Aluguel de Ferramentas

Aluguel de Ferramentas em São Paulo Aluguel de Máquinas em são paulo Andaimes para Obras em são paulo



Aluguel de Andaimes zona sul Locação de Betoneira São Paulo Equipamentos para Construção



Aluguel de Ferramentas em São Paulo Aluguel de Máquinas em são paulo Andaimes para Obras em são paulo



Aluguel de Andaimes zona sul Locação de Betoneira São Paulo Equipamentos para Construção



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


26/05 - Eleições europeias entram no último dia de votações; saiba o que está em jogo
Partidos nacionalistas devem ganhar mais força no Parlamento Europeu. Entenda como funciona a votação. Eleitor vota na Letônia nas eleições para o Parlamento Europeu Ints Kalnins/Reuters Eleitores de 21 dos 28 países da União Europeia redesenham neste domingo (26) a configuração do Parlamento Europeu. Os outros sete integrantes já votaram – entre eles, o Reino Unido, que está de saída do bloco. A divulgação dos resultados parciais está programada para ainda esta noite. Nas eleições europeias, cada país tem direito a eleger um número de parlamentares definido proporcionalmente pelos tamanhos das populações. Veja abaixo como funciona: Eleições europeias - infográfico Betta Jaworski/G1 Confira abaixo o que está em jogo nestas eleições Brexit em pauta 'Retome o controle de nossas leis monetárias e acordos de fronteira', diz cartaz fixado em janela de Altrinchan, no Reino Unido. Manifestantes pró-Brexit pedem saída da União Europeia sem acordo Phil Noble/Reuters São as primeiras eleições europeias desde o referendo sobre o Brexit em 2016. Porém, mesmo que os britânicos tenham decidido dar as costas à União Europeia, o Reino Unido foi obrigado a participar do pleito deste ano quando decidiu adiar a saída do bloco para, no máximo, outubro – antes, o prazo estava marcado para março. Manifestante protesta contra o Brexit em frente ao Parlamento britânico em Londres Gonzalo Fuentes/Reuters As pesquisas indicavam que o Partido da Independência (Ukip, na sigla em inglês) conquistaria a maior parte das cadeiras britânicas do Parlamento Europeu. Trata-se justamente da legenda que liderou a campanha a favor do Brexit, com discurso duro contra as atuais políticas migratórias e financeiras do bloco. Segundo o "The Guardian", o resultado, se confirmado, representará uma dura derrota ao tradicional Partido Conservador, às voltas com o processo de retirada da União Europeia. O cenário de indefinição derrubou a primeira-ministra Theresa May do cargo e irritou os eleitores favoráveis ao Brexit, que devem, então, migrar o voto para o Ukip. Entre 'eurocéticos' e ambientalistas Marine Le Pen, do partido nacionalista Reunião Nacional, pede votos contra a coalizão de Emmanuel Macron nas eleições europeias Philippe Huguen/AFP O movimento cético quanto ao papel atual da União Europeia deve levar grande número de assentos em países considerados chave para o bloco, como a França. Ainda que o movimento dos "coletes amarelos" tenha se enfraquecido, a coalizão de Emmanuel Macron deve eleger menos deputados do que o partido nacionalista Reunião Nacional. Os partidos chamados "eurocéticos" – na maioria das vezes conservadores – tendem a questionar a atuação do bloco em relação à imigração, legal ou ilegal. Tais grupos também pedem menor ingerência das instituições europeias nas questões nacionais. Alguns ainda defendem que seus países deixem a União Europeia, assim como fez o Reino Unido. Manifestantes pedem 'um planeta limpo' durante protesto ambientalista em Berlim, na Alemanha, na sexta-feira (24) Markus Schreiber/AP Photo Do lado dos pró-europeus, a pauta ambiental ganhou força nestas eleições. Na Irlanda, onde as urnas já fecharam, as projeções indicam mais cadeiras para o Partido Verde no Parlamento Europeu. Além disso, protestos na sexta-feira no continente cobraram das autoridades maior atenção às mudanças climáticas. Os partidos pró-União Europeia e os ambientalistas acreditam ser papel do bloco estabelecer normas para diminuir a emissão de poluentes. Quais são os grupos de partidos? Plenário do Parlamento Europeu Reuters/Vincent Kessler Trata-se de uma eleição internacional: além dos interesses em comum da União Europeia, os eleitores votam de acordo com as pautas de seus respectivos países. Por isso, partidos e políticos de linha programática semelhante se aliam em grupos dentro do Parlamento Europeu. Conheça os oito maiores: EPP – Partido Popular Europeu (Democratas-Cristãos) A aliança reúne os mais tradicionais partidos de orientação liberal-conservadora da Europa, como o CDU da chanceler da Alemanha, Angela Merkel. Pró-União Europeia, o grupo deve manter a liderança no número de cadeiras no Parlamento Europeu – mas deve sofrer derrotas e encolher em relação à legislatura anterior. S&D – Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu Segunda maior força do Parlamento Europeu, a coalizão integra os maiores partidos de orientação social-democrata dos países da Europa. Legendas como o PSOE, da Espanha, e o Partido Trabalhista, do Reino Unido, fazem parte do grupo. ALDE – Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa Integra os partidos e políticos liberais europeus favoráveis à União Europeia. O República Em Marcha, de Emmanuel Macron, é um deles, assim como o Ciudadanos, nova força eleitoral da Espanha. Deve se manter como a terceira força parlamentar. ECR – Conservadores e Reformistas Europeus É o maior e menos radical dos grupos considerados "eurocéticos". Abriga o Partido Conservador britânico, o mesmo de Theresa May, enquanto também integra siglas nacionalistas como o Lei e Justiça, da Polônia, e o Partido dos Finlandeses. ENF – Europa das Nações e da Liberdade O grupo alia dois dos maiores partidos nacionalistas e conservadores da Europa: o Reunião Nacional, da França, e o Liga, do ministro do Interior italiano, Matteo Salvini. Projeções indicam que a aliança chegará perto de dobrar o número de cadeiras e se tornar uma nova força do Parlamento Europeu. EFDD – Europa da Liberdade e da Democracia Direta É o mais cético em relação à União Europeia entre as alianças nacionalistas. O estatuto do grupo se posiciona contra o Euro como moeda única e advoga por formas de democracia direta paralelas ao bloco. O Ukip, conhecido como o partido do Brexit, está nesta aliança. Greens/EFA – Verdes/Aliança Livre Europeia Aliança entre os partidos e políticos ambientalistas e liberais da União Europeia. Tem chances de ganhar novas cadeiras com as recentes manifestações contra as mudanças climáticas. GUE/NGL – Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde Além dos partidos comunistas da França e de Portugal, a aliança tem o Syriza, sigla esquerdista majoritária na Grécia. Apesar de manter posições bastante céticas quanto ao sucesso da União Europeia, os partidários se colocam como oposição dos nacionalistas. Composição do Parlamento Europeu Infografia: Diana Yukari/G1 Qual o papel do Parlamento Europeu? O Parlamento é a única instituição da União Europeia eleita pelo voto e funciona em conjunto com outros órgãos do bloco. As leis, por exemplo, passam pelo Conselho Europeu e pela Comissão Europeia antes de chegarem aos parlamentares em Estrasburgo, na França. Além do poder de codecisão – ou seja, vetar ou propor emendas a uma lei – o Parlamento Europeu é responsável por determinar o orçamento e supervisionar as instituições europeias. Os parlamentares também determinam os chefes das outras entidades do bloco.
Veja Mais

26/05 - Trump diz que continua tendo "confiança" em Kim Jong-un
Presidente dos EUA, que está em visita oficial ao Japão, deu declaração apesar dos mais recentes lançamentos de mísseis por Pyongyang. Donald Trump dá aperto de mão no primeiro-ministro japonês Shinzo Abe durante visita oficial a Toqui, no Japão, neste domingo (26) REUTERS/Jonathan Ernst O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reiterou neste domingo (26) em Tóquio sua "confiança" no líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, apesar dos mais recentes lançamentos de mísseis de testes feitos pelo regime de Pyongyang. "A Coreia do Norte testou algumas armas pequenas, que inquietaram alguém de minha equipe e outros, mas não a mim", escreveu na sua conta do Twitter o presidente americano, que está em visita oficial ao Japão. "Tenho confiança de que o presidente Kim manterá a promessa que me fez", acrescentou Trump. A Coreia do Norte lançou nos dias 4 e 9 de maio vários mísseis balísticos de curto alcance, em testes que foram supervisionadas pelo ditador norte-coreano. Para alguns países, incluindo o Japão, estas operações violam as resoluções das Nações Unidas. Em seu tuíte, Trump também comentou sobre as recentes críticas norte-coreanas ao ex-vice-presidente americano, Joe Biden, que foi acusado por Pyongyang de ser um "tolo de baixo coeficiente intelectual". Kim Jong-un observa treinamento da força aérea da Coreia do Norte na terça-feira (16) KCNA via Reuters As críticas feitas pela imprensa norte-coreana surgiram depois que Biden acusou Trump de fazer dos Estados Unidos uma nação "que abraça ditadores como (Vladimir) Puntin e Kim Jong-un". Um artigo da agência oficial "KNCA" afirmou que Biden é um "imbecil desprovido de qualidades elementares como ser humano". Ao referir-se a essas críticas, Trump escreveu no seu Twitter que tinha sorrido "quando a Coreia do Norte disse que Joe Biden era um indivíduo com baixo coeficiente intelectual, e pior". "Talvez esteja me enviando um sinal?", acrescentou o presidente americano, se referindo ao ditador norte-coreano. Trump participou neste domingo de uma partida de golfe com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e em seguida assistirá à final de um torneio de sumô.
Veja Mais

