogada. Mariana deixou a família em Barra do Piraí, mas conta que seu irmão mais novo também se mudou para Juiz de Fora, recentemente. "Ele veio morar comigo, para cursar o ensino médio aqui", conta a advogada. Mariana deixou a família em Barra do Piraí (RJ) para construir uma vida em Juiz de Fora. Mariana de Oliveira Alves/Arquivo pessoal Setores da cidade Quando perguntada sobre o que ela gostaria que mudasse em Juiz de Fora, Iara cita o setor cultural como ponto negativo da cidade. "A cidade possui apenas dois grandes shoppings, então ficamos com poucas opções de cinema, por exemplo", explica a jovem. "Sobre a cultura, sinto falta da valorização de museus, exposições e oficinas criativas". Iara afirma, no entanto, que acha que Juiz de Fora se sai bem nos demais setores, como saúde, segurança e educação. "É uma cidade bem segura, no geral, um lugar que eu gostaria de criar meus filhos". Já Mariana sente falta de opção em casas noturnas, apesar de considerar a cidade rica em opções de lazer para todos os gostos, idades e estilos. A advogada também elogia todos os setores juiz-foranos, especialmente a educação da cidade. "Tendo feito o ensino superior inteiro na UFJF, tenho muita gratidão pela oportunidade de ter cursado uma universidade pública de qualidade", conta a jovem. Thainá afirma que espera um maior investimento em segurança nos pontos públicos da cidade e na saúde básica, mas se diz satisfeita com os demais setores. O futuro em Juiz de Fora Quanto a objetivos de carreira, Thainá tem confiança na cidade. "Acredito que Juiz de Fora tenha um bom mercado na minha área, há ótimas academias de musculação e escolas de grande prestígio", afirma a graduanda em Educação Física. Thainá cursa Educação Física na UFJF e espera se dar bem no mercado de trabalho Thainá do Nascimento Mitterhofer/Arquivo pessoal A jovem vai além. "Acredito que para quem corre atrás de conhecimento e prática, não se acomodando após a formatura, pode conseguir sim uma vaga na área que preferir". Mariana de Oliveira Alves, de 24 anos, é a prova disso. Formada em Direito a poucos meses, a jovem trabalha como advogada desde janeiro de 2020. Mas, o caminho não foi fácil. Segundo Mariana, o mercado de Direito em Juiz de Fora é desafiador, justamente pela grande quantidade de universidades. "As faculdades formam mais advogados do que o mercado consegue absorver. As oportunidades existem, mas não é tão fácil entrar no mercado de trabalho", explica. Mesmo assim, a jovem considera Juiz de Fora uma cidade boa de se trabalhar, e afirma querer se tornar conhecida no meio jurídico, buscando estabilidade e segurança na profissão. "Para a minha vida em Juiz de Fora, meu sonho seria construir uma carreira sólida e estável, que me permita vivenciar a advocacia e obter retorno com isso, não só econômico, mas, principalmente, pessoal", conta Mariana. Já Iara conta uma história diferente: a jovem cursava Publicidade e Propaganda, mas trancou a faculdade e, no momento, não está trabalhando. "Infelizmente, as oportunidades de trabalho aqui são escassas", explica. "Existe uma perspectiva de crescimento muito menor, se comparada a grandes cidades". Iara conta que já tentou morar em outros lugares, em busca de melhores oportunidades de emprego, "mas, de alguma forma sempre volto pra cá". "Juiz de Fora é meu lar", alega. "Espero encontrar um trabalho que eu ame, e isso já vai bastar".
Veja Mais

31/05 - Polícia prende quatro suspeitos de roubo em residência e recupera R$ 12 mil em Sumaré
Segundo a corporação, um dos suspeitos é um motorista de caronas por aplicativo, que foi convidado para participar do crime. Celulares e dinheiro foram recuperados após roubo a residência, em Sumaré Divulgação/ PM Quatro homens foram detidos após assaltar uma casa em Sumaré (SP), na tarde deste domingo (31). Com eles foram recuperados R$ 12 mil e celulares. Não houve feridos. O crime ocorreu no Parque Virgilio Viel, pela manhã. Segundo a Polícia Militar, também foi apreendido um carro que pertencia a um dos presos, que trabalhava como motorista de caronas por aplicativo e foi chamado para participar do roubo. Os suspeitos foram detidos pela PM durante à tarde e reconhecido pelas vítimas. Ainda conforme a polícia, uma das vítimas é proprietária de um posto de combustíveis. A ocorrência estava sendo registrada no plantão policial da cidade até a última atualização desta notícia. Veja mais notícia da região no G1 Campinas
Veja Mais

31/05 - Acre registra mais seis mortes por Covid-19 e número de infectados ultrapassa os 6,2 mil
Dados do boletim da Saúde deste domingo (31) apontam que estado teve 147 novos casos da doença. Entre os mortos está uma criança de 4 anos. Acre confirmou mais 147 casos de Covid-19 Reprodução/EPTV Boletim divulgado neste domingo (31) pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) aponta mais 147 novos casos de Covid-19. O número de infectados saltou de 6.072 para 6.219. As mortes também aumentaram, foram seis novos óbitos. Com isso, o número de mortes saiu de 142 para 148. Além dos casos confirmados, mais 90 aguardam análise dos exames. A taxa de contaminação no estado é de 705,2 para cada 100 mil habitantes. Das 22 cidades apenas o município de Jordão não tem casos da doença. As 148 mortes foram registradas em 15 cidades. Sendo 116 em Rio Branco, uma em Acrelândia, duas em Assis Brasil, duas em Brasileia, nove em Cruzeiro do Sul, três em Plácido de Castro, quatro em Porto Acre, uma em Sena Madureira, uma em Capixaba, três em Tarauacá, duas no Bujari, uma em Senador Guiomard, uma em Xapuri, uma em Rodrigues Alves e uma em Feijó. Mortes As seis mortes divulgadas neste domingo são de moradores de Cruzeiro do Sul, Rio Branco e Porto Acre. Cruzeiro do Sul O primeiro caso é de uma mulher de 75 anos, que deu entrada dia 28 deste mês no Hospital Regional do Juruá e morreu no dia 29. Ela morava em Cruzeiro do Sul, sem registro de comorbidade. Outro morador de Cruzeiro do Sul, um idoso de 86 anos, veio a óbito no último dia 26 no Hospital Regional do Juruá, onde estava internado desde o dia 23 deste mês. Ele possuía registro de hipertensão arterial. Porto Acre Outra vítima tinha 67 anos. ela deu entrada no dia 18 de maio no Pronto Socorro, era residente de Porto Acre e morreu nesse sábado (30). A paciente possuía comorbidades como diabetes e hipertensão arterial. Outro idoso de Porto Acre morreu no sábado. O homem de 83 anos deu entrada no dia 27 deste mês na Upa do Segundo Distrito e possuía registro de hipertensão arterial. Rio Branco Outra idosa morreu neste domingo (31). Ela tinha 75 anos, foi internada no dia 25 na Upa do Segundo Distrito. A mulher era de Rio Branco e tinha hipertensão arterial. Outra morte confirmada foi a do pequeno Douglas Emanuel Junqueira de Souza, de 4 anos. Ele morreu no sábado (30) após complicações de uma dengue grave e de Covid-19. Emanuel é a vítima fatal mais nova da Covid-19 no estado. Números A maioria das mortes ocorre no sexo masculino. Das 148 mortes, 91 são de homens e 57 de mulheres. Além disso, das vítimas, 73% apresentavam algum tipo de comorbidade, segundo a Saúde. Até este domingo, o Acre já fez 13.566 exames, sendo que 7.257 foram descartados, 6.219 confirmados e mais 90 seguem em análise. Consta ainda no boletim que 2.611 pessoas são consideradas curadas da doença. Casos de Covid-19 por cidades Acre já tem mais de 6 mil casos de Covid-19 confirmados e chega a 142 mortes pela doença
Veja Mais

31/05 - Após feriados em Fortaleza, Ceará registra menor média de isolamento social na pandemia
No último sábado de maio, a taxa de isolamento social no Ceará alcançou a média de 46,12%. Barreiras foram montadas para fiscalizar a circulação de indivíduos no Ceará. Helene Santos O Ceará registrou a menor média de isolamento social, com 43,6%, na última sexta-feira (29), conforme a empresa de tecnologia In Loco. O percentual mais baixo desde o decreto que estipulou medidas mais rigorosas de isolamento foi alcançado logo após os feriados de Corpus Christi e Nossa Senhora da Assunção, antecipados em Fortaleza para quarta (27) e quinta-feiras (28), respectivamente. O objetivo era diminuir a circulação de pessoas na capital. Além de Fortaleza, mais sete cidades do Ceará terão regras de isolamento social rígido Faixa etária entre 20 e 39 anos tem alta incidência de Covid-19 em Fortaleza, mas baixa letalidade Durante os feriados, os níveis de isolamento atingiram 50% e 51% na capital. Até a sexta-feira, a menor taxa de isolamento social no Ceará, em todo o mês de maio, tinha sido de 46% nos dia 2 e 5. Em 1º de maio, também feriado, o nível de isolamento atingiu a média de 50%. No Ceará, o maior percentual foi no dia 22 de março, um domingo, com 63%. Neste mês de maio, a maior taxa foi registrada no dia 17, também domingo, com 56%. Neste sábado (30), a taxa de isolamento social no Ceará alcançou a média 46,12%, sendo o segundo estado do Nordeste com o maior nível de isolamento na data, atrás apenas de Pernambuco. Retomada O Ceará entra na fase de transição da retomada econômica nesta segunda-feira (1º). Apesar disso, o estado de isolamento na capital não deve mudar, de acordo com Roberto Cláudio. Para o biólogo e professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), Luciano Pamplona, a taxa de isolamento reduziu porque "para algumas pessoas está tudo liberado com a flexibilização". "Mas nós não estamos acabando a quarentena, estamos começando um processo de flexibilização, com algumas poucas categorias para a gente avaliar", lembra. O professor destaca a importância de seguir corretamente as fases do plano de flexibilização do Governo do Estado. "São dois meses de flexibilização. Se a gente achar que amanhã está tudo resolvido, vamos ter que voltar para o isolamento mais rígido. O fim do lockdown não é o fim do isolamento. Não podemos baixar a guarda se não a gente volta. Já vimos isso em outros lugares", pontua. "A gente sentiu uma diferença no número de pessoas, o isolamento funcionou, mas estamos um pouco preocupados com essa abertura, se a população vai seguir o plano adequadamente", ressalta o infectologista Keny Colares. Flagrantes de desrespeito no penúltimo dia de lockdown Coronavírus no Ceará O Ceará ultrapassou a marca de 3 mil óbitos por Covid-19 e tem 48.489 casos da doença. Agora o estado contabiliza 3.010 mortes em decorrência do novo coronavírus, conforme atualização da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa), às 17h23. Somente no sábado, foram registrados somente nesse dia 9.427 casos. A grande quantidade ocorreu por causa da liberação do resultados de mais de 20 mil testes, incluindo os do tipo PCR, testes rápidos e sorologia, segundo a Sesa. Ao todo, 116.257 mil testes já foram realizados no Ceará. Fortaleza concentra o maior número de ocorrências do estado, com 23.613 pessoas infectadas e 1.967 mortos pela doença. A quantidade de casos investigados do novo coronavírus (SARS-CoV-2) é de 53.151 no Ceará, e a recuperação foi de 31.689 pessoas. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Manifestantes pró-Bolsonaro exibem símbolo usado por neonazistas em ato de SP; polícia apura se foi estopim para confronto