26/05 - Escola Municipal em Petrolina recebe projeto de arte, cultura e incentivo à leitura
O evento será realizado entre a segunda (27) e quinta (30), na Escola Osório Leônidas de Siqueira. Uma programação dinâmica e interativa para a comunidade escolar e demais interessados. Oficina de mediação de leitura, projeto 'Ventos que transportam'. Divulgação Formação gratuita de arte, cultura e incentivo à leitura serão realizadas nesta segunda (27) e seguem até quinta-feira (30), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Com uma programação dinâmica e interativa com toda a comunidade escolar e demais interessados, a proposta agrega atividades lúdicas e interativas como ferramenta pedagógica de forma interdisciplinar. O evento começa a partir das 8h na Escola Municipal Osório Leônidas de Siqueira. O Instituto Brasil Solidário promove oficinas práticas envolvendo xilogravura, artes cênicas, música, 'patchworck', pintura e desenho, produção audiovisual, teatro de bonecos e capacitação em mediação de leitura, incluindo a construção de espaços literário, materiais para montagem da biblioteca e doação de acervo de mais de 100 livros para a expansão dos projetos de leitura. Além disso, na segunda-feira (27) será realizado o 'Seminário de Formação' no hotel Petrolina Palace, às 8h, com vagas abertas para toda a rede pública de ensino do município. Os educadores poderão se inscrever diretamente na Secretaria de Educação do município, ou através do e-mail: administrativo@brasilsolidario.org.br. A expectativa é reunir mais de 100 participantes para uma uma programação diversificada, com palestras sobre a importância da biblioteca escolar, incluindo técnicas de mediação de leitura e formação do leitor, além de uma apresentação abordando a “Educação sob a ótica dos Resíduos Sólidos”, que será ministrada pelo Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore. Confira programação abaixo: Programação Segunda (27/05) - Seminário de Formação Horário: 8h às 12h Local: Petrolina Palace Hotel (Av. Cardoso de Sá, 845 – Orla) Terça (28/05) a Quinta (30/05) - Oficinas práticas Horário: 8h às 17h Local: Escola Osório Leônidas de Siqueira (Quadra F – Vila Nova)
Veja Mais

26/05 - Homem em situação de rua é furado no pescoço durante discussão em Fortaleza
Vítima foi socorrida por policiais e levada para o IJF. Homem foi ferido com gargalo de garrafa durante discussão. Rafaela Duarte/Verdes Mares Uma discussão entre dois homens em situação de rua deixou um deles com uma lesão no pescoço na Avenida 13 de Maio, no Bairro de Fátima, em Fortaleza, na noite deste sábado (25). De acordo com a vítima, identificada apenas como Francisco, o suspeito usou um gargalo de garrafa para feri-lo. O suspeito da agressão fugiu do local. Francisco conseguiu correr e pediu ajuda a populares próximo a um estabelecimento comercial. A Polícia Militar foi acionada. Devido o estado de saúde, a vítima foi levada pelos policiais na viatura para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro.
Veja Mais

26/05 - Nicolás Maduro e Juan Guaidó aceitam convite para nova rodada de conversas na Noruega
Governo norueguês se propõe a intermediar negociações entre chavistas e opositores. Maduro e Guaidó Federico Parra/ AFP A Noruega voltou a convidar representantes do regime de Nicolás Maduro na Venezuela e a oposição liderada por Juan Guaidó para uma nova rodada de conversas em Oslo. Neste sábado (25), os líderes dos dois lados aceitaram o convite e confirmaram o envio de delegações ao país europeu para iniciar as novas negociações. Um documento assinado por Guaidó afirma que vai aceitar o convite norueguês para "explorar uma possível saída negociada da ditadura e desta grave crise". No texto, o autoproclamado presidente pede eleições livres: "A negociação é aquela que nos leve ao fim da usurpação, transição e eleições livres", escreveu Guaidó. Initial plugin text Maduro, por sua vez, publicou no Twitter uma mensagem em que agradece ao governo da Noruega "pelos esforços para avançar pelos diálogos de paz e estabilidade na Venezuela". "Viaja a Oslo nossa delegação bem disposta a trabalhar com a agenda acordada e avançar na construção de bons acordos", tuitou Maduro. Initial plugin text Mediação da Noruega Manifestação do 1º de Maio em Havana, capital de Cuba, reuniu apoiadores do regime de Nicolás Maduro na Venezuela Alexandre Meneghini/Reuters Em nota, a chanceler da Noruega, Ine Eriksen Soreide, agradeceu a disposição e o esforço das partes em conflito na Venezuela e confirmou o encontro. "Informamos que os representantes dos principais atores políticos da Venezuela decidiram retornar a Oslo na próxima semana para continuar o processo mediado pela Noruega". Ao contrário de outros países europeus, a Noruega, que não faz parte da União Europeia, não reconhece Guaidó como presidente interino do país. O governo norueguês, no entanto, quer que Maduro e a oposição convoquem novas eleições. Oposição voltou a se reunir na Venezuela neste sábado (11), mas em número menor do que nos protestos do último dia 30 de abril. Ueslei Marcelino/Reuters Há pouco mais de uma semana, a Noruega confirmou que está mediando negociações entre representantes dos dois lados que lutam pelo poder na Venezuela, para resolver o conflito político do país latino-americano. "Nossa delegação retornou da Noruega com boas notícias. As conversas para avançar nos acordos de paz começaram com o pé direito", disse Maduro, após o encontro. Guaidó, na data, disse que não há "nenhum tipo de negociação", mas admitiu que os representantes oposicionistas tentam alguma mediação para resolver a crise.
Veja Mais

26/05 - Motorista de aplicativo é morto a tiros enquanto jantava em bar em Fortaleza
Vítima tinha antecedentes criminais por homicídios. Suspeito pediu que vítima ficasse em pé, levanta-se os braços e, em seguida, atirou. Rafaela Duarte/Verdes Mares Um motorista de aplicativo foi morto a tiros enquanto jantava em um bar na Avenida Clóvis de Matos, no Bairro Vicente Pizón, em Fortaleza, na noite deste sábado (25). O crime aconteceu por volta das 19h30. De acordo com a polícia, Nilton Castilho de Oliveira, 55, foi abordado por um homem que chegou ao local em uma motocicleta. O suspeito pediu que o motorista ficasse em pé, coloca-se as mão para cima e, em seguida, atirou. A vítima foi atingida por diversos tiros, inclusive na região da cabeça. Cápsulas de pistola foram encontradas próximo ao corpo. O motorista tinha antecedentes criminais por homicídios. Segundo testemunhas, a vítima diariamente frequentava o estabelecimento onde o crime aconteceu.
Veja Mais

26/05 - MPF diz que novo decreto das armas é inconstitucional e favorece milícias
Procuradores também criticam o decreto por não obrigar que munição seja marcada com número de série, o que dificulta o controle e a apuração de crimes. Procuradoria dos Direitos do Cidadão diz que decreto das armas é inconstitucional A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão afirma que a nova versão do decreto sobre armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, continua inconstitucional. O governo publicou na quarta-feira (22) as novas regras de posse e porte de armas após críticas de especialistas e de governadores que pediram a revogação do decreto, que amplia o contingente de pessoas que poderiam ter armas pesadas. Pelo novo decreto, fuzis, carabinas e espingardas não poderão ser vendidos para cidadãos comuns, e o Exército vai decidir quais armas serão proibidas, de acordo com a potência delas. Policiais e integrantes das Forças Armadas continuarão a poder comprar fuzis e carabinas. Colecionadores registrados no Exército poderão comprar até cinco armas de cada modelo entre as que tiverem venda permitida para todos. Caçadores registrados poderão ter até 15 armas e atiradores, 30 armas. O decreto também expandiu a lista de profissões que permitem o porte para incluir advogados. Existem hoje mais de 1,1 milhão advogados registrados na OAB. Todos os que atenderem aos outros requisitos para comprar armas poderão carregá-las para defesa pessoal. Depois das novas regras, o governo pediu ao Supremo Tribunal Federal o arquivamento das ações contra o decreto das armas. A Advocacia Geral da União, em parecer assinado e encaminhado pelo presidente Jair Bolsonaro, afirma que “as diversas alterações promovidas no decreto impugnado corrigiram imprecisões técnicas e jurídicas, conferindo maior segurança jurídica ao regulamento”. Mas as mudanças não convenceram a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão. Uma nota técnica enviada ao Congresso e à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, considera as novas regras inconstitucionais. A procuradora Deborah Duprat e o procurador Marlon Alberto Weichert afirmam que o novo decreto não só manteve as inconstitucionalidades da primeira versão como, em diversos aspectos, agravou a violação ao Estatuto do Desarmamento. Segundo a procuradoria, apesar de vetar o porte de armamento pesado, o texto passa uma falsa impressão difundida inicialmente de que o novo decreto teria solucionado a questão relativa à facilitação da compra e posse de fuzis, “pois qualquer pessoa poderá adquirir e manter em sua residência ou local de trabalho armas de alto potencial destrutivo. Apenas não poderá portá-las, ou seja, levá-las consigo fora dos referidos espaços privados”. Os procuradores também criticam o decreto por não obrigar que as munições sejam marcadas com número de série, o que dificulta o controle e a apuração de crimes cometidos, e afirmam que tanto o texto anterior como o novo decreto criam as condições para a venda em larga escala e sem controle de munições e armas, o que certamente facilitará o acesso a elas por organizações criminosas e milícias e o aumento da violência no Brasil. A nota técnica destaca ainda que “as ilegalidades se acumulam em praticamente todos os espaços regulados pelo decreto - posse, compra, registro, porte, tiro esportivo, munições”. No Congresso, parlamentares de oposição apresentaram projetos de decreto legislativo para derrubar as novas regras do governo. No Senado, a consultoria legislativa considerou inconstitucional. Afirma que não apresentou uma modificação substancial em relação ao decreto anterior e que extrapola a regulamentação do Estatuto do Desarmamento. Ivan Marques, do Instituto Sou da Paz, afirma que o novo decreto não corrigiu as falhas do texto anterior e alerta para os riscos de as armas legais caírem na mão de criminosos. “Com a questão de o decreto aumentar a possibilidade de munições serem vendidas para as pessoas comuns, e ainda mais, uma quantidade ilimitada de munições sendo vendidas para policiais e outras forças de segurança, a capacidade de abastecimento de milícias, a capacidade de abastecimento do crime organizado, facções criminosas, de munições e armas compradas legalmente aumenta na mesma proporção. O Brasil precisa de mais controle de arma, o Brasil precisa conseguir controlar uma munição que hoje é menos rastreável que um litro de leite que se compra no mercado”. Em nota o Palácio do Planalto declarou que entende que o decreto não é inconstitucional e não exorbita o poder regulamentar.
Veja Mais