Ato organizado por torcidas de futebol na Avenida Paulista começou com coros por democracia. Houve encontro e confusão com apoiadores de Bolsonaro. PM entrou entre os grupos e usou bombas de efeito moral para dispersar torcedores, que atiraram pedras e paus. Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro exibem bandeira derivada do movimento político ucraniano de extrema direita e ultranacionalista, Pravyy Sektor, durante ato na Avenida Paulista Alice Vergueiro/Estadão Conteúdo A polícia vai apurar se a presença de bandeiras neonazistas foi o estopim para o confronto entre manifestantes pró-democracia e pró-Bolsonaro neste domingo (31) na Avenida Paulista, Centro de São Paulo. Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) exibiram bandeiras com símbolo usado por neonazistas na Avenida Paulista. Os dois grupos brigaram nesta tarde enquanto se manifestavam no mesmo local. A Polícia Militar (PM) interveio, usando bombas de efeito moral, gás e balas de borracha para dispersar o conflito. Cinco pessoas foram presas, três delas por desordem, e outras duas por roubo. Manifestantes pró-Bolsonaro levam bandeiras neonazistas para Avenida Paulista De acordo com o coronel Álvaro Camilo, secretário-executivo da PM, informações ainda preliminares passadas por policiais militares serão apuradas. “Num dos grupos, eu imagino que tinha sido isso aí porque o pessoal tinha bandeira lá. A informação que me chegou da polícia é de que tinha isso, que chegou lá pessoal com bandeira neonazista, com alguma referência a neonazismo, e que isso teria provocado a agressão dos demais a essas pessoas”, disse Camilo ao G1, que, no entanto, falou que isso ainda terá de ser apurado. “Mandei checar essa informação”. "Houve a provocação. Num primeiro momento falaram que essa provocação, essas pessoas também estavam com a bandeira", disse Camilo. Segundo ele, cerca de 1 mil pessoas estavam participando de manifestações na Paulista, a maioria delas do grupo pró-democracia. O coronel não soube dizer qual grupo estaria portando bandeiras que seriam neonazistas. Mas afirmou que elas poderiam estar com três manifestantes, que teriam saído do grupo onde estavam os simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no prédio da Fiesp, e foram até o lado onde estavam pessoas que protestavam em favor da democracia, no Masp. “Talvez essas mesmas pessoas, que tenham ido lá, estavam com bandeiras, mas isso não se confirmou. A PM não confirmou”, disse o coronel, que, entretanto, falou que policiais que filmaram as manifestações vão analisar as imagens para tentar identificar se alguém portava material neonazista. O movimento político ucraniano de extrema direita e ultranacionalista Pravyy Sektor é conhecido por adotar a bandeira e o símbolo que foram vistos na Paulista. Na Ucrânia, o grupo é conhecido por ações violentas, inclusive são conhecidos por usarem tacos de baseball. O símbolo é o Tryzub, uma referência a um tridente. O Sektor o usou e incluiu a faca e usou as cores preto e vermelho. O tridente em si é um símbolo nacional, mas essa reinterpretação é usada desde que começaram as divergências com a Rússia. Os grupos paramilitares começaram a ser formados e aí viraram o Sektor que adotou o símbolo Manifestantes entram em confronto com PMs durante protesto na Avenida Paulista
Veja Mais

31/05 - Acidente entre carro e trem mata duas pessoas e fere uma, em Ipiranga
Batida ocorreu na região dos Campos Gerais do Paraná, neste domingo (31); concessionária Rumo informou que local é devidamente sinalizado e que a linha férrea é sempre preferencial. Duas pessoas morrem e uma fica ferida em acidente entre carro e trem, em Ipiranga Fábio Matavelli/Portal Setor Policial Uma mulher, de 32 anos, e um homem, de 62, morreram em um acidente entre o carro em que estavam e um trem na Vila Santana, em Ipiranga, na região dos Campos Gerais do Paraná, na tarde deste domingo (31). A batida deixou também um ferido, de 34 anos, que foi encaminhado para a Santa Casa. Uma quarta pessoa que estava junto, de 60 anos, dispensou atendimento no local. De acordo com a Polícia Militar (PM), os ocupantes do carro são da mesma família, moram em Imbituva e visitavam parentes em Ipiranga. A polícia informou que a vítima que não se feriu contou que o carro falhou ao fazer a travessia. Disse, ainda, que todos ficaram sem reação e que, por isso, apenas ela desceu e tentou empurrá-lo, sem sucesso. Por meio de nota, a concessionária Rumo lamentou o ocorrido e informou que o carro tentou atravessar a passagem no momento em que o trem se aproximava, e que o maquinista acionou todos os procedimentos de segurança, como buzina e freios de emergência, mas não conseguiu parar a tempo. Por fim, acrescentou que o local é devidamente sinalizado e que a linha férrea é sempre preferencial. O trem envolvido na batida tinha 115 vagões, estava carregado com soja e saiu de Londrina, no norte do estado, com destino a Rio Negro, na Região Metropolitana de Curitiba. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Veja Mais

31/05 - AM registra mais 818 casos de Covid-19 e total de contaminados sobe para 41.378
Em todo o estado o número de mortes é de 2.052. Pacientes internados em hospital de campanha em Manaus Felipe Dana/AP O Amazonas registrou 818 novos casos do novo coronavírus, neste domingo (31). Com o novo balanço, o número total de infectados chega a 41.378, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).    De acordo com os novos dados, foram confirmados mais cinco óbitos pela doença, todos ocorridos nas últimas 24 horas, elevando para 2.052 o total de mortes. O boletim aponta que 5.698 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão em isolamento social. Outras 33.140 pessoas se recuperaram da doença. Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 488 pacientes internados, sendo: 302 em leitos clínicos (42 na rede privada e 260 na rede pública) 186 em UTI (63 na rede privada e 123 na rede pública).  Há ainda outros 406 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses: 284 estão em leitos clínicos (64 na rede privada e 220 na rede pública) 122 estão em UTI (24 na rede privada e 98 na rede pública).   De acordo a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) neste sábado (30), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 71%, e a taxa de UTI não-Covid era de 69%.  Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 46% neste sábado; já os leitos não-Covid registravam 56% de ocupação.  Dos 41.378 casos confirmados no Amazonas até este domingo, (31/05), 18.293 são de Manaus (44,21%) e 23.085 do interior do estado (55,79%).  Além da capital, 59 municípios têm casos confirmados. Manacapuru tem 2.350 casos, seguido de Coari (1.956), Tefé (1.835), São Gabriel da Cachoeira (1.808), Parintins (1.300), Tabatinga (899), Benjamin Constant (831), Itacoatiara (814), Santo Antônio do Içá (714), Maués (681), Careiro Castanho (674), Iranduba (648), Autazes (559), Rio Preto da Eva (523), Barcelos (467), Presidente Figueiredo (452), São Paulo de Olivença (433), Boca do Acre (406), Tapauá (382), Anori (355), Itapiranga (345), Amaturá (300), Barreirinha (287), Tonantins (268), Fonte Boa (264), Beruri (251), Alvarães (235), Borba (233), Carauari (217), Urucará (213).  A lista tem ainda Novo Aripuanã (187), Anamã (187), Eirunepé (157), Novo Airão (143), Urucurituba (139), Silves (132), Manaquiri (129), Uarini (129), Jutaí (115), Japurá (108), Nova Olinda do Norte (107), Maraã (84), Caapiranga (83), São Sebastião do Uatumã (71), Humaitá (69), Boa Vista do Ramos(67), Manicoré (60), Nhamundá (55), Codajás (52), Careiro da Várzea (51), Lábrea (50), Guajará (42), Juruá (41), Santa Isabel do Rio Negro (39), Canutama (29), Apuí (27), Pauini (15), Atalaia do Norte (13), e Itamarati (4). Envira e Ipixuna são os únicos municípios do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19. As duas cidades registraram apenas casos notificados, que são os casos suspeitos para a doença. São 11 casos notificados em Envira e 17 em Ipixuna. Entre pacientes em Manaus há o registro de 1.366 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.  Ao todo, 50 municípios do interior com óbitos confirmados até o momento, em um total de 686. A lista inclui Manacapuru (90); Parintins (58); Tabatinga (57); Tefé (54); Coari (54); Itacoatiara (45); Maués (29); Iranduba (23); Benjamin Constant (23); Autazes (22); São Gabriel da Cachoeira (21); Presidente Figueiredo (16); Barcelos (15); Santo Antônio do Içá (14); Careiro Castanho (13); Borba (12); Tonantins (12); São Paulo de Olivença (11); Rio Preto da Eva (11).  Completam a lista Jutaí (9); Fonte Boa (8); Alvarães (8); Nova Olinda do Norte (8); Boca do Acre (6); Amaturá (6); Novo Aripuanã (6); Manaquiri (6); Beruri (5); Novo Airão (5); Itapiranga (4); Silves (4); Tapauá (3); Anori (3); Barreirinha (3); Carauari (2); Urucará (2); Urucurituba (2); Caapiranga (2); Boa Vista do Ramos (2); Manicoré (2); Nhamundá (2); Maraã (1); São Sebastião do Uatumã (1); Careiro da Várzea (1); Codajás (1); Humaitá (1); Guajará (1); Santa Isabel do Rio Negro (1); e Atalaia do Norte (1).