26/05 - Número de apreensões de carros clonados cresce 233% no Chuí
Polícia Civil diz que veículos são usados para transportar drogas e armas. Prefeitura vai instalar câmeras na cidade, e Brigada Militar reconhece falta de efetivo, mas diz que une esforços contra crimes na fronteira. Aumenta o tráfico de drogas, armas e veículos na fronteira entre Brasil e Uruguai As apreensões de carros com placas clonadas no Chuí, no Extremo Sul do Rio Grande do Sul, tiveram um aumento de 233% de 2017 até maio de 2019, segundo dados do Departamento de Trânsito da cidade que faz fronteira com Uruguai. A Polícia Civil afirma que os veículos são usados para transportar drogas e armas. "Além desses carros servirem de moeda de troca, por drogas e por armas no Uruguai, esses veículos acabam sendo utilizados no transporte dessas mercadorias, no intuito de ludibriar uma fiscalização da polícia, dos órgãos de controle, com relação aos reais proprietários dos veículos", afirma o delegado Ronaldo Coelho. Números de carros com placas clonadas apreendidos de 2017 até maio deste ano Reprodução/RBS TV Um dos veículos apreendidos foi usado por dois homens que, segundo a polícia, foram até o Chuí para buscar um fuzil – que também acabou recolhido. O automóvel usado pela dupla tinha placas de Pelotas, que na verdade pertenciam a outro carro, roubado em março no bairro Sarandi, em Porto Alegre. Criminosos buscam maconha e cocaína no Paraguai, e depois cruzam o Rio Grande do Sul em direção ao Uruguai. Mas nem sempre as entregas chegam ao destino. A Polícia Federal apreendeu em 2017 500 kg de drogas transportadas dessa forma. Em 2018, os flagrantes passaram de 1,5 tonelada. As ações da PF não inibem as quadrilhas. Em janeiro, agentes apreenderam uma caminhonete com 240 kg de maconha. O motorista foi preso em flagrante. O prefeito do Chuí, Marco Antônio Barbosa, afirma que nas próximas semanas serão instaladas na cidade 11 câmeras, cada uma a um custo de R$ 200 mil, para ajudar a monitorar os veículos que circulam pela cidade. "A Brigada alega que não tem efetivo, então nós estamos fazendo um trabalho pra ajudar o estado com a instalação de câmeras de videomonitoramento com os nossos recursos, com recursos próprios do município. Só queremos uma ajuda do estado, porque, sinceramente, não dá mais pra suportar essa situação", afirma o prefeito. O comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Leonardo Nunes, reconhece a falta de efetivo em todo o estado, mas afirma que a Brigada Militar tem unido esforços para combater os crimes na fronteira. "As armas, principalmente, pelo que se deduz, são levadas para outras regiões do estado, e a droga que está saindo do país em direção ao Uruguai também é uma preocupação porque provavelmente quadrilhas possam se instalar nessas regiões aqui, ou lá da fronteira, ou até mesmo em Rio Grande", afirma o oficial. "Isso, com certeza, nos preocupa, assim como preocupa as outras polícias, que também têm feito um trabalho de repressão nesse sentido", acrescenta.
Veja Mais

26/05 - Advogado é preso com carro de luxo roubado e documentos falsos, em Aparecida de Goiânia
Segundo a polícia, Thiago Húascar, que atuou na defesa de vigilante serial killer de Goiânia, estava em caminhonete clonada do Ceará e ainda apresentou procuração falsa em nome do dono do verdadeiro veículo. Advogado pagou fiança e foi liberado. Advogado Thiago Húascar foi preso quando estava em carro roubado e que tinha placa e documentos clonados Reprodução/TV Anhanguera O advogado goiano, Thiago Húascar Santana, 38 anos, que ficou conhecido nacionalmente por atuar na defesa do vigilante serial killer de Goiânia, foi preso na noite de sexta-feira (25), em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana. De acordo com a polícia, o advogado estava em um carro de luxo roubado e com placa clonada no Ceará e tinha ainda uma falsa procuração em seu nome com dados do dono do verdadeiro veículo. O G1 tentou contato com os telefones que tem do advogado, mas alguns números não eram mais dele e outros estavam fora de área. No 1º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, para onde foi levado após a prisão, a informação dada por plantonistas é que ele passou por audiência de custódia, pagou fiança e foi solto. Segundo o capitão do Comando de Operações de Divisas, Renyson Castanheira, o advogado Thiago foi abordado por volta das 22h, conduzindo a caminhonete com registro de roubo do estado do Ceará. “A equipe visualizou o veículo em atitude suspeita e resolveu abordar. Feitas a busca e a identificação, os policiais viram que o veículo tinha sinais de adulteração”. Ainda de acordo com Renyson Castanheira, o suspeito apresentou para os policiais, uma procuração e um Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) falsos. A placa era de um carro idêntico em situação regular, que tinha sido clonado. “Com a numeração da placa, a nossa equipe fez contato com o proprietário legal do veículo e ele contou que o carro dele estava na garagem lá no Ceará e que a procuração era falsa. Disse que também estava recebendo multas indevidas do estado de Goiás”, relatou o capitão. Veículo apreendido com advogado era roubado, mas tinha placa e documentos clonados de veículo em situação regular Polícia Militar/Divulgação Os policias aprofundaram na consulta e viram que veículo onde estava o advogado havia sido roubado em Fortaleza. “Alguém roubou o veículo idêntico e copiou a placa e o documento do verdadeiro carro. O formulário do CRLV havia sido extraviado do Detran do Ceará”, afirmou Renyson. O capitão informou também que suspeito foi apresentado na delegacia sob as suspeitas de receptação de carro roubado e uso de documentos falsos, além de adulteração veicular. “O que ficou mais difícil para a defesa dele é que ele apresentou uma procuração falsa no nome dele, por isso ficou sem argumento”, contou o representante do COD. Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Veja Mais

26/05 - Filme brasileiro ‘Bacurau’ ganha o Prêmio do Júri do Festival de Cannes
Longa dirigido por Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles foi rodado no sertão. Filme brasileiro ‘Bacurau’ ganha o Prêmio do Júri do Festival de Cannes O filme brasileiro “Bacurau” ganhou neste sábado (25) o Prêmio do Júri do Festival de Cannes, um dos mais importantes da competição oficial. Do sertão do Seridó para o festival de cinema mais importante do mundo. “Bacurau”, apresentado como um filme ao mesmo tempo de aventura e ficção científica, ganhou um dos prêmios do júri na noite mais importante do Festival de Cannes. Os diretores Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles subiram ao palco, representando o filme, e o Brasil. “O cinema brasileiro tem tido uma construção muito importante nos últimos 15 anos e é de extrema importância que o cinema, como instrumento da cultura brasileira, não deixe de ser incentivado e apoiado no Brasil de 2019”, disse Kléber”. “O trabalho que a gente faz é muito sério, muito importante como qualquer outro, e é um trabalho muito difícil e duro e não é fácil chegar onde a gente consegui chegar. Isso precisa ser respeitado e celebrado”, afirmou Juliano. Enquanto os diretores recebiam o prêmio, a assistente social Simone de Albuquerque esperava do lado de fora do palácio do festival. Ela acompanhou as gravações de “Bacurau” e saiu do Seridó sozinha porque queria ver sua terra na tela de Cannes. “Ele foi filmado uma parte na fazenda do meu avô onde eu passe minha pequena infância e a minha casa serviu de camarim para o filme. De qualquer jeito é o Nordeste aparecendo para o mundo”, contou ela. Num acontecimento inédito, o Brasil teve dois filmes aclamados em Cannes. O outro premiado foi “A Vida Invisível de Eurídice Gusmão”, de Karim Ainouz. Foi a primeira vez que um filme brasileiro venceu o maior prêmio da mostra paralela do festival “Um Certo Olhar”. Para se ter uma ideia do que significam esses dois prêmios, basta lembrar que a última vez foi em 1962, com “O Pagador de Promessas”. “O Pagador de Promessas” ganhou a Palma de Ouro, o prêmio máximo de Cannes, que, desta vez, foi para “Parasita”, um filme que une sátira e suspense na Coréia do Sul. Quase seis décadas depois do grande sucesso de Anselmo Duarte, o cinema brasileiro volta a brilhar em Cannes. Somos nós e a nossa cultura chamando a atenção do mundo.
Veja Mais

26/05 - Justiça proíbe pais de arrecadarem doações em contas particulares para campanha AME Jonatas
Depósitos para custear tratamento do menino devem ir para conta judicial. Criança de 2 anos sofre de uma doença degenerativa. Família do bebê Jonatas, em SC, fez campanha para arrecadar dinheiro. Reprodução/NSC TV A 1ª Vara de Araquari, no Norte de Santa Catarina, proibiu os pais do menino Jonatas, que sofre de Atrofia Muscular Espinhal (AME), de receberem doações para custear o tratamento da criança em contas particulares próprias. Toda a arrecadação da campanha AME Jonatas deve ir para a conta judicial relacionada. O G1 não conseguiu contato com a defesa dos pais. Renato Openkoski e Aline Souza, de 21 e 22 anos, respectivamente, respondem a dois processos relacionados à campanha, um na esfera cível e outra na criminal. A primeira é relativa a medidas de proteção. Na ação penal, eles são acusados de se apropriarem de parte do dinheiro da campanha. Jonatas tem 2 anos e a família mora em Joinville, no Norte catarinense. Decisão A decisão da Vara de Araquari é de sexta-feira (24). A ação cível é de autoria do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), que afirmou ter chegado ao conhecimento do órgão que os pais voltaram a pedir doações nas redes sociais. A juíza Cristina Bogo também determinou que os pais apresentem o extrato da conta bancária de Openkoski dos últimos seis meses e que transfiram o dinheiro de doações para a conta judicial relativa ao tratamento de Jonatas. Por fim, a juíza também decidiu pelo envio de ofício aos responsáveis por um site de arrecadação de doações para que transfiram o dinheiro da campanha para Jonatas à conta judicial em cinco dias. Entenda o caso Jonatas foi diagnosticado com AME em março de 2017. O tratamento indicado para ele são doses de uma vacina importada dos Estados Unidos, no valor total de R$ 3 milhões. Sem condições de arcar com essa quantia, os pais fizeram a campanha. Em maio de 2017, eles anunciaram nas redes sociais que conseguiram os R$ 3 milhões, mas continuaram a arrecadação para poder cobrir gastos com os equipamentos para manter o menino em casa. As contas bancárias da campanha foram bloqueadas em janeiro de 2018 após denúncias de mau uso do dinheiro. Por causa disso, a Justiça é quem administra e libera os valores para o tratamento da criança. Porém, os pais não divulgaram com transparência a forma como era usado o dinheiro da campanha. O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) diz que eles se apropriaram de R$ 201.150 mil da campanha. Conforme o MPSC, com parte desses recursos, os pais compraram celulares, peças de carro, um faqueiro, um skate, roupas, sapatos, joias, pagaram academia para eles e parentes, um carro no valor de R$ 140 mil, contas em restaurante e casa noturna, aparelho de som e uma viagem a Fernando de Noronha no valor de R$ 7.883,12. Veja mais notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