Veja Mais

31/05 - Novo decreto do governo mantém fechados comércio, praias, parques e calçadões; aulas presenciais seguem suspensas
Decreto deste domingo (31) também mantém obrigatório uso de máscaras em todo o estado. De acordo com novo decreto do governo do estado, comércio deve seguir fechado Reprodução/TV Globo O governo de Pernambuco anunciou, neste domingo (31), que vai manter as medidas de restrição adotadas para conter a pandemia do novo coronavírus, até que seja posto em prática o plano de reabertura gradual de atividades, que deverá durar 11 semanas. Entre as ações contidas no decreto publicado neste domingo estão o fechamento de estabelecimentos não essenciais, praias, parques, calçadões e a suspensão de aulas presenciais, bem como a obrigatoriedade do uso de máscaras em todo o estado. Saiba como ficam os serviços no estado Confira o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Coronavírus: veja perguntas e respostas O decreto, válido em todo o estado, foi assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB) e publicado no dia em que a quarentena mais rígida, que vigorou desde o dia 16 de maio no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, chega ao fim. O documento também revoga os outros decretos publicado com restrições de forma singular para sistematizar, no novo decreto, todas as medidas adotadas. A suspensão das aulas, segundo o governo, ocorre até o dia 30 de junho. O decreto também mantém proibidas as reuniões com mais de dez pessoas, exceto pelos serviços considerados essenciais (veja quais são ao final desta reportagem). Continuam fechados estabelecimentos como shoppings e prestadoras de serviços. Também seguem suspensas cirurgias eletivas na rede hospitalar pública e privada. O governo informou, ainda, que o plano para retomada gradual das atividades deverá ser divulgado na segunda-feira (1º). De acordo com o Decreto nº 49.055, podem continuar funcionando supermercados (inclusive os localizados em shoppings, desde que com acesso independente), padarias, farmácias, bancos (inclusive as agências da Caixa Econômica Federal localizadas em shoppings para atendimento exclusivo de beneficiários do auxílio emergencial) e lotéricas. As lojas dos shoppings deverão continuar fechadas, exceto para entregas em domicílio. Permanece suspenso o atendimento ao público em restaurantes, lanchonetes e bares, sendo permitido apenas o funcionamento para entrega em domicílio e como pontos de coleta. Estão excluídos dessa categoria os restaurantes para caminhoneiros, com a condição de que não haja aglomeração. Também permanece suspenso o funcionamento dos estabelecimentos de salão de beleza, barbearia, cabeleireiros e similares; academias de ginástica, clubes sociais, cinemas, teatros e a realização de jogos e partidas de futebol. O decreto também estabelece que as pessoas que têm ou tiverem contato com pessoas diagnosticadas com Covid-19 deverão cumprir quarentena domiciliar de 14 dias, independentemente de aparecimento de sintomas. Também seguem suspensas as operações de atracação de cruzeiros e outras embarcações de passageiros de grande porte, em todo o estado, inclusive em Fernando de Noronha. Na ilha, permanecem suspensas as operações de pouso e decolagem de aeronaves e o ingresso de quaisquer pessoas no distrito, inclusive moradores regulares ou temporários. O que pode funcionar Serviços públicos municipais, estaduais e federais, inclusive os outorgados ou delegados, nos âmbitos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, dos Ministérios Públicos e dos Tribunais de Contas; Supermercados, padarias, mercados, lojas de conveniência, feiras livres e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar da população; Lojas de defensivos e insumos agrícolas; Farmácias e estabelecimentos de venda de produtos médico-hospitalares; Lojas de produtos de higiene e limpeza; Postos de gasolina; Casas de ração animal; Depósitos de gás e demais combustíveis; Lojas de material de construção e prevenção de incêndio; Serviços essenciais à saúde, como médicos, clínicas, hospitais, laboratórios e demais estabelecimentos relacionados à prestação de serviços na área de saúde, observados os termos da Portaria SES nº 107, de 23 de março de 2020, podendo ainda serem disciplinados em outras normas regulamentares editadas pelo Secretário Estadual de Saúde; Serviços de abastecimento de água, gás e demais combustíveis, saneamento, coleta de lixo, energia, telecomunicações e internet; Clínicas e os hospitais veterinários e assistência a animais; Lavanderias; Bancos e serviços financeiros, inclusive lotéricas; Serviços funerários; Hotéis e pousadas, incluídos os restaurantes e afins, localizados em suas dependências, com atendimento restrito aos hóspedes; Serviços de manutenção predial e prevenção de incêndio; Serviços de transporte, armazenamento de mercadorias e centrais de distribuição, para assegurar a regular atividade dos estabelecimentos cujo funcionamento não esteja suspenso; Estabelecimentos industriais e logísticos, bem como os serviços de transporte, armazenamento e distribuição de seus insumos, equipamentos e produtos; Oficinas de manutenção e conserto de máquinas e equipamentos para indústrias e atividades essenciais previstas neste Decreto, veículos leves e pesados e, em relação a estes, a comercialização e serviços associados de peças e pneumáticos; Em relação à construção civil: a) atividades urgentes, assim consideradas aquelas que tenham de ser executadas imediatamente, sob pena de risco grave e imediato ou de difícil reparação; b) atividades decorrentes de contratos de obras particulares que estejam relacionadas a atividades essenciais previstas neste Decreto; c) atividades decorrentes de contratos de obras públicas; e d) atividades prestadas por concessionários de serviços públicos; Em relação ao transporte intermunicipal de passageiros: a) transporte mediante fretamento de funcionários e colaboradores relacionados às indústrias e atividades essenciais previstas neste Decreto, e o transporte de saída de hóspedes dos meios de hospedagem para o aeroporto e terminais rodoviários; b) transporte complementar de passageiros, autorizado em caráter excepcional pela autoridade municipal competente, mediante formulário específico disponibilizado no site da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), vedada a circulação na Região Metropolitana do Recife; e c) transporte regular de passageiros, restrito aos servidores públicos e aos funcionários e colaboradores relacionados às indústrias e atividades essenciais previstas neste Decreto utilizando-se para essa finalidade até 10% da frota, podendo esse percentual ser alterado por ato específico do Diretor Presidente da EPTI; Serviços de advocacia; Restaurantes para atendimento exclusivo a caminhoneiros, sem aglomeração; Lojas de material de informática, por meio de entrega em domicílio e/ou como ponto de coleta; Serviço de assistência técnica de eletrodomésticos e equipamentos de informática; Preparação, gravação e transmissão de aulas pela internet ou por TV aberta, e o planejamento de atividades pedagógicas, em estabelecimentos de ensino; Processamento de dados ligados a serviços essenciais; Serviços de auxílio, cuidado e atenção a idosos, pessoas com deficiência e/ou dificuldade de locomoção e do grupo de risco, realizados em domicílio ou em instituições destinadas a esse fim; Serviços de segurança, limpeza, vigilância, portaria e zeladoria em estabelecimentos públicos e privados, condomínios, entidades associativas e similares; Serviços de entrega em domicílio de qualquer mercadoria ou produto; Imprensa; Estabelecimentos de aviamentos e de tecidos, exclusivamente para o fornecimento dos insumos necessários à fabricação de máscaras e outros Equipamentos de Proteção Individual - EPIs relacionados ao enfrentamento do coronavírus; Restaurantes, lanchonetes e similares localizados em unidades hospitalares e de atendimento à saúde e no aeroporto ou terminal rodoviário, desde que destinados exclusivamente ao atendimento de profissionais da saúde, pacientes e acompanhantes, e passageiros, respectivamente; Restaurantes, lanchonetes e similares em geral, exclusivamente como ponto de coleta e entrega em domicílio; Serviços de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade; Atividades de preparação, gravação e transmissão de missas, cultos e demais celebrações religiosas pela internet ou por outros meios de comunicação, realizadas em igrejas, templos ou outros locais apropriados; Serviços de contabilidade; Serviços de suporte portuário, como operadores portuários, agentes de navegação, praticagem e despachantes aduaneiros; Transporte coletivo de passageiros, devendo observar normas complementares editadas pela autoridade que regulamenta o setor. Coronavírus em Pernambuco Pernambuco registrou, neste domingo (31), 1.023 novos casos do novo coronavírus, além de 67 mortes de pacientes que estavam com a Covid-19. Ao todo, no último dia em que vigora a quarentena mais rígida em cinco cidades da Região Metropolitana, o estado totaliza 34.450 confirmações e 2.807 óbitos, registrados desde o início da pandemia. Do total de novos casos confirmados, 236 são de pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e outros 787 são casos leves ou moderados da Covid-19. No total, são 14.336 casos graves e 20.114 leves. Há, ainda, mais 1.449 pacientes recuperados do novo coronavírus, totalizando 15.342 pessoas curadas da Covid-19 no estado. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Casos de coronavírus confirmados nas regiões de Sorocaba e Jundiaí em 31 de maio
Prefeituras divulgaram novos casos positivos de Covid-19 neste domingo (31); confira a lista. As prefeituras divulgaram novos casos confirmados de coronavírus neste domingo (31) nas regiões de Sorocaba e Jundiaí (SP). Confira: Acompanhe AO VIVO as notícias sobre a pandemia na região Sorocaba A Prefeitura de Sorocaba confirmou a 45ª morte na cidade neste domingo. Uma mulher de 66 anos, sem comorbidades, morreu em um hospital público pelo coronavírus. A cidade também registrou mais 28 novos casos confirmados da Covid-19. Com isso, Sorocaba chegou a 989 casos. Deste total, 31 estão internados (10 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação passou para 913. Jundiaí A Prefeitura de Jundiaí (SP) confirmou mais cinco mortes por coronavírus na cidade. Segundo o boletim epidemiológico deste domingo (31), são mais 63 casos confirmados na cidade. Com o novo registro, a cidade soma 67 mortes. O número de casos confirmados em Jundiaí subiu para 922, destes, 323 se recuperam em casa. 36 pessoas estão internadas. Piedade Piedade confirmou mais um caso de coronavírus neste domingo. No total, a cidade tem 84 casos confirmados. São cinco mortes pela doença até este domingo. Dos 84 casos, 13 estão em recuperação e 66 já foram curados da Covid-19. Casos confirmados na região de Sorocaba: Sorocaba - 989 casos (com 45 mortes); Itu - 166 casos (com 18 mortes); Votorantim - 145 casos (com 8 mortes); Piedade - 84 casos (com 5 mortes); São Roque - 65 casos (com 4 mortes); Salto - 52 casos (com 1 morte); Porto Feliz - 48 casos (com 3 mortes); Salto de Pirapora - 43 casos; Mairinque - 44 casos (2 mortes); Capela do Alto - 41 casos (com 1 morte); Araçoiaba da Serra - 28 casos (com 1 morte); Iperó - 16 casos (com 2 mortes); Araçariguama - 14 casos (com 1 morte); Alumínio - 11 casos (com 1 morte). Casos confirmados na região de Jundiaí: Jundiaí - 922 casos (com 67 mortes); Itatiba - 161 casos (com 4 mortes); Várzea Paulista - 125 casos (com 12 mortes); Campo Limpo Paulista - 80 casos (com 13 mortes); Cabreúva - 58 casos (com 3 mortes); Itupeva - 56 casos (com 4 mortes); Jarinu - 42 casos (com 6 mortes). Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Piauí registra mais sete mortes pela Covid-19 e ultrapassa 5,1 mil casos confirmados
Segundo o boletim informativo, já são 168 óbitos no total. Exames para Covid-19 no Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz Josué Damacena/IOC/Fiocruz O estado do Piauí ultrapassou os 5,1 mil casos confirmados de coronavírus neste domingo (31), segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). Segundo o boletim informativo, já são 168 óbitos, com mais sete registradas nas últimas 24 horas. Veja serviços afetados pelo coronavírus no Piauí O que fazer e para onde ir em caso de aparecimento dos sintomas Acompanhe a evolução da curva epidêmica no estado De acordo com a Sesapi, as vítimas foram três pacientes do sexo masculino e quatro do sexo feminino. Todos possuíam uma ou mais doenças pré-existentes e apenas um não era idoso. Os homens tinham 60 anos (Floriano); 31 anos e 82 anos (Teresina). Além deles, quatro mulheres, sendo de 71 anos (Parnaíba), 70 anos (São Raimundo Nonato), 62 anos e 81 anos (Teresina) também faleceram em decorrência de complicações da Covid-19. Dos 188 casos confirmados neste domingo (31), 101 são homens e 87 são mulheres com idades que variam entre 4 a 94 anos. São Miguel do Tapuio registrou os primeiros casos do novo coronavírus. Agora, são 158 municípios atingidos pela pandemia. O Piauí possui agora 5119 casos confirmados e 168 mortes por Covid-19. Confira a lista de municípios com casos confirmados: Água Branca (97) Alagoinha do Piauí (1) Alto Longá (11) Altos (54) Alvorada do Gurguéia (1) Amarante (6) Angical do Piauí (6) Anísio de Abreu (17) Aroazes (1) Avelino Lopes (1) Baixa Grande do Ribeiro (8) Barras (164) Barreiras do Piauí (1) Barro Duro (16) Batalha (63) Bela Vista do Piauí (1) Belém do Piauí (6) Beneditinos (2) Bertolínia (4) Betânia do Piauí (1) Boa Hora (2) Bocaina (4) Bom Jesus (58) Bom Princípio do Piauí (1) Bonfim do Piauí (1) Brasileira (3) Buriti dos Lopes (20) Buriti dos Montes (2) Cabeceiras do Piauí (1) Cajazeiras do Piauí (1) Caldeirão Grande do Piauí (3) Campinas do Piauí (1) Campo Alegre do Fidalgo (1) Campo Grande do Piauí (17) Campo Largo do Piauí (1) Campo Maior (137) Canto do Buriti (4) Capitão Gervásio Oliveira (2) Caracol (2) Caraubas do Piauí (2) Castelo do Piauí (9) Cocal (13) Cocal de Telha (26) Cocal dos Alves (2) Coivaras (2) Colônia de Gurguéia (4) Colônia do Piauí (3) Corrente (23) Cristino Castro (1) Curimatá (8) Curral Novo do Piauí (1) Curralinhos (3) Demerval Lobão (51) Dirceu Arcoverde (27) Dom Expedito Lopes (9) Dom Inocêncio (2) Domingos Mourão (1) Elesbão Veloso (27) Esperantina (143) Fartura do Piauí (3) Floriano (79) Francinópolis (8) Francisco Ayres (2) Francisco Santos (3) Fronteiras (6) Gilbués (1) Guadalupe (1) Hugo Napoleão (3) Ilha Grande (4) Inhuma (7) Ipiranga do Piauí (1) Isaias Coelho (1) Itainópolis (4) Itaueira (1) Jaicós (1) Joaquim Pires (6) José de Freitas (27) Juazeiro do Piauí (5) Júlio Borges (4) Lagoa de São Francisco (1) Lagoa do Barro do Piauí (8) Lagoa do Piauí (17) Lagoa do Sítio (2) Landri Sales (4) Luís Correia (35) Luzilândia (20) Madeiro (3) Manoel Emídio (1) Marcolândia (6) Marcos Parente (4) Matias Olimpio (3) Miguel Alves (51) Monsenhor Gil (19) Monsenhor Hipólito (8) Morro Cabeça no Tempo (7) Morro do Chapéu do Piauí (24) Nazaré do Piauí (1) Nazária (3) Nossa Senhora dos Remédios (6) Novo Santo Antônio (2) Oeiras (60) Olho D'Água do Piauí (8) Padre Marcos (1) Palmeirais (5) Parnaguá (1) Parnaíba (515) Passagem Franca do Piauí (5) Pau D'Arco do Piauí (4) Paulistana (8) Pavussu (1) Pedro II (39) Pedro Laurentino (1) Picos (193) Pimenteiras (12) Pio IX (13) Piracuruca (35) Piripiri (84) Porto (1) Queimada Nova (15) Redenção do Gurguéia (2) Regeneração (1) Ribeira do Piauí (1) Ribeiro Gonçalves (10) Rio Grande do Piauí (6) Santa Cruz do Piauí (1) Santa Filomena (2) Santa Luz (1) Santana do Piauí (1) Santo Antônio de Lisboa (3) São Francisco de Assis do Piauí (1) São Francisco do Piauí (1) São Gonçalo do Piauí (10) São João da Canabrava (1) São João da Fronteira (4) São João do Arraial (1) São João do Piauí (7) São José do Divino (5) São José do Peixe (2) São José do Piauí (4) São Julião (7) São Lourenço do Piauí (1) São Luís do Piauí (1) São Miguel da Baixa Grande (1) São Miguel do Tapuio (1) São Pedro do Piauí (11) São Raimundo Nonato (57) Sigefredo Pacheco (2) Simões (2) Simplício Mendes (18) Socorro do Piauí (1) Teresina (2304) União (87) Uruçuí (68) Valença do Piauí (14) Várzea Branca (2) Várzea Grande (1) Veras Mendes (2) Vila Nova do Piauí (3) Decretos determinam distanciamento social Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas. Aulas em escolas e universidades, a maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral estão suspensas por tempo indeterminado. Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados continuam mantidos mas estão regulamentados. O atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, assim como o funcionamento de escritórios de advocacia e contábeis também foram liberados mediante cumprimento de regras. O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão. Prevenção, contágio e sintomas Lavar bem as mãos é a maneira mais eficaz de evitar o contágio Getty Images via BBC Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia da covid-19 É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar). Um guia ilustrado preparado pelo G1 ajuda a tirar dúvidas. Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Veja as últimas notícias sobre o novo coronavírus em MT
Veja as últimas notícias sobre o novo coronavírus em MT Cinco mortes por Covid-19 são registradas neste fim de semana em MT e número de óbitos chega a 63. Idosa de 102 anos é aplaudida após ser curada da Covid-19 em Cuiabá. Casos de Covid-19 chegam em 91 municípios de MT
Veja Mais

31/05 - Criança de 7 anos morre atropelada e condutor foge abandonando carro em Palmeirais
Menino estava desacompanhado no momento e ninguém viu o momento em que ele foi atropelado. Condutor fugiu e deixou veículo no local em que o menino foi atropelado e morreu, em Palmeirais. Divulgação/PMPI Wallyson Alexandre Pereira Pessoa, de 7 anos, morreu na tarde deste domingo (31) depois de ter sido atropelado às margens da PI-130, entre Teresina e Palmeirais. O condutor do veículo ainda não foi localizado e deixou o carro no local. De acordo com o soldado Carlos Melo, da Polícia Militar, o atropelamento aconteceu da comunidade Castelândia, em Palmeirais. O menino estaria brincando em um córrego às margens da rodovia, quando foi atropelado. "Acreditamos que ele foi atravessar a via, quando o carro atingiu ele. Ninguém estava com ele no momento, o pai disse apenas que ele tinha saído de casa e quando soube, já foi da morte da criança", contou o militar. O carro que atingiu a criança ficou no local e o condutor não foi localizado. O veículo é um carro alugado de uma locadora de veículos de Teresina. A Polícia Civil, com os dados do veículo, deverá investigar o caso e tentar identificar o condutor.