26/05 - Mega-Sena, concurso 2.154: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 48 milhões
Veja as dezenas sorteadas: 07 - 25 - 41 - 47 - 50 - 53. Quina teve 36 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 49.285,49 Mega-Sena Marcelo Brandt/G1 Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.154 realizado na noite deste sábado (25) em São Paulo. O prêmio acumulou e pode pagar R$ 48 milhões no próximo sorteio, marcado para a próxima quarta-feira (29). Veja as dezenas: 07 - 25 - 41 - 47 - 50 - 53 A quina teve 36 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 49.285,49. Outras 2.951 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 858,92. Para apostar na Mega-Sena As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50. Probabilidades A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.
Veja Mais

26/05 - União Europeia realiza uma das maiores eleições do mundo
Votação para o Parlamento Europeu reúne 400 milhões de eleitores. Pela primeira vez, partidos anti-EU devem ganhar cadeiras suficientes para enfraquecer o bloco. União Europeia realiza uma das maiores eleições do mundo A União Europeia realiza, neste fim de semana, uma das maiores eleições do mundo: 400 milhões de eleitores vão poder escolher seus representantes para decidir o futuro do continente. Se houvesse uma Torre de Babel, ela ficaria na União Europeia. São 24 línguas oficiais; um emaranhado. A escultura no Parlamento é sobre conexão. Quando se toca num ponto, tudo começa a tremer. A maioria das leis que regulam a vida de meio bilhão de pessoas se decide naquele local. Mas quem disse que os eleitores se importam? Na média, só metade aparece para votar e poucos se lembram dos seus representantes. O Reino Unido não conseguiu um acordo de saída da União Europeia e participa das eleições. O Parlamento é a única instituição da União Europeia eleita democraticamente, mas não pode criar uma nova lei. Quando uma nova legislação chegou ao Parlamento, ela já passou pelo Conselho Europeu e também pela Comissão Europeia. Mas os parlamentares têm o poder de codecisão - significa que eles podem vetar uma lei ou propor emendas a um projeto. O Museu do Parlamento mostra a interferência desses 28 países no meio ambiente, no direito dos trabalhadores, na economia, no combate ao terrorismo. Uma campanha pelo voto aponta para o mundo que está para nascer. As cenas reais ilustram mudanças que se aproximam. Cada um que nasce é uma razão para moldar o mundo. Pela primeira vez, partidos anti-União Europeia devem ganhar cadeiras suficientes para enfraquecer o bloco por dentro. O novo Parlamento pode abortar o projeto europeu, ou, quem sabe, dar uma luz à União Europeia.
Veja Mais

26/05 - Justiça dos EUA bloqueia US$ 6 bilhões que Trump usaria em muro
Bloqueio é temporário e atende a ações movidas por 20 estados americanos. Trump declarou emergência nacional para obter verba para construção. Juiz Federal dos EUA bloqueia parte de dinheiro que Trump quer usar para erguer muro Um juiz federal dos Estados Unidos determinou o bloqueio temporário de mais de US$ 6 bilhões que o presidente americano Donald Trump pretendia usar na construção de um muro na fronteira com o México. É a maior queda de braço de Donald Trump dentro do próprio país. O presidente quer erguer mais 82 quilômetros de muro na fronteira com o México e vem tentando manobras para conseguir o dinheiro, depois de perder uma briga com a oposição, no Congresso. Trump queria autorização dos parlamentares para destinar recursos para o muro, o que atrasou a votação do orçamento. O governo ficou 35 dias em paralisação parcial. Vários serviços e os salários de servidores federais chegaram a ser suspensos. O Congresso destinou apenas cerca de US$ 1,4 bilhão para a obra. Para completar os US$ 8 bilhões que queria, Trump declarou emergência nacional em fevereiro. Com isso, poderia transferir para a construção do muro recursos destinados a outros setores. Um juiz federal da Califórnia suspendeu temporariamente o remanejamento de parte do dinheiro: US$ 1 bilhão do Departamento de Defesa. Ele atendeu às ações movidas por 20 estados americanos, além de uma organização ambiental e um grupo de comunidades da área de fronteira. Várias outras ações ainda correm na Justiça contra a declaração de emergência. Os adversários do presidente dizem que a medida foi ilegal porque ignorou a decisão do Congresso. O governo afirma que Trump quer proteger a segurança nacional, alegando que, sem o muro, é impossível vencer a imigração ilegal e o tráfico de drogas pela fronteira. A construção do muro é uma promessa de campanha que Donald Trump tem dificuldade para cumprir. Ele chegou a dizer que o México pagaria pela obra. Esta decisão da Justiça é mais uma barreira no caminho do presidente que mantém o muro como uma bandeira, já pensando na campanha por um segundo mandato. A eleição presidencial americana vai ser em 2020.
Veja Mais

26/05 - Morre no Rio aos 84 anos a atriz Lady Francisco
Ela estava internada desde abril quando fraturou o fêmur numa queda em casa. Morre no Rio aos 84 anos a atriz Lady Francisco A atriz Lady Francisco morreu na tarde deste sábado (25), no Rio, de falência de múltiplos órgãos. Ela tinha 84 anos e estava internada desde de abril, quando fraturou o fêmur numa queda em casa. A explosão de exuberância escondia lá no fundo uma mulher encabulada. “Ai, que vergonha, por que que a gente é tímida, não sei por quê”. Uma menina linda, que nasceu com nome de princesa - Leyde Chuquer Volla Borelli Francisco de Bourbon. A carreira de atriz começou em Belo Horizonte, escondida da família. Ela fez muito sucesso no teatro e na TV em Minas Gerais, mas acabou tentando a sorte no Rio de Janeiro, no começo dos anos 70, quando os negócios do pai foram à falência e a família, que era rica, ficou pobre. Assim que chegou, fez um pedido ao Cristo Redentor. “Parei assim e falei: ‘Olha, vim aqui para vencer, por favor, me dê um lugar ao sol. Bati um papinho com ele porque eu sou assim com o homem”. E ela conquistou este lugar no cinema e na TV, quase sempre esbanjando sensualidade. Em 25 novelas, viúvas fogosas, donas de pensão. A fé e o amor pelos animais foram companhias de toda a vida. Em 2018, a última participação na TV, em Malhação - Vidas Brasileiras. Mais uma vez, ela dominou a cena com a segurança de quem faz o que gosta. “Se fosse para me perguntar: ‘o que você queria ser’? Eu quero ser atriz porque eu amo representar. Eu amo o calor do público. Eu vivo disso”. O velório de Lady Francisco será aberto ao público, no domingo (26), das 10h às 16h, no Teatro Leblon, na Zona Sul do Rio. O corpo da atriz será cremado em cerimônia reservada, na segunda-feira (27).
Veja Mais

26/05 - Grávidas aguardam leitos para parto em corredor do Hospital Universitário de Cascavel
Na manhã deste sábado (25), 17 mulheres estavam no corredor do HU esperando por um leito. Centro obstétrico do HU registra superlotação Mulheres grávidas que procuraram atendimento no Hospital Universitário (HU) de Cascavel, no oeste do Paraná, neste sábado (25) tiveram que aguardar o parto em um corredor do hospital. De acordo com o HU, 17 gestantes estavam no corredor do hospital aguardando por um leito na manhã deste sábado. A administração do hospital informou que possui 14 leitos para a realização de partos e outros 30 que recebem as mães após os nascimentos. O pai de uma criança que nasceu no hospital durante a manhã, Cleverson Dias Barbosa, contou à RPC que o filho veio ao mundo no corredor. "Para um pai a cena ali é um pouco complicada, porque você quer ganhar seu filho num lugar mais privado, com mais segurança até", disse. O diretor clínico do HU de Cascavel, Sergio Bader, disse que o hospital realiza em média 350 partos por mês. Bader admitiu que a maternidade está superlotada. "A superlotação existe e vai existir até que seja concluída a nova ala materna-infantil. Nós aguardamos recursos do Estado para que essa obra seja concluída", explicou o diretor clínico. Nova ala A obra da nova maternidade do Hospital Universitário de Cascavel começou em janeiro de 2016 e deveria ser inaugurada neste ano. A construção foi orçada em R$ 14 milhões e está 65% concluída, conforme a administração do hospital. O G1 tenta contato com o Governo do Paraná para saber quando a obra será retomada. Obras da nova maternidade aguardam recursos do Governo do Paraná para serem retomadas, segundo HU Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Veja Mais

26/05 - Cresce a tensão em Barão de Cocais (MG) com movimentação de parede de mina
Segundo agência, aumentou o deslocamento do talude, que pode ceder a qualquer momento e atingir a barragem da região. Cresce a tensão em Barão de Cocais (MG) com movimentação de parede de mina A Agência Nacional de Mineração alertou que vem aumentando a movimentação no paredão que está para ceder numa mina da Vale. Esse desabamento pode afetar também uma barragem na região de Barão de Cocais, em Minas Gerais. Na noite deste sábado (25), o último boletim mostrou que, em alguns pontos do paredão, a velocidade de deslocamento chegou a 19 centímetros por dia e isso seria uma indicação clara de que a estrutura vai realmente ruir. Havia uma previsão da Vale de que esse paredão não passaria deste sábado. Autoridades estão acompanhando a situação da mina de uma sala de comando em tempo real e são dois os cenários previstos. O de menor risco seria se os blocos de pedra se acomodassem dentro da cava da mina, que está desativada e hoje funciona apenas como um reservatório de água. O cenário mais perigoso é se o deslocamento de rochas desestabilizar a barragem vizinha, que está cheia de rejeitos de minério, e ela poderia se romper. Moradores de áreas de risco já fizeram duas simulações de fuga. Eles teriam cerca de uma hora para deixar as casas antes de a lama de rejeitos chegar. A economia da cidade está praticamente parada. Na sexta-feira (24), agências bancárias não funcionaram. Não há mais dinheiro nos caixas eletrônicos e por isso a prefeitura e a Defesa Civil fizeram um apelo para que esses serviços sejam retomados na segunda-feira (27). Se a barragem se romper, dez mil pessoas podem ser atingidas. A Defesa Civil vem fazendo treinamentos para o caso de uma emergência. O talude, que é uma parede de terra em torno da mina, é a estrutura que está se movimentando rapidamente e pode desabar a qualquer momento. O medo maior é que a queda crie um abalo tão intenso que faça ruir a barragem Sul Superior, a um quilômetro e meio do paredão. Caso haja mesmo o rompimento da barragem, a previsão é que o primeiro lugar atingido pela lama seria o distrito de Socorro, em apenas seis minutos. Os moradores já saíram de lá. Depois, chegaria a três cidades: Barão de Cocais, em pouco mais de uma hora, Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo.
Veja Mais