Veja Mais

31/05 - AL registra mais de 10 mil casos confirmados de Covid-19; mortes chegam a 443
Foram 1.065 novas confirmações em 24 horas; o número de pessoas recuperadas da doença é 5.480. O boletim epidemiológico deste domingo (31), divulgado pela pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), mostra que Alagoas tem 10.288 casos confirmados da Covid-19. Foram 1.065 casos a mais em apenas 24 horas. O número de mortes também aumentou, são 443 em todo estado. Entre os casos confirmados, 4.104 estão em isolamento domiciliar e 259 internados em leitos públicos e privados. Outros 5.292 pacientes já se recuperaram. O número de casos em investigação laboratorial passou de 878 para 2.875. Com a abertura de novos leitos, o estado tem agora 1.003 vagas para pacientes com suspeita e confirmação do novo coronavírus. Às 11h, a ocupação era de 60%. Entre os leitos de UTI, a ocupação era de 75%. Quase todos os municípios do estado têm casos confirmados, são 100 dos 102. Apenas as cidades de Mata Grande e Água Branca seguem sem registro de casos ou óbitos por causa da doença. Além disso, 39 são de pessoas que testaram positivo para a Covid-19 em Alagoas são naturais de Pernambuco, Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Santa Catarina e Maranhão. 19 mortes confirmadas por Covid-19 em um dia Maceió: Homem, 47 anos, sem comorbidades Maceió: Homem, 69 anos, sem comorbidades Maceió: Homem, 37 anos, diabético Maceió: Homem, 57 anos, doença cardíaca crônica Maceió: Homem, 60 anos, sem comorbidades Maceió: Homem, 37 anos, sem comorbidades Maceió: Homem, 50 anos, sem comorbidades Maceió: Mulher, 70 anos, diabética Maceió: Mulher, 44 anos, sem comorbidades Maceió: Mulher, 78 anos, sem comorbidades Maceió: Mulher, 81 anos, diabética Maceió: Mulher, 102 anos, diabética Maceió: Mulher, 63 anos, sem comorbidades Maceió: Homem, 49 anos, sem comorbidades (morava na BA) Santa Luzia do Norte: Homem, 60 anos, diabético e hipertenso Olho D'Água das Flores: Homem, 59 anos Capela: Mulher, 53 anos, sem comorbidades Rio Largo: Mulher, 45 anos, diabética Marechal Deodoro: Mulher, 90 anos Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Lúcio Vieira Lima revela ter sofrido tentativa de golpe após deputado Márcio Marinho ter app de mensagens clonado
Deputado federal também fez postagem confirmando que teve linha telefônica clonada e pedindo para que pessoas excluíssem o contato dele. Initial plugin text O ex-deputado Lúcio Vieira Lima revelou neste domingo (31), através de um post nas redes sociais, que sofreu uma tentativa de golpe no WhatsApp, por uma pessoa que clonou o o WhatsApp do deputado federal Márcio Marinho. Na publicação, Lúcio Vieira Lima mostrou uma parte da conversa, que mostra um homem, que usava o mesmo número de Márcio Marinha, pedindo um favor ao ex-deputado e questionando informações sobre transferências bancárias. Desconfiado, o ex-deputado pede para que o homem ligue para ele. O homem respondeu com "Falou em favores e a conversa já fica estreita". A conversa termina com a reposta de Lúcio: "Falou em falar para ouvir sua voz e já não quer mais o favor". Na legenda da publicação, Lúcio Vieira Lima revela que o caso aconteceu na noite de quinta-feira (28) e diz que resolveu tornar o caso público, com a justificativa de que "é melhor pecar pelo excesso". O deputado federal Márcio Marinho foi marcado no post. Lúcio Vieira Lima revela ter sofrido tentativa de golpe após deputado Márcio Marinho ter app de mensagens clonado Reprodução/Redes Sociais "Bom dia a todos, na noite de quinta feira, tentaram me dá o golpe utilizando o fone do amigo Dep Marcio Marinho, que deve ter tido seu celular clonado, depois de tentar localizá-lo sem sucesso em outros números, resolvi postar mesmo sabendo que ele já deve ter bloqueado, mas é melhor pecar pelo excesso. Bom domingo a todos", escreveu o ex-deputado. Uma hora depois da publicação feita por Lúcio Vieira Lima, Marcio Marinho também fez uma publicação no Instagram confirmando que o número dele foi clonado e afirmando que cancelou a linha. "Comunicado! Como meu WhatsApp foi clonado, o número foi cancelado e não será reativado. Desconsiderem as mensagens que ainda estão sendo enviadas e excluam o número. Obrigado, Márcio Marinho", publicou o deputado federal. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Casos de coronavírus na Paraíba em 31 de maio
Paraíba tem 13.162 casos confirmados e 360 mortes por coronavírus. Pelo menos 300 novos casos e 14 mortes foram confirmados neste domingo (31). Casos de coronavírus na Paraíba em 31 de maio Secom-PB/Divulgação A Paraíba tem 13.162 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas neste domingo (31). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 360 no estado desde o início da pandemia. Já são 194 cidades da Paraíba com casos registrados da doença. Foram registradas mais 14 mortes em decorrência do coronavírus desde o último boletim: Homem de 72 anos, hipertenso, residente em Campina Grande. Homem de 83 anos, hipertenso, residente em Campina Grande. Homem de 48 anos, sem histórico de doenças, residente em Campina Grande. Homem de 39 anos, sem histórico de doenças, residente em Campina Grande. Mulher de 95 anos, sem histórico de doenças, residente em Cruz do Espírito Santo. Mulher de 91 anos, sem histórico de doenças, residente em Campina Grande. Homem de 89 anos, cardiopata, residente em Remígio. Homem de idoso 65 anos, sem histórico de doenças, residente em João Pessoa. Mulher de 92 anos, com doença neurológica, hipertensão e diabetes, residente em João Pessoa. Homem de 58 anos, sem histórico de doenças, residente em Cruz do Espírito Santo. Mulher de 66 anos, sem histórico de doenças, residente em Santa Rita. Homem de 37 anos, cardiopata e diabético, residente em João Pessoa. Homem de 80 anos, cardiopata, diabético e asmático, residente em Santa Rita. Homem de 92 anos, cardiopata e diabético, residente em João Pessoa. A ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 72%. Na região metropolitana de João Pessoa, 91% dos leitos de UTI para adultos estão ocupados. Em Campina Grande, o mesmo setor tem taxa de 63%. No sertão, 65% dos leitos de UTI estão ocupados. Apenas, 43,5% da população seguiu a recomendação de isolamento social no estado. De acordo com a SES, pelo menos 45.950 mil testes para detecção do novo coronavírus foram realizados em pacientes na Paraíba, desde o início da pandemia. Boletim do coronavírus na Paraíba 13.162 casos confirmados 360 mortes 10.975 casos descartados 2.492 recuperados Casos de coronavírus na PB estão distribuídos em 194 municípios 3.959 em João Pessoa, 1.519 em Campina Grande, 75 em Cabedelo, 583 em Santa Rita, 565 em Guarabira, 565 em Patos, 353 em Caaporã, 307 em Bayeux, 245 em Pedras de Fogo, 201 em Sapé, 190 em Itabaiana, 186 em Sousa, 161 em Mamanguape, 138 em Alhandra, 122 em São Bento, 105 em Mari, 103 em Alagoinha, 103 em Cruz do Espírito Santo, 95 em Conde, 95 em Queimadas, 90 em Cajazeiras, 87 em Juripiranga, 78 em Riachão do Bacamarte, 76 em Alagoa Grande, 75 em Lagoa Seca, 68 em Pitimbu, 64 em Solânea, 62 em Ingá, 61 em São José do Sabugi, 60 em Pombal, 56 em Rio Tinto, 55 em Areia, 55 em Esperança, 54 em Lucena, 51 em Juazeirinho, 51 em Pilõezinhos, 47 em Itatuba, 47 em Santa Luzia, 46 em Cuitegi, 45 em Catolé do Rocha, 44 em Baia da Traição, 42 em Remígio, 39 em Capim, 38 em Condado, 38 em Pilar, 36 em Serra Redonda, 35 em Belém, 33 em Alagoa Nova, 33 em Taperoá, 31 em Gurinhém, 30 em Itapororoca, 29 em Boa Vista, 29 em Puxinanã, 27 em Araçagi, 26 em Bananeiras, 25 em Salgado de São Félix, 24 em Cacimba de Dentro, 24 em Mataraca, 23 em Aroeiras, 23 em Caiçara, 23 em Gado Bravo, 23 em São Miguel de Taipu, 22 em Juarez Távora, 22 em Massaranduba, 22 em Monteiro, 21 em Sobrado, 20 em Boqueirão, 20 em Duas Estradas, 20 em Pirpirituba, 20 em Sumé, 17 em Coremas, 17 em Paulista, 17 em Tacima, 17 em Teixeira, 16 em Mulungu, 16 em Umbuzeiro, 15 em Barra de Santana, 15 em Caldas Brandão, 15 em Gurjão, 15 em Piancó, 14 em Caturité, 14 em Matinhas, 14 em Sertãozinho, 13 em Arara, 13 em Olho D´Água, 13 em Santa Terezinha, 13 em São José da Lagoa Tapada, 13 em São Mamede, 12 em Amparo, 12 em São Vicente do Seridó, 11 em Baraúna, 11 em Congo, 11 em Logradouro, 11 em Malta, 11 em São João do Rio do Peixe, 11 em São José do Bonfim, 11 em Serraria, 10 em Cuité, 10 em Curral de Cima, 10 em Matureia, 10 em Picuí, 10 em Pilões, 10 em São José de Caiana, 10 em São José dos Ramos, 10 em Serra da Raíz, 9 em Areial, 9 em Desterro, 9 em Imaculada, 9 em Junco do Seridó, 9 em São Bentinho, 9 em Soledade, 8 em Casserengue, 8 em Princesa Isabel, 7 em Fagundes, 7 em Jacaraú, 7 em Lagoa de Dentro, 7 em Marcação, 7 em Natuba, 7 em Pocinhos, 6 em Aparecida, 6 em Assunção, 6 em Cachoeira dos Índios, 6 em Montadas, 6 em Passagem, 6 em Tavares, 5 em Barra de Santa Rosa, 5 em Catingueira, 5 em Cuité de Mamanguape, 5 em Salgadinho, 5 em São José de Piranhas, 4 em Brejo do Cruz, 4 em Conceição, 4 em Coxixola, 4 em Ibiara, 4 em Juru, 4 em Mogeiro, 4 em Quixaba, 4 em São Sebastião de Lagoa de Roça, 4 em Uiraúna, 3 em Barra de São Miguel, 3 em Itaporanga, 3 em Lagoa, 3 em Marizópolis, 3 em Mato Grosso, 3 em Nova Palmeira, 3 em Riacho de Santo Antônio, 3 em Santa Cecília, 3 em São José de Espinharas, 3 em São José dos Cordeiros, 2 em Água Branca, 2 em Alcantil, 2 em Araruna, 2 em Cacimbas, 2 em Dona Inês, 2 em Igaracy, 2 em Jericó, 2 em Mãe d'Água, 2 em Manaíra, 2 em Nova Olinda, 2 em Olivedos, 2 em Riacho dos Cavalos, 2 em São Francisco, 2 em Serra Branca, 2 em Vieirópolis, 1 em Aguiar, 1 em Areia de Baraúnas, 1 em Belém do Brejo do Cruz, 1 em Boa Ventura, 1 em Bom Jesus, 1 em Bonito de Santa Fé, 1 em Borborema, 1 em Cabaceiras, 1 em Cacimba de Areia, 1 em Cajazeirinhas, 1 em Carrapateira, 1 em Cubati, 1 em Damião, 1 em Emas, 1 em Joca Claudino, 1 em Lastro, 1 em Nova Floresta, 1 em Ouro Velho, 1 em Pedro Régis, 1 em Riachão do Poço, 1 em Santa Helena, 1 em Santa Inês, 1 em Santana dos Garrotes, 1 em São João do Cariri, 1 em São João do Tigre, 1 em São Sebastião do Umbuzeiro, 1 em Serra Grande, 1 em Tenório, 1 em Várzea e 1 em Vista Serrana. Saiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na Paraíba Curva de contágio: evolução de casos confirmados, mortes, gráficos e dados Como ficam os serviços na Paraíba após medidas para conter a pandemia
Veja Mais

31/05 - Ponta Negra em Manaus segue interditada para comércio e acesso ao rio
A Polícia Militar e a Guarda Municipal, segundo a Prefeitura, vão reforçar as equipes de fiscalização. Praia da Ponta Negra, em Manaus Eliana Nascimento/G1 AM O Complexo Turístico da Ponta Negra, na zona Oeste, segue com interdição total, de áreas de comércio, praia e acesso ao rio, em razão da pandemia de Covid-19. De acordo com a Prefeitura, a reabertura gradual das atividades econômicas em Manaus, anunciada a partir desta segunda-feira, 1º de junho, conforme plano divulgado pelo governo do Amazonas e publicado no decreto nº 42.330/2020, não alterou a interdição no espaço público. Pelo cronograma de retomada gradual das atividades, dividido em quatro ciclos, apenas na terceira fase, a partir de 29 de junho, os parques, espaços públicos e atrações turísticas poderão ser reabertos. A Polícia Militar e a Guarda Municipal, segundo a Prefeitura, vão reforçar as equipes de fiscalização que atuam no complexo para seguir orientando a população dos riscos de estar na rua passeando, não fazendo o isolamento social recomendado pelas autoridades de saúde. Peças publicitárias foram instaladas no parque e pedem para a população ficar em casa, escolhendo o lado da vida, não se expondo. Responsável pela administração do espaço, o Implurb já fez a redução da energia de áreas do parque, do skate até o estacionamento recuado. O calçadão também teve as luzes reduzidas, para evitar a aglomeração de pessoas e o uso para caminhadas e corridas. A interdição foi alinhada entre a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e o Implurb.
Veja Mais

31/05 - Rapaz morre esfaqueado por assaltante em Jundiaí
De acordo com a polícia, um casal de namorados parou para comer um lanche, na Vila Romão e Sousa, quando foi abordado pelo criminoso. Um rapaz morreu esfaqueado por um assaltante na noite de sábado (30), em Jundiaí (SP). De acordo com a polícia, um casal de namorados parou para comer um lanche, na Vila Romão e Sousa, quando foi abordado pelo criminoso. Conforme relato de testemunhas, a vítima tentou reagir ao assalto e foi golpeado pelo criminoso que fugiu. Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Veja Mais

31/05 - Igrejas católicas de Fortaleza só vão reabrir depois da quarta fase do plano de flexibilização do governo, diz arcebispo
No decreto, com restrições a apenas 20% da capacidade, as igrejas poderiam retornar a abrir já na segunda fase. Igrejas católicas de Fortaleza permanecerão sem celebrações com fiéis até julho Camila Lima/SVM Na reunião do Conselho Arquidiocesano de Pastoral realizada na manhã deste sábado (30), o arcebispo Dom José Antonio avisou que os templos da Igreja Católica Apostólica Romana em Fortaleza somente irão abrir as portas das suas igrejas após a quarta etapa do plano de reabertura anunciado pelo Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana (PT). Segundo o decreto, as atividades religiosas já poderiam ser retomadas na segunda fase do plano de retomada da economia e de atividades comportamentais no Ceará, previsto para ocorrer entre 22 de junho e 5 de julho, desde que mantenham até 20% de sua capacidade total. Entretanto, a Igreja Católica deverá continuar de portas fechadas na capital até o fim de julho e a reabertura ocorrerá “somente se tiver toda segurança em preservar a vida das pessoas”, como afirma Marta Andrade, coordenadora Geral da Pastoral da Comunicação (Pascom) Arquidiocesana, em nota oficial. “Continuemos com a nossa igreja doméstica”. Plano de retomada Após ser anunciado o regime de lockdown para sete municípios cearenses, o chefe da Casa Civil do Governo do Ceará, Élcio Batista, reforçou neste domingo (31) que as cidades não vão seguir simultaneamente as fases do plano de retomada da atividade econômica. Veja o que é permitido fazer e o que é proibido nas 7 cidades do Ceará que terão regras de isolamento social rígido Confira os horários de funcionamento das atividades liberadas no Ceará a partir desta segunda-feira "É importante consultar o decreto. Sete municípios entraram em isolamento social rígido. Nesses municípios, a indústria pode funcionar, mas comércio e serviços não vão poder abrir, nem aqueles que estão previstos no plano, da cadeia de saúde e material de construção", disse. Ele pontuou que o funcionamento da indústria vai depender dos prefeitos. "Os prefeitos têm autonomia para definir uma restrição ainda maior ou não", disse. A declaração foi em resposta à dúvida sobre o plano de retomada valer ou não para todo o Estado. Élcio Batista lembrou que os municípios e regiões cearenses estão vivenciando momentos epidemiológicos diferentes. "Fortaleza, nas últimas semanas, está tendendo a uma estabilidade e aparentemente estamos em uma curva decrescente. Nós precisamos de mais tempo para saber se isso está mesmo acontecendo", ressaltou. Já a Região Norte do Estado, conforme exemplificou, está em um "momento epidemiológico distinto". "Não necessariamente nessa região o plano vai ser implementado no mesmo momento", frisou. Diaristas podem voltar a trabalhar As diaristas do Ceará podem retomar o trabalho, conforme o secretário Élcio Batista. "O decreto não traz restrições, mas é superimportante que as pessoas que prestam serviço na casa de outras pessoas tenham protocolos que seja seguidos", disse. Ele reforçou que o contato entre as partes deve ser o mínimo possível e que trabalhador e as outras pessoas da casa devem estar utilizando máscara. Salões de beleza Inseridos na fase de transição, os salões de beleza poderão funcionar a partir desta segunda-feira (1º) apenas com agendamento. É o que reforçou o secretário do Planejamento do Estado, Flávio Ataliba. Durante live nas redes sociais para esclarecer o plano de retomada das atividades, Ataliba ressaltou que o atendimento só será permitido através de agendamento, de forma a evitar aglomerações nesses locais. "Precisamos ter cautela", ressaltou. Élcio Batista acrescentou que o Governo do Estado vai observar se as pessoas estão seguindo as recomendações e os protocolos exigidos. "Vamos observar se as pessoas vão se comportar, se vão ser conscientes e responsáveis para se prevenirem. Para passar para a primeira fase, é importante seguir o protocolo", lembrou. Batista ainda ressaltou que todos aqueles que apresentarem sintomas relacionados à Covid-19 devem buscar atendimento. Transporte intermunicipal Justificando exatamente os momentos epidemiológicos diferentes vividos por cada região, Élcio Batista frisou que o transporte intermunicipal não irá voltar agora, respondendo uma das dúvidas enviadas pela população. "Está na última fase. Foi liberado o metroviário e o metropolitano, mas o transporte municipal, justamente por ligar os municípios e pelos momentos epidemiológicos diferentes só vai voltar na última fase". Funcionalismo público seguirá em trabalho remoto Com o início da execução do plano de retomada das atividades econômicas do Ceará nesta segunda-feira (1º), o funcionalismo público seguirá inalterado, conforme o secretário do Planejamento do Estado, Flávio Ataliba. Em transmissão ao vivo nas redes sociais na tarde deste domingo (31) para tirar dúvidas relacionadas ao retorno, Ataliba ressaltou que os servidores públicos continuarão trabalhando em regime de home office. "Há apenas uma alteração no horário dos serviços essenciais. Aqueles que continuam indo às repartições, entrarão 9h. O resto continua da mesma forma", detalhou o secretário. Visita em presídios 'não é recomendável' neste momento A permissão para o retorno de visitas a detentos no Ceará não foi contemplada entre as medidas de flexibilização que terão início nesta segunda-feira (1º) no estado. Segundo Élcio Batista, "nesse momento, voltar a ter visita não é recomendável". O secretário-geral afirmou que é preciso ter prudência para evitar que surtos de Covid-19 no sistema penitenciário. Segundo ele, as visitas devem continuar a ser proibidas "até que a gente tenha uma situação em que a gente tenha mais capacidade de monitorar, mais capacidade de ter a visita com segurança", destaca. Reformas são permitidas na fase de transição Inseridas no setor da construção civil - liberado na fase de transição do plano de retomada da atividade econômica anunciado pelo Governo do Ceará -, as reformas em casas e condomínios podem ser realizadas a partir de amanhã (1º), conforme o secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista. "As reformas dentro de casa e nos condomínios estão liberadas", disse. Ele frisou que a indústria, o comércio e os serviços relacionados à construção civil poderão retomar as atividades. "Essas empresas poderão funcionar e poderão construir, reformar, dentro de condomínio, de casas, em qualquer local do estado do Ceará", detalhou o secretário-chefe da Casa Civil. Ele ressaltou que é preciso, entretanto, que as empresas do setor tenham o cuidado de verificar se os funcionários apresentam algum sintoma. No caso, o trabalhador deverá ser imediatamente isolado e a rede de saúde deve ser comunicada para que ele seja testado. Rede de atendimento Élcio Batista lembrou que a "rede de atendimento aumentou bastante". "O estado do Ceará nos últimos 80 dias chegou a 500 leitos de UTI e foi para muitas cidades que não tinha leitos de UTI", frisou. "Isso faz parte de uma estratégia que vinha sendo feita desde o ano passado, na plataforma de modernização da saúde do Ceará, e esse esforço fez com que a gente conseguisse, mesmo com o aumento da demanda, chegar a esse número". Três mil mortos no Ceará O Ceará ultrapassou a marca de 3 mil óbitos por Covid-19 e tem 48.391 casos da doença. Agora o estado contabiliza 3.003 mortes em decorrência do novo coronavírus, conforme atualização da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa), às 14h12. Somente no sábado, foram registrados somente nesse dia 9.427 casos. A grande quantidade ocorreu por causa da liberação do resultados de mais de 20 mil testes, incluindo os do tipo PCR, testes rápidos e sorologia, segundo a Sesa. Ao todo, 116.159 mil testes já foram realizados no Ceará. Além de Fortaleza, mais sete cidades do Ceará terão regras de isolamento social rígido Faixa etária entre 20 e 39 anos tem alta incidência de Covid-19 em Fortaleza, mas baixa letalidade Fortaleza concentra o maior número de ocorrências do estado, com 23.598 pessoas infectadas e 1.964 mortos pela doença. A quantidade de casos investigados do novo coronavírus (SARS-CoV-2) é de 53.267 no Ceará, e a recuperação foi de 31.689 pessoas.  Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente. Veja outras informações da plataforma: A taxa de letalidade da doença no Ceará é de 6,2%. Houve dois óbito ocorrido nas últimas 24 horas; 144 mortes foram confirmadas e inseridas na plataforma nas últimas 24h. Ceará consegue diminuir percentual de contágio do novo coronavírus Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - São Miguel Arcanjo registra terceira morte por Covid-19
Segundo a prefeitura, paciente é uma mulher que tinha 49 anos. Cidade soma 43 casos positivos de coronavírus, sendo 3 mortes. A prefeitura de São Miguel Arcanjo divulgou neste domingo (31) o registro de mais um óbito por coronavírus na cidade. Trata-se de uma mulher de 49 anos que estava internada no Hospital Dr. Léo Orsi Bernardes em Itapetininga. Acompanhe AO VIVO as últimas notícias sobre coronavírus na região Segundo a prefeitura, agora o município contabiliza 43 casos positivos de Covid-19, sendo 3 mortes pela doença. Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região Initial plugin text
Veja Mais

31/05 - Veja os bairros da Grande São Luís com casos do novo coronavírus neste domingo (31)
Confira as regiões com mais casos da Covid-19 na ilha. Avenida São Luís Rei de França, no Turu Adriano Soares / Grupo Mirante. A região da Grande São Luís (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa) registrou até este domingo (31) mais de 10.200 casos de pacientes infectados pelo novo coronavírus, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). A Covid-19 atinge mais de 700 bairros, com destaque ainda para as regiões nobres. Veja a lista abaixo das áreas com mais casos da doença: São Luís : Turu - 278 Casos São Luís : Cidade Operária - 236 Casos São Luís : Renascença - 214 Casos São Luís : Calhau - 166 Casos São Luís : Cohatrac I, II, III, IV, Primavera-Cohatrac - 163 Casos São Luís : Centro - 142 Casos Paço Do Lumiar : Maiobão - 120 Casos São Luís : Cohama - 115 Casos São Luís : Olho D'água - 110 Casos São Luís : Anjo Da Guarda - 108 Casos São Luís : Anil - 104 Casos São Luís : Vila Embratel - 101 Casos São Luís : Ponta D'areia - 100 Casos São José De Ribamar : Araçagy - 98 Casos São Luís : São Francisco - 92 Casos São Luís : Jardim São Cristóvão / Conjunto Juçara / Conjunto Penalva - 91 Casos São Luís : Liberdade - 91 Casos São Luís : Bequimão - 90 Casos São Luís : Monte Castelo - 90 Casos São Luís : Bairro De Fátima - 77 Casos São Luís : Coroadinho - 71 Casos São Luís : Maracanã - 71 Casos São Luís : João Paulo - 69 Casos São Luís : Angelim - 68 Casos São Luís : Conjunto Habitacional Vinhais - 65 Casos São Luís : Cohab Anil I - 64 Casos São José De Ribamar : Parque Vitoria - 58 Casos São Luís : Vila Palmeira - 51 Casos São Luís : Cidade Olímpica - 50 Casos São Luís : Forquilha - 42 Casos São Luís : Conjunto São Raimundo - 41 Casos São Luís : Cruzeiro Do Anil - 41 Casos São Luís : Alemanha - 40 Casos São Luís : Jardim América - 40 Casos São Luís : Aurora - 39 Casos São Luís : Cohafuma - 39 Casos São Luís : Ponta Do Farol - 39 Casos São Luís : Recanto Dos Vinhais - 38 Casos São Luís : São Bernardo - 38 Casos São Luís : Vila Janaína - 38 Casos São José De Ribamar : Jardim Tropical - 36 Casos São José De Ribamar : Maiobinha - 35 Casos São Luís : João De Deus - 34 Casos São Luís : Conjunto Dom Sebastião / Vila Dos Nobres / Pq. Dos Nobres / Parque Timbira - 33 Casos São Luís : Jardim Eldorado - 33 Casos São Luís : Vila Fialho - 30 Casos São Luís : Santa Cruz - 28 Casos São José De Ribamar : Alto Turu - 26 Casos São Luís : Cohab Anil III - 26 Casos São Luís : Santa Efigênia - 25 Casos São Luís : Coroado - 24 Casos São Luís : Lira - 24 Casos São Luís : Sacavém - 24 Casos São Luís : Sá Viana - 24 Casos São Luís : Vila Passos - 24 Casos São Luís : Bom Jesus - 23 Casos São Luís : Jardim De Fátima - 23 Casos São Luís : Residencial Planalto Vinhais I / Vinhais VI - 23 Casos São Luís : Filipinho / Redenção - 22 Casos São Luís : Jordoa - 22 Casos São Luís : Bela Vista / Primavera I (Cohajap) - 21 Casos São Luís : Maranhão Novo - 21 Casos São Luís : Caratatiua - 20 Casos São José De Ribamar : Centro (São José De Ribamar) - 20 Casos São Luís : Planalto Anil - 20 Casos São Luís : Ipase - 19 Casos São Luís : Jardim Das Margaridas / Parque Aurora / Planalto Anil I, II, III - 19 Casos São Luís : Parque Atenas - 19 Casos São Luís : Chácara Brasil - 18 Casos São Luís : Cohaserma / Cohaserma II - 18 Casos São Luís : Santa Clara - 18 Casos São Luís : Apeadouro - 17 Casos São Luís : Conjunto Habitacional Turu / Jardim Atlântico - 17 Casos São Luís : Radional - 17 Casos São Luís : Vila Itamar - 17 Casos São Luís : Areinha - 16 Casos São Luís : Coheb - 16 Casos São Luís : Ipem São Cristóvão/Conjunto São Carlos - 16 Casos São José De Ribamar : Cruzeiro - 15 Casos São Luís : Tibiri - 15 Casos São Luís : Vila Bacanga - 15 Casos São Luís : Cohab Anil IV - 14 Casos São José De Ribamar : Miritiua - 14 Casos São Luís : Tirirical - 14 Casos São José De Ribamar : Vila Kiola - 14 Casos São Luís : Camboa - 13 Casos São José De Ribamar : Campina - 13 Casos São Luís : Cutim Anil - 13 Casos São Luís : Ivar Saldanha - 13 Casos Paço Do Lumiar : Maioba - 13 Casos São José De Ribamar : Moropoia - 13 Casos São José De Ribamar : Nova Terra - 13 Casos São Luís : Outeiro Da Cruz - 13 Casos São Luís : Santo Antonio - 13 Casos São Luís : Vila Brasil - 13 Casos São Luís : Coréia - 12 Casos São Luís : Jaracaty - 12 Casos São Luís : Parque Amazonas - 12 Casos São Luís : Quitandinha / Vinhais I / Vinhais II - 12 Casos São Luís : Sítio Pirapora - 12 Casos São Luís : Vila Nova - 12 Casos São Luís : Cohab Anil II - 11 Casos São Luís : Novo Angelim - 11 Casos São Luís : Planalto Aurora - 11 Casos São Luís : Retiro Natal - 11 Casos São Luís : Vila Isabel Cafeteira - 11 Casos São José De Ribamar : Vila Sarney Filho I - 11 Casos São Luís : Alto Da Esperança - 10 Casos São Luís : Barreto - 10 Casos São José De Ribamar : Cohatrac V - 10 Casos São Luís : Itapiracó - 10 Casos São Luís : Jardim São Cristóvão II - 10 Casos São José De Ribamar : J. Camara - 10 Casos Paço Do Lumiar : Paranã - 10 Casos São José De Ribamar : Pindaí - 10 Casos São José De Ribamar : Trizidela Da Maioba - 10 Casos Raposa : Vila Bom Viver - 10 Casos São Luís : Vila Cascavel - 10 Casos São Luís : Vila Isabel - 10 Casos Paço Do Lumiar : Cidade Verde - 9 Casos São Luís : Conjunto Rio Anil - 9 Casos São Luís : Diamante - 9 Casos São Luís : Fumacê - 9 Casos Paço Do Lumiar : Lima Verde - 9 Casos São José De Ribamar : Novo Cohatrac - 9 Casos São José De Ribamar : Parque Jair - 9 Casos São Luís : Pindorama - 9 Casos São Luís : Primavera II (Cohajap II) - 9 Casos São José De Ribamar : Vila Flamengo - 9 Casos São José De Ribamar : Vila Operaria - 9 Casos São Luís : Fé Em Deus - 8 Casos Paço Do Lumiar : Novo Horizonte - 8 Casos São José De Ribamar : Saramanta - 8 Casos São Luís : Vila Lobão e Vila Roseana Sarney - 8 Casos São Luís : Vila Maranhão - 8 Casos Paço Do Lumiar : Vila Nazaré - 8 Casos São Luís : Vila São Luís - 8 Casos São Luís : Estiva - 7 Casos São Luís : Goiabal - 7 Casos São Luís : Ipem Turú - 7 Casos São José De Ribamar : J.Lima - 7 Casos São Luís : Madre Deus - 7 Casos São Luís : Mata De Itapera - 7 Casos São José De Ribamar : Panaquatira - 7 Casos São Luís : Planalto Turu II - 7 Casos São Luís : Ribeira - 7 Casos São Luís : Santa Bárbara - 7 Casos São Luís : São Marcos - 7 Casos Paço Do Lumiar : Sítio Grande - 7 Casos Paço Do Lumiar : Tambau - 7 Casos São José De Ribamar : Turiuba - 7 Casos São Luís : Vila Mauro Fecury II - 7 Casos Raposa : Centro (Raposa) - 6 Casos São José De Ribamar : Piçarreira - 6 Casos São José De Ribamar : São Benedito - 6 Casos São Luís : Apicum - 5 Casos São Luís : Bom Milagre - 5 Casos São Luís : Fabril - 5 Casos São José De Ribamar : Mutirão - 5 Casos Paço Do Lumiar : Paraiso Da Rosas - 5 Casos São Luís : Planalto Vinhais II - 5 Casos São Luís : Recanto Dos Signos - 5 Casos São Luís : Recanto Fialho / Vila União - 5 Casos São Luís : Vila Jeniparana - 5 Casos Raposa : Alto Do Farol - 4 Casos Paço Do Lumiar : Centro (Paço Do Lumiar) - 4 Casos São Luís : Ilhinha - 4 Casos São José De Ribamar : Matinha - 4 Casos São José De Ribamar : Outeiro - 4 Casos São Luís : Parque Universitário - 4 Casos Raposa : Pirâmide - 4 Casos São Luís : Quebra-Pote - 4 Casos São José De Ribamar : São Raimundo - 4 Casos São José De Ribamar : Tijupa Queimado - 4 Casos São José De Ribamar : Vila Alonso Costa - 4 Casos São Luís : Vila Ariri - 4 Casos São Luís : Vila Conceição - 4 Casos Paço Do Lumiar : Vila Dr Julinho - 4 Casos Raposa : Vila Maresia - 4 Casos São Luís : Vila Mauro Fecury I - 4 Casos São José De Ribamar : Vila Santa Teresinha - 4 Casos São Luís : Vila Vitória - 4 Casos São José De Ribamar : Boa Vista - 3 Casos São José De Ribamar : Cidade Alta - 3 Casos São Luís : Gancharia - 3 Casos Paço Do Lumiar : Iguaiba - 3 Casos Raposa : Inhauma - 3 Casos São Luís : Jardim Coelho Neto - 3 Casos São José De Ribamar : Laranjal - 3 Casos Paço Do Lumiar : Morada Nova - 3 Casos Paço Do Lumiar : Pau Deitado - 3 Casos São Luís : Recanto Dos Pássaros - 3 Casos São José De Ribamar : Vieira - 3 Casos São José De Ribamar : Vila Cafeteira - 3 Casos São Luís : Vila Dos Frades - 3 Casos Paço Do Lumiar : Vila São José - 3 Casos Paço Do Lumiar : Vila São José II - 3 Casos São José De Ribamar : Bom Jardim - 2 Casos São Luís : Cantinho Do Céu / Conjunto Manoel Beckman - 2 Casos Paço Do Lumiar : Cidade Nova - 2 Casos São José De Ribamar : Itapary - 2 Casos São Luís : Jambeiro - 2 Casos Paço Do Lumiar : Jardim Das Mercês - 2 Casos São José De Ribamar : Jeniparana - 2 Casos São José De Ribamar : Juçatuba - 2 Casos São José De Ribamar : Mata - 2 Casos São José De Ribamar : Parque Das Palmeiras - 2 Casos Paço Do Lumiar : Parque Florencio - 2 Casos São Luís : Parque Sabiá - 2 Casos Paço Do Lumiar : Parque Thiago Aroso - 2 Casos São Luís : Salinas Do Sacavém - 2 Casos São Luís : Santa Rosa - 2 Casos São José De Ribamar : Sitio Do Apicum - 2 Casos Paço Do Lumiar : Sitio Natureza - 2 Casos Paço Do Lumiar : Tendal Mirim - 2 Casos São Luís : Turu / Jardim Das Oliveiras (Cohajoli) - 2 Casos Paço Do Lumiar : Upaon Açu - 2 Casos São José De Ribamar : Vila Sao Luis - 2 Casos São José De Ribamar : Vila Sarnambi - 2 Casos São José De Ribamar : Vila Sarney Filho II - 2 Casos Paço Do Lumiar : Açaizal Grande - 1 Casos São José De Ribamar : Altos Do Itapiracó - 1 Casos Paço Do Lumiar : Bacurizal - 1 Casos Paço Do Lumiar : Beira Rio - 1 Casos Raposa : Cacarape - 1 Casos Paço Do Lumiar : Centro - 1 Casos São Luís : Conjunto São Marcos - 1 Casos São Luís : Coqueiro - 1 Casos São Luís : Desterro - 1 Casos Paço Do Lumiar : Itapera Maioba - 1 Casos São Luís : Itaqui - 1 Casos São José De Ribamar : Jaguarema - 1 Casos São José De Ribamar : Mirititiua - 1 Casos Paço Do Lumiar : Nova Vida - 1 Casos Paço Do Lumiar : Novo Paço - 1 Casos Paço Do Lumiar : Paranã III - 1 Casos Paço Do Lumiar : Paraty - 1 Casos São Luís : Parque Ângela / Residencial Vinhais III - 1 Casos São Luís : Planalto Anil IV Centauro - 1 Casos Paço Do Lumiar : Presidente Vargas - 1 Casos São José De Ribamar : Quinta - 1 Casos São José De Ribamar : Recanto Da Paz - 1 Casos Paço Do Lumiar : Recanto Dos Poetas - 1 Casos Raposa : Residencial Aracagy - 1 Casos Paço Do Lumiar : Residencial Manaira - 1 Casos Paço Do Lumiar : Residencial Silvana - 1 Casos São Luís : Santa Eulália / Vila Independente - 1 Casos São José De Ribamar : Santa Maria - 1 Casos Paço Do Lumiar : São Jorge - 1 Casos São José De Ribamar : São Jose Dos Indios - 1 Casos São José De Ribamar : São Paulo - 1 Casos São Luís : São Raimundo Do Gapara - 1 Casos São Luís : Sítio Leal - 1 Casos São Luís : Túnel Sacavém - 1 Casos Paço Do Lumiar : Vassoral - 1 Casos São Luís : Vila América - 1 Casos São Luís : Vila Cruzado - 1 Casos São Luís : Vila Dom Luís - 1 Casos Paço Do Lumiar : Vila Do Povo - 1 Casos São Luís : Vila Menino Jesus De Praga / Cohaserma / Planalto Do Calhau / Vinhais V - 1 Casos São José De Ribamar : Vila Sao Jose - 1 Casos Paço Do Lumiar : Vila Sarney - 1 Casos São Luís : Vivendas Do Turu - 1 Casos Paço Do Lumiar : Zumbi Dos Palmares - 1 Casos Em processo de coleta de informações - 4529 Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Initial plugin text
Veja Mais