26/05 - VÍDEOS: JAM2 de sábado, 25 de maio de 2019
Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do Amazonas.
Veja Mais

26/05 - AP atinge meta de imunizações contra a gripe com 91,94% de cobertura vacinal
Estado é o segundo a conseguir o resultado. O primeiro foi o Amazonas, onde a campanha iniciou mais cedo. Mais de 180 mil pessoas receberam as doses da vacina trivalente. Vacina contra gripe ficará disponível até dia 31 de maio em qualquer unidade de saúde, nos 16 municípios do Amapá Divulgação/Prefeitura de Bertioga O Amapá alcançou 91,94% de cobertura vacinal dos grupos prioritários e bateu a meta de imunização contra a gripe, na sexta-feira (24). A informação é da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS). O estado é o segundo a conseguir o resultado. O primeiro foi o Amazonas, onde a campanha de vacinação iniciou mais cedo. O resultado indica que 186.928 pessoas receberam as doses da vacina trivalente nos 16 municípios.

 Segundo a SVS, o Ministério da Saúde aponta que, no restante do país, a cobertura está em 70,9%. Mesmo com a meta de grupos prioritários batida, em termos totais, a superintendência informou que quatro municípios ainda não alcançaram a meta de cobertura, são eles: Oiapoque, Santana, Cutias e Mazagão. Entre os grupos prioritários, os maiores percentuais de imunização seguem a seguinte ordem: Idosos - 102,71% Puérperas – 101,4% Gestantes - 98% Professores - 96,88% Por causa dos municípios que ainda não atingiram a meta e também para dar mais tempo a quem ainda não buscou a imunização, o estado continua com a campanha até o dia 31 de maio. Interessados podem procurar qualquer unidade de saúde. Os grupos prioritários são crianças com 6 meses de idade a menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa; jovens sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional; pessoas privadas de liberdade e profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

 Vacina trivalente Protege contra os tipos mais graves do vírus H1N1; H3N2 e influenza B, e os subtipos mais comuns no Hemisfério Sul. Além disso, a vacina ajuda a evitar infecções virais e bacterianas decorrentes da gripe.

 

Em 2019, o estado garantiu a distribuição de 213,7 mil doses da vacina trivalente aos 16 municípios. A SVS também promoveu capacitações às equipes de imunização para atualização dos procedimentos e notificações.

 Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá.
Veja Mais

26/05 - Traficante é preso em ponto de drogas de Iguape, SP
Segundo a Polícia Militar, o suspeito carregava as drogas em um bolso falso. Foram apreendidas, duas pedras de crack, nove eppendorfs de cocaína e quatro porções de maconha, além de R$ 86 e um celular em Iguape, SP Divulgação/Polícia Militar Um homem foi preso em Iguape, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, suspeito de envolvimento com tráfico de drogas, informou a Polícia Militar neste sábado (25). De acordo com a corporação, foram apreendidas duas pedras de crack, nove eppendorfs de cocaína e quatro porções de maconha, além de R$ 86 e um celular. Segundo a Polícia Militar, durante patrulhamento no bairro Nova Iguape pela madrugada, os policiais perceberam a atitude suspeita de dois rapazes em uma região conhecida pelo tráfico de drogas. Os policiais decidiram abordá-los e um deles tinha apenas R$ 16 no bolso, já o outro, além de ter R$ 96, também estava com duas porções de maconha. Ao revistarem o suspeito, encontraram, em um bolso falso, nove eppendorfs de cocaína, duas pedras de crack, mais duas porções de maconha e um celular. Diante disso, o caso foi registrado na Delegacia de Iguape, onde o suspeito foi autuado por tráfico de drogas e ficou à disposição da Justiça.
Veja Mais

26/05 - Dinheiro com cheiro de maconha leva polícia a descobrir esquema de lavagem
Policiais fizeram operação em três estados e prenderam seis suspeitos de serem laranjas em empresas fantasmas que recebiam dinheiro do tráfico. Polícia faz operação em três Estados contra lavagem de dinheiro do tráfico de drogas A Polícia Civil fez neste sábado uma operação em três estados contra empresas suspeitas de lavagem de dinheiro do tráfico. Cédulas com cheiro de maconha depositadas num banco chamaram a atenção dos investigadores.  Rio de Janeiro, Paraná, São Paulo. Os policiais bateram na porta dos investigados ao mesmo tempo e prenderam seis suspeitos de serem laranjas em empresas fantasmas que recebiam dinheiro do tráfico, entre eles, Patrícia Regina Grech e o marido, Cléber Bergamasco, de Ribeirão Preto. Eles se apresentam como empresários de shows. Mas a investigação mostrou que pelo menos 38 depósitos na conta da empresa deles, a Hexxa, vieram de traficantes do Rio. Em cinco meses, foram R$ 2,2 milhões. A investigação começou há quatro meses, exatamente por causa de um depósito, e não foi difícil perceber que era dinheiro de droga. Os criminosos depositaram R$ 99 mil em espécie, na boca do caixa, numa agência no Rio de Janeiro. Mas funcionários desconfiaram do cheiro forte de maconha nas cédulas e chamaram a polícia. O dinheiro foi para a conta da Haas Transporte de Encomendas, em Curitiba. Os sócios, o casal Silmara Barbosa e Jefferson Lima, também foram presos neste sábado (25). A investigação encontrou depósitos suspeitos no valor de R$ 338 mil na empresa. “Ela começou com depósito atípico no valor de R$ 99.600 em uma conta corrente da empresa Haas em notas em espécie, em notas de R$ 5, R$ 10, R$ 20 malcheirosas. Diante disso, começamos a investigar para saber a origem desse dinheiro”, disse a delegada Cristina Bento. A polícia usou relatório de informações financeiras do Coaf para cruzar as informações. Identificou cinco empresas que fariam parte do esquema e descobriu que só traficantes do Rio fizeram depósitos de R$ 3 milhões usando esse esquema. A investigação vai continuar. “O Brasil inteiro deposita nessas contas. A investigação está concluindo que essas empresas são de fachada somente para lavagem de dinheiro”, afirmou a delegada. O que dizem os citados O advogado da empresa Haas Transporte de Documentos de Encomendas disse que os clientes são proprietários de empresas lícitas e que a origem do dinheiro será esclarecida no decorrer das investigações. O JN não conseguiu contato com a defesa da empresa Hexxa Shows e de seus proprietários.
Veja Mais

26/05 - Vídeo que apresenta estado a investidores de Nova York exclui cultural regional
Foco de reportagem de TV americana sobre cultura brasileira, tradições gaúchas não aparecem em vídeo apresentado pelo governador Eduardo Leite, em Nova York. Exceção é imagem sobre chimarrão. Apresentado pelo governador Eduardo Leite a investidores, em Nova York, um vídeo muito bem produzido sobre o Rio Grande do Sul só tem uma única imagem, rápida, sobre o chimarrão, para simbolizar a cultura regional gaúcha. Quando fala em "intensa vida cultural", o que se vê são cenas de uma guitarra, um show que parece ser de pop ou rock... Em agosto de 2016, os Estados Unidos assistiram a uma formidável reportagem, produzida pela rede NBC, para mostrar a diversidade cultural brasileira. E qual foi o exemplo escolhido para retratar essa riqueza? O Rio Grande do Sul, com imagens de cavalos, homens de bombacha, prendas de vestido, seguidos de ricos depoimentos gravados na Estância Liberdade, em Rolante, e no CTG Aldeia dos Anjos, em Gravataí. É a nossa identidade! Não é o caso de pregar que tudo tem que girar em torno da cultura gaúcha. Porém, é inegável sua capacidade de gerar emprego e renda. Os rodeios são um bom exemplo disso, com mais de 6 mil festas do gênero registradas pela secretaria da Agricultura, em dois anos. 6 mil!! E o que dizer do Enart? Suas espetaculares coreografias lembram, em muito, as famosas peças da Broadway...Em Nova York! O governador Leite falou, com todas as palavras, que priorizaria nossa cultura em sua gestão. Está na hora de cumprir a promessa. Que tal começar pelo Acampamento Farroupilha? Sugestão aos assessores de imprensa do governo: sugerir às revistas de bordo das companhias aéreas uma guia de como aproveitar a festa. Que tal criar um tour pelos bailes de CTG, em combinação com a rede hoteleira? Dica? Na Sociedade Gaúcha de Lomba Grande, em Novo Hamburgo, tem jantar-baile todas às terças-feiras, há mais de 30 anos. Enquanto esta não for uma política de estado, resta celebrarmos iniciativas isoladas e que tem dado certo. Guaíba é a principal referência e lidera um movimento na região da Costa Doce. Uma das ideias é realizar um receptivo no aeroporto, com danças tradicionais e muita música típica. Tenho lido por aí a hashtag #teabraçariogrande. Mas enquanto esse abraço não começar a quebrar costelas, seguiremos patinando.
Veja Mais

25/05 - Governo quer usar fundo da Amazônia para indenizar desapropriações
Fundo recebe doações da Noruega e da Alemanha para combater desmatamento na floresta e já tem R$ 3,4 bilhões administrados pelo BNDES. Governo quer usar fundo da Amazônia para indenizar desapropriações O Governo Federal quer usar um fundo de preservação da Amazônia, criado com doações da Noruega e da Alemanha, para indenizar desapropriações de terra em áreas protegidas. O Fundo Amazônia foi criado em 2008 para receber doações destinadas a ações de conservação e combate ao desmatamento na floresta. É formado por dinheiro doado pela Noruega, principal financiador, e pela Alemanha. O fundo tem R$ 3,4 bilhões e é administrado pelo BNDES. De acordo com o jornal “O Estado de S.Paulo”, o governo quer usar o dinheiro do Fundo Amazônia para indenizar desapropriações. Segundo a reportagem, o governo trabalha na edição de um novo decreto para alterar as normas do fundo e permitir que seus recursos possam ser usados, por exemplo, para pagar indenizações a donos de propriedades privadas que vivam em áreas de unidades de conservação. Em entrevista à TV Globo, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, confirmou essa intenção. Ele disse que quer escolher algumas regiões onde o índice de desmatamento é alto, como o Sul do Pará, e fazer projetos pilotos com uma série de ações de monitoramento e fiscalização. Nesses casos, segundo o ministro, o dinheiro do fundo seria usado para regularizar a posse da terra. “Nos casos onde houver necessidade de regularização fundiária para diminuir o conflito entre a unidade de conservação e aqueles que estão lá dentro, nós vamos desenvolver então os mecanismos para resolver esse problema de regularização fundiária. Então, não é para usar todo o recurso do Fundo Amazônia para isso, mas apenas dar suporte a essas áreas de projeto piloto que nós queremos fazer”, afirma Ricardo Salles. As regras do fundo, no entanto, não permitem o uso do dinheiro para o pagamento de indenizações por desapropriação. As decisões são monitoradas pelos doadores, que exigem compromissos como reduzir o desmatamento. Organizações ligadas à conservação da natureza demonstraram preocupação com a proposta do ministro. O diretor de Políticas Públicas do WWF, Raul Valle, diz que já existe um fundo de compensação por obras públicas com R$ 1 bilhão para ser usado prioritariamente em regularização fundiária, e que a mudança proposta pelo ministro pode levar a um aumento do desmatamento. “Não tem uma estratégia de combate ao desmatamento publicada por este governo, então a gente não sabe como vai ser eficaz essa proposta. Tem que ser muito bem feito isso porque existe muita invasão de terra pública em unidade de conservação na Amazônia e, se mal-usado esse recurso, pode justamente beneficiar quem está invadindo terra pública e gerar uma corrida ao desmatamento”. O ministro Ricardo Salles também quer aumentar o número de representantes do governo no fundo, com o argumento de que isso levaria a uma gestão mais eficiente, o que também é alvo de críticas das organizações que participam do conselho. Salles vai apresentar essas sugestões na segunda-feira (27) ao presidente do BNDES e aos embaixadores da Noruega e da Alemanha. Esta semana, depois que o ministro do Meio Ambiente criticou a gestão do fundo, que é administrado pelo BNDES, e a gestora Daniela Baccas foi afastada, a embaixada da Alemanha informou que está disposta a ouvir as propostas do governo brasileiro, mas afirmou que ainda não concorda com as mudanças no Fundo Amazônia. Em nota, a embaixada da Noruega declarou estar satisfeita com a robusta estrutura de governança do Fundo Amazônia e com os resultados obtidos nos últimos 10 anos e que não recebeu nenhuma proposta das autoridades brasileiras para mudar a estrutura e os critérios de alocação de recursos do Fundo. O Jornal Nacional não conseguiu contato com as embaixadas da Noruega e da Alemanha.
Veja Mais

25/05 - Tragédia de Brumadinho completa quatro meses com 28 desaparecidos
Moradores homenagearam as vítimas e pediram aos bombeiros que não parem o trabalho de resgate. Rompimento de barragem matou 242 pessoas. Quatro meses depois, moradores homenageiam vítimas da tragédia em Brumadinho Moradores lembraram, neste sábado (25), os quatro meses do rompimento da barragem de Brumadinho. Às 12h28, silêncio. O horário que a lama destruiu tudo que encontrou pelo caminho foi lembrado com tristeza e indignação. A tragédia matou 242 pessoas. “Meu mundo acabou ali. Não é fácil a gente ver aquilo tudo destruído daquela forma. E o pior: saber que eles sabiam que isso ia acontecer e deixaram eles lá pra isso”, diz a dona de casa Roberta Rocha. Os nomes das pessoas mortas no rompimento da barragem cobriram o canteiro na entrada de Brumadinho. Desde o dia da tragédia o trabalho dos bombeiros não parou. Há 120 dias eles vasculham a lama em busca dos desaparecidos; 28 pessoas ainda não foram encontradas. Na homenagem deste sábado, as famílias pediram que esse trabalho de resgate não pare. O corpo da irmã da professora Natalia de Oliveira, que trabalhava na Vale, até hoje não foi encontrado. “Nós nunca vamos esquecer, 25 de janeiro, para nós de Brumadinho, é o 11 de setembro. Indenização nenhuma, dinheiro nenhum do mundo paga a ausência da minha irmã na mesa de almoço do Dia das Mães. É muito triste”. A Defensoria Pública de Minas Gerais informou que até agora foram fechados 21 acordos de indenização individuais, entre as vítimas e a Vale. O nome do irmão de Rosângela dos Santos saiu da lista de desaparecidos neste sábado. A ligação mais esperada pela família veio enquanto ela preparava a homenagem às vítimas da tragédia: “A gente estava esperando há quatro meses, 120 dias, por essa notícia e agora a gente tem a certeza, a gente sabe onde ele está”.
Veja Mais

25/05 - Pacientes sofrem com a falta de médicos e demora por cirurgias no maior hospital da região norte
Hospital Regional de Augustinópolis atende mais de 20 municípios da região norte do estado. Paciente deu entrada na unidade 18 vezes esperando cirurgia. Pacientes reclamam da falta de estrutura e profissionais no Hospital de Augustinópolis Pacientes do maior hospital público da região do Bico do Papagaio sofrem com a falta de médicos e a demora na realização de cirurgias. Falta estrutura e até materiais básicos no Hospital Regional de Augustinópolis, que é referência para a região norte do estado e atende mais de 20 municípios. A mulher do Domingos Sebastião, por exemplo, aguarda cirurgia para retirar a vesícula há cerca de um ano e meio. A paciente foi internada várias vezes, mas até agora a cirurgia nunca foi feita. "Só de janeiro até hoje está com 18 entradas no hospital aguardando cirurgia", afirma o marido. A espera fica ainda mais difícil porque algumas enfermarias estão lotadas. Segundo os acompanhantes, falta lençol, cadeira e os parentes precisam levar ventiladores de casa para amenizar o calor. A Débora De Fátima foi transferida de Esperantina com metástase no seio há um mês. Como a unidade não possui estrutura para fazer a reconstrução da mama ela aguarda outra transferência. "Dia 30 de abril eu cheguei em Palmas. Como o peito estava em acesso e com leite eles mandaram voltar", conta. Para fazer o tratamento de polineuropatia muscular. A Nayana também precisa ser transferida. O marido teve que conseguir um neurologista particular para acompanhar a mulher até aparecer vaga em outro hospital. "O hospital que deveria ser de referência aqui no Bico do Papagaio não tem um neurologista, não tem um radiologista. Se você precisar de um laudo médico não tem condições porque não temos um radiologista aqui no Bico." E falta até médico pediatra no pronto-atendimento do hospital. “A unidade de saúde você vai lá e consulta, é um apoio, mas eles não vão aplicar o remédio, não vão fazer o raio-x. é uma consulta e eles te indicam para o hospital. É aqui que deveria ter todo apoio”, lamenta a comerciante Marlúcia Vilarino. Hospital Regional de Augustinópolis é referência na região norte do estado Reprodução/TV Anhanguera Outro lado E nota, a Secretaria de Estado da Saúde informou que o acolhimento de pacientes no Hospital Regional de Augustinópolis obedece critérios de classificação de risco e que a unidade é referência em 24 municípios dessa região, o que explica o grande número de pacientes. Afirmou ainda que está com chamamento público aberto para contratação de médicos especialistas para suprir a demanda de pediatras do hospital e de outras unidades. Sobre as pacientes, a secretaria informou que Maria Nayanna está com quadro clínico melhor e tem previsão de alta para a próxima segunda-feira (27). A paciente Débora de Fátima Fernandes passou por avaliação pelo cirurgião plástico em Palmas dia 30 de abril e está na unidade fazendo uso de medicação, além de realizar tratamento para secagem do leite materno. O retorno dela está agendado para o próximo dia 30 de maio na capital. A cirurgia da paciente Adriana da Silva Barbosa estava marcada para este sábado (25), de acordo com a Secretaria de Saúde, mas o esposo da paciente informou por falta de um auxiliar de médico o procedimento não foi feito. Mesmo ainda sentindo fortes dores a paciente foi liberada sem confirmação de quando a cirurgia seria realizada. Ela foi informada para voltar ao hospital na próxima segunda-feira (27). Sobre o caso dela, o Estado informou que o procedimento está previsto para a próxima semana, mas não disse o dia exato. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Veja Mais

25/05 - Três dias após tombamento de carreta, trecho da MG-428 em Sacramento segue interditado
Acidente ocorreu na manhã da última quarta-feira (22). Liberação depende de uma avaliação feita por técnicos do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG) Após acidente com carreta que transportava aditivo plastificante industrial, rodovia precisou ser interditada. Sargento Jairo Humberto/Pemad/Corpo de Bombeiros Após 72 horas, segue interditado nos dois sentidos o trecho da rodovia MG-428, entre Sacramento (MG) e Rifaina (SP), após o tombamento de uma carreta com 25 toneladas de aditivo plastificante industrial, na última quarta-feira (22). O trecho fica a 300 metros da divisa dos estados de Minas Gerais e São Paulo. A previsão é de que as pistas sejam liberadas após uma avaliação do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG). Carreta tomba e pega fogo na MG-428 em Sacramento Mais de 48h após tombamento de carreta, trecho da MG-428 em Sacramento continua interditado De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), para quem segue pela rodovia, há um desvio por uma estrada de terra com cerca de um quilômetro de extensão nos dois sentidos. Já para os motoristas que vão trafegar entre Araxá (MG) e Franca (SP), a opção é utilizar o desvio por Igarapava (SP) ou Uberaba (MG). Na quinta-feira (23), o analista ambiental do Núcleo de Emergência Ambiental (NEA), órgão da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad), Newton Oliveira, acompanhou os trabalhos no local. Segundo ele, o produto não atingiu o Rio Grande. Não foi informado quando ocorrerá a avaliação pelos técnicos do DER-MG.
Veja Mais

25/05 - Doação de órgãos: diretor da SC Transplantes esclarece dúvidas
Mitos e boatos podem ser obstáculos na hora da família autorizar doação. Campanha 'A Vida Com Vida': a importância da informação sobre doação de órgãos Mitos e boatos sobre a doação de órgãos acabam sendo obstáculos na hora da família autorizar a doação. As informações falsas deixam os parentes ainda mais inseguros em um momento em que já é difícil de se tomar uma decisão. Depois da notícia da morte, a família fica abalada. Por isso os coordenadores da SC Transplantes esperam algumas horas para falar sobre a doação e respeitam o tempo que for preciso para ter a resposta. Essa espera pode levar de poucas horas até alguns dias. O mais importante é salvar vidas. Em Santa Catarina, 70% das famílias dizem sim para a doação. Para os 30% que ainda têm perguntas, o diretor da SC Transplantes, Joel de Andrade, esclareceu dúvidas sobre doações. Confira abaixo perguntas e respostas: Em caso de morte encefálica, há chance de sobrevivência do paciente? "O indivíduo em morte encefálica é essencialmente um indivíduo morto. Se os critérios técnicos foram bem aplicados na elaboração desse diagnóstico, não há a mínima chance que esse indivíduo volte a ter atividade neurológica e volte a viver". Há alguma religião que impeça a doação de órgãos? "Oficialmente, as religiões são bastante favoráveis à doação de órgãos. Até mesmo as testemunhas de Jeová, que são contra a transfusão de sangue, não têm uma posição oficial contra a doação de órgãos". O corpo de um doador precisa ser velado em um caixão lacrado? "Não há necessidade nenhuma que seja em caixão lacrado. A doação não impõe nenhuma necessidade adicional e normalmente os corpos reconstituídos podem ter o velamento tradicional". Até que idade é possível fazer a doação de órgãos? "Existem algumas limitações relacionadas à idade, mas cada vez mais se aceita doadores idosos. Tivemos há pouco no Brasil um doador de 89 anos e o receptor de 79 anos, que recebeu o fígado. Evoluiu muito bem". Se a família não autorizar, não é possível a doação? "Quem decide a doação é a família. Mas é sempre bom lembrar: se você falou para a sua família que é doador, resposta certa, eles vão autorizar". Veja mais notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

25/05 - VÍDEOS: PITV 2 de sábado, 25 de maio de 2019
Veja Mais

25/05 - Governo estuda usar Fundo Amazônia para indenizar desapropriações de terra
Fundo tem cerca de R$ 3,4 bilhões e foi criado em 2008 para receber doações destinadas a medidas de conservação. Para entidade, ação pode aumentar desmatamento. Governo quer usar fundo da Amazônia para indenizar desapropriações O governo federal quer usar o Fundo Amazônia, criado com doações da Noruega e da Alemanha, para pagar indenizações por desapropriações de terra em áreas protegidas. O Fundo Amazônia foi criado em 2008 para receber doações destinadas a ações de conservação e combate ao desmatamento na floresta. É formado por dinheiro doado pela Noruega, principal financiador, e pela Alemanha. O fundo tem R$ 3,4 bilhões e é administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com o jornal "O Estado de S. Paulo", o governo quer usar o dinheiro do Fundo Amazônia para indenizar desapropriações. Segundo a reportagem, o governo trabalha na edição de um novo decreto para alterar as normas do fundo e permitir que os recursos possam ser usados, por exemplo, para pagar indenizações a donos de propriedades privadas que viviam em áreas de unidades de conservação. Desmatamento em áreas protegidas da Amazônia aumenta em maio Em entrevista à TV Globo, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, confirmou essa intenção. Ele disse que quer escolher algumas regiões onde o índice de desmatamento é alto, como o sul do Pará, e fazer projetos-piloto com uma série de ações de monitoramento e fiscalização. Nesses casos, segundo o ministro, o dinheiro do fundo seria usado para regularizar a posse da terra. "Nos casos onde houver necessidade de regularização fundiária pra diminuir o conflito entre a unidade de conservação e aqueles que estão lá dentro, nós vamos desenvolver, então, os mecanismos pra resolver esse problema de regularização fundiária. Então, não é pra usar todo o recurso do Fundo Amazônia pra isso, mas apenas dar suporte a essas áreas de projeto-piloto que nós queremos fazer", declarou Salles. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles Marcelo Camargo/Agência Brasil As regras do fundo, no entanto, não permitem o uso do dinheiro para o "pagamento de indenização por desapropriação". As decisões são monitoradas pelos doadores, que exigem compromissos, como a redução do desmatamento. Organizações ligadas à conservação da natureza demonstraram preocupação com a proposta do ministro do Meio Ambiente. O diretor de políticas públicas do WWF, Raul Valle, diz que já existe um fundo de compensação por obras públicas, com R$ 1 bilhão, para ser usado prioritariamente em regularização fundiária. E que a mudança proposta pelo ministro pode levar a um aumento do desmatamento. "Não tem uma estratégia de combate ao desmatamento publicada por esse governo. Então, a gente não sabe como vai ser eficaz essa proposta e tem que ser muito bem feito isso porque existe muita invasão de terra pública em unidade de conservação na Amazônia e, se mal usado esse recurso, pode justamente beneficiar quem tá invadindo terra pública; e gerar uma corrida ao desmatamento", disse Raul Valle. O ministro também quer aumentar o número de representantes do governo no fundo, com o argumento de que isso levaria a uma gestão mais eficiente, o que também é alvo de críticas das organizações que participam do conselho. BNDES afasta chefe do departamento responsável por gerir recursos do Fundo Amazônia O ministro do Meio Ambiente vai apresentar essas sugestões na próxima segunda-feira (27) ao presidente do BNDES e aos embaixadores da Noruega e da Alemanha. Esta semana, depois que o ministro criticou a gestão do fundo, que é administrado pelo BNDES, e a gestora Daniela Baccas foi afastada, a Embaixada da Alemanha informou que está disposta a ouvir as propostas do governo brasileiro, mas afirmou que ainda não concorda com mudanças no Fundo Amazônia. Em nota, a Embaixada da Noruega declarou estar "satisfeita com a robusta estrutura" de governança do Fundo Amazônia e com os resultados obtidos nos últimos 10 anos. E que não recebeu nenhuma proposta das autoridades brasileiras para mudar a estrutura e os critérios de aplicação de recursos do fundo. Neste sábado (26), a TV Globo procurou mais uma vez as embaixadas da Noruega e da Alemanha, mas não conseguiu contato. Vista aérea da Floresta Amazônica AFP
Veja Mais

25/05 - Polícia investiga morte de bebê recém-nascido em Santiago
Criança foi encontrada morta neste sábado (25) na casa da mãe dela, uma jovem de 18 anos que havia ido consultar no hospital da cidade na manhã do mesmo dia. A Polícia Civil investiga a morte de um bebê recém-nascido em Santiago, na Região Central do Rio Grande do Sul. A criança foi encontrada morta neste sábado (25) na casa da mãe dela, uma jovem de 18 anos que havia ido consultar no hospital da cidade na manhã do mesmo dia. De acordo com a investigação da Polícia Civil, a jovem procurou o hospital de Santiago e relatou que teve uma hemorragia, mas não disse aos médicos que tinha dado à luz em casa momentos antes. A equipe do hospital estranhou o relato, e desconfiou que ela tenha passado por um parto caseiro. A jovem contou, depois de ser questionada pelos médicos, que algo saiu de dentro dela e a causou muita dor, mas que não sabia o que era. A mãe da jovem, que não havia sido informada sobre a gravidez, foi avisada da situação e, ao chegar à casa onde a filha mora, encontrou o bebê morto enrolado em panos. "Ela teve o bebê sozinha em casa. Ainda não sabemos se foi um aborto espontâneo, se foi ela que induziu ou se houve um infanticídio", diz a delegada plantonista Elisandra Mattoso Batista. A polícia aguarda a necropsia para saber qual foi a causa da morte. O resultado deve sair em 30 dias.
Veja Mais

25/05 - Uma pessoa morre e cinco ficam feridas em acidente próximo a Indianópolis
De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma jovem de 22 anos morreu na hora. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. Três veículos de passeio e um caminhão se envolveram no acidente. Corpo de Bombeiros/Divulgação Uma pessoa morreu e outras cinco ficaram feridas em um acidente registrado na tarde deste sábado (25) na BR-365, em trecho próximo a Indianópolis. De acordo informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, o acidente envolveu três carros e um caminhão. No entanto, a dinâmica da batida ainda não foi esclarecida. Ainda conforme os Bombeiros, uma jovem de 22 anos, ocupante de um dos carros, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os outros cinco feridos foram encaminhados para o pronto socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). O estado de saúde deles não foi informado. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) se deslocaram até o local para controlar o trânsito, que permaneceu em meia pista até a retirada dos veículos.
Veja Mais

25/05 - Vídeos: MG2 TV Integração Centro-Oeste MG e Alto Paranaíba de sábado, 25 de maio de 2019
Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Centro-Oeste de Minas e Alto Paranaíba. Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Centro-Oeste de Minas e Alto Paranaíba.
Veja Mais

25/05 - Evento em Manaus tem debates sobre meio ambiente, segurança pública e BR-319
Encontro na sede da FAS terá lideranças ribeirinhas e representantes do governo. Lideranças ribeirinhas do Amazonas, oriundas de diversas comunidades pelo Estado, se reúnem em Manaus a partir desta segunda-feira (27) para participar do XXII Encontro de Lideranças do Programa Bolsa Floresta, um evento com extensa programação que inclui debates, palestras, mesas redondas e capacitações e que acontece durante uma semana, até sexta-feira (31), na sede da FAS, na rua Álvaro Braga, 351, Parque Dez, Zona Centro-Sul. O evento, que também empodera e capacita as lideranças ribeirinhas, é uma oportunidade para debater problemáticas comuns ao cotidiano do interior ou que afetam as comunidades tradicionais: BR-319, monitoramento ambiental, políticas públicas, resíduos sólidos, empreendedorismo ribeirinho, violência sexual, manejo florestal, recursos hídricos, microcrédito, bioeconomia, segurança pública e tráfico de drogas. Durante a programação também acontece o Papo Sustentável 2019, na quinta-feira (4), com o tema “Soluções para o acesso à água potável em comunidades ribeirinhas do Amazonas”. Veja a programação do evento: 27/05/2019 (segunda-feira) 8h30 às 9h20 - Abertura do evento 9h20 às 10h10 - Apresentação estrutural das secretarias estaduais e as ações voltadas para as comunidades ribeirinhas nas UCs, com Eduardo Taveira, secretário de Estado de Meio Ambiente, Petrucio Magalhães, secretário de Estado de Produção Rural, Luiz Castro, secretário de Estado de Educação, Marcos Apolo, secretário de Estado de Cultura, Juliano Valente (diretor-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas), Ruy Marcelo (procurador Ministério Público de Contas) 10h às 10h20 - Intervalo 10h30 às 12h20 - Perguntas e respostas entre as lideranças ribeirinhas 13h50 às 14h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 14h às 18h- Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho, com Fernando Soave (procurador do Ministério Público Federal), Daniel Viegas (procurador-chefe da Procuradoria-Geral do Estado) 19h às 21h - BR-319 com lideranças da região do Madeira com o MPF 28/05/2019 (terça-feira) - Dia 2 7h45 às 8h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 8h às 10h - Devolutiva sobre o Fundo Newton: UEA-LSE com Abordagem Participativa e Ufam-Coventry com Energia Renovável 10h20 às 12h20 - Monitoramento ambiental participativo 13h50 às 14h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 14h às 16h - A realidade e o papel de um parlamentar: demonstrando mecanismos para aproximar o cidadão da política pública, com Deputada estadual Joana Darc, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) 16h20 às 18h10 - Educação ambiental: gestão de resíduos sólidos 18h10 às 18h40 - Como liberar filhotes de peixe-boi capturados acidentalmente, com Instituto Nacional de Pesquisas na Amazônia (Inpa) 29/05/2019 (quarta-feira) 7h45 às 8h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 8h às 10h - Empreendedorismo ribeirinho: modelos de negócios e princípios do Modelo C 10h20 às 12h20 - Todo cuidado é pouco: violência sexual, com Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) 13h50 às 14h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 14h às 16h - Diálogo ambiental: avanços e desafios da Política de Meio Ambiente do Amazonas; Cadastro Ambiental Rural (CAR); paisagens sustentáveis; e manejo e concessão florestal nas Unidades de Conservação, com Eduardo Taveira (sema), Giuliano Piotto (chefe de Departamento de Gestão Ambiental e Territorial da DEGAT/Sema), e Maria Eliene Cruz, Julia Linhares e Francisco Itamar Melgueiro (assessores técnicos da DEGAT/Sema) – Moderador: Christina Fischer, secretária executiva adjunta da Sema 16h20 às 17h30 - Mini-oficina participativa: Plano Estadual de Recursos Hídricos, com Ayub Borges (assessor técnico ASSRHID/Sema). Moderador: Christina Fischer, secretária executiva adjunta da Sema 17h30 às 18h20 - Bate-papo: rotinas legais para Associações Mães das UCs 19h às 21h - Formação complementar de Excel e Powerpoint e assinatura dos termos de bens 30/05/2019 (quinta-feira) 7h45 às 8h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 8h às 12h20 - Capacitações 13h50 às 15h - Boas práticas para a gestão de projetos: concepção, acompanhamento e comunicação de resultados 15h às 15h30 - Organização das devolutivas 15h30 às 16h - Devolutiva das capacitações 16h20 às 18h20 - Formação complementar; redação oficial 19h às 21h30 - Papo Sustentável: Soluções para o acesso à água potável em comunidades ribeirinhas do Amazonas, com lideranças ribeirinhas, Valcléia Solidade (FAS/Água+Acesso), Rodrigo Brito (Instituto Coca-Cola), Gaston Santi Kremer (WTT), Isaias Nascimento (Sema), Carlossandro Albuquerque (UEA). Moderador: Neliton Marques (Ufam). 31/05/2019 (sexta-feira) 7h45 às 8h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 8h às 10h - Oficina de educação financeira e microcrédito 10h20 às 12h20 - Avanços e perspectivas dos programas e projetos da FAS e lançamento do Livro Atlas 2.0, com Virgílio Viana (superintendente-geral da FAS) e Valcléia Solidade (FAS); 13h50 às 14h - Dinâmica (Rádio Jabuti) 14h às 16h - Debate sobre o plano estadual de Bioeconomia, com Eduardo Taveira (Sema), Jório Veiga, secretário de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti), Cleinaldo Costa (reitor da UEA), Gisele Lins (Centro Universitário Nilton Lins), João Matos (diretor da Aliança para a Bioeconomia na Amazônia), Spartaco Astofi Filho (Biotec), Petrucio Magalhães (Sepror); 16h20 às 17h40 - Debate: Como melhorar a segurança nas comunidades ribeirinhas diante do narcotráfico?, com Louismar Bonates, secretário de Estado de Segurança Pública (SSP), Sandro Sarquis, secretário executivo adjunto de Inteligência da SSP (Seai) e Eduardo Taveira (Sema) 17h40 às 18h20 - Avanços alcançados com a participação nos encontros de lideranças e recomendações para o aprimoramento do Programa Bolsa Floresta (PBF); Planejamento para o XXIII Encontro de Lideranças 18h20 às 18h40 - Entrega de certificados
Veja Mais

25/05 - VÍDEOS: Jornal Anhanguera 2ª edição deste sábado, 25 de maio
Veja todas as notícias do telejornal da TV Anhanguera. Veja todas as notícias do telejornal da TV Anhanguera.
Veja Mais

25/05 - Rondônia Rural Show movimenta mais de R$ 700mi em Rondônia na oitava edição
Mais de 120 mil pessoas passaram pela feira que aconteceu em Ji-Paraná (RO). Rondônia Rural Show 2019. Mary Porfiro/Rede Amazônica A oitava edição da feira Rondônia Rural Show movimentou em negócios R$ 703.588.488,00, segundo a organização anunciou no final deste sábado (25). Na edição anterior, cerca de R$ 533 milhões foram negociados. Um total de 532 expositores estavam no Parque Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná (RO). Segundo a organização da feira, mais de 120 mil pessoas passaram pelo local. A diversidade do público estava entre visitantes curiosos, profissionais da área, estudantes e autoridades, entre eles, o secretário especial de assuntos fundiários, Luiz Antônio Nabhan Garcia, e o secretário nacional de pesca e aquicultura Jorge Seif. A auxiliar administrativa Daiane Teodoro trouxe a família para ver os girassóis e toda a estrutura disponível. Os pequenos Pedro, de 6 anos, e Maria Luiza de 1 ano, se encantaram pelas flores. Visitantes foram ao parque Vandeci Rack ver tecnologia, maquinários, culturas e animais Mary Porfiro/Rede Amazônica "Eu vim com os alunos que tocaram na abertura e agora vim com minha família. Achei [a feira] inovadora, diferente dos demais anos. Sei que isso é bom porque todos consomem produtos da agricultura e assim a gente pode entender melhor esses processo de como o alimento chega até a mesa", declara. Uma caravana de estudantes veio de Cacoal (RO), na Zona da Mata, para que os alunos complementassem o que aprendem em sala de aula, no curso técnico de agropecuária. O trio Juliana Arruda, Emerson Silva e Luís Marques ficaram encantados com a primeira visita. "Viemos ver de perto o que o professor passa pra gente na sala. A cada explicação um aprendizado. É uma experiência única", diz Emerson. Estudantes aproveitaram a Rondônia Rural Show 2019 Mary Porfiro/Rede Amazônica
Veja Mais

25/05 - Criança é baleada dentro de casa em Jataizinho, diz polícia
Menina, de 5 anos, foi levada em estado grave para o Hospital Universitário de Londrina, no norte do Paraná; Polícia Civil investiga quem é o autor do disparo. Três adolescentes foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Ibiporã Alberto D'Angele/RPC Londrina Uma criança foi baleada dentro da casa onde mora em Jataizinho, no Norte Pioneiro do Paraná, no fim da tarde deste sábado (25). A mãe da menina, de 5 anos, contou à RPC que estava trabalhando quando a criança foi baleada. De acordo com a mãe, a menina estava sendo cuidada pela irmã, de 14 anos, e uma colega dela, que também é adolescente. A Polícia Militar (PM) informou que uma ambulância foi chamada para atender a criança, que foi levada para um hospital da cidade. Na sequência, a menina foi transferida para o Hospital Universitário (HU) de Londrina, no norte do estado. Segundo o HU, o estado de saúde da criança é grave. De acordo com a Polícia Civil, três adolescentes foram encaminhados para a delegacia de Ibiporã, que também fica no norte, para prestar depoimento. Até a publicação desta reportagem, a polícia não havia informado em que circunstâncias a menina foi baleada. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Veja Mais

25/05 - VÍDEOS: EPTV 2 região de São Carlos deste sábado, 25 de maio
Confira o que foi notícia nas cidades da região. Confira o que foi notícia nas cidades da região.
Veja Mais

25/05 - Unidades de saúde têm alteração de expediente devido a obras em Guarujá, SP
Atendimento tem alterações a partir da próxima segunda-feira (27). Usafa da Vila Rã, em Guarujá (SP),também passará por obras Divulgação/Prefeitura de Guarujá Unidades de Saúde da Família (Usafas) de Guarujá, no litoral de São Paulo, têm alterações no expediente a partir da próxima segunda-feira (27). As mudanças ocorrem devido a um pacote de reformas, realizado pela Prefeitura de Guarujá, que contemplará todas as Usafas do município, visando melhorias no atendimento à população. A Usafa Sítio Conceiçãozinha está fechada para obras a partir deste sábado (25), e o atendimento realizado no local foi transferido à unidade do bairro Jardim Conceiçãozinha, localizada na Avenida Bento Pedro da Costa. A previsão para o prazo de de conclusão dos trabalhos é de 15 dias, podendo ser estendido em caso de condições climáticas ruins. Segundo a Prefeitura Municipal de Guarujá, a Usafa da Cidade Atlântica também passará por reformas a partir da próxima segunda-feira. No entanto, as obras serão realizadas no andar térreo da unidade, e o atendimento será mantido no pavimento superior do local, sem prejudicar pacientes. Nesta unidade, o atendimento odontológico será realizado apenas em caráter emergencial durante as obras. A primeira fase de obras nas Usafas de Guarujá também contemplará as unidades dos bairros Vila Edna, Vila Rã, Vila Áurea, e Jardim Brasil, além das Usafas Sítio Conceiçãozinha e Cidade Atlântica. A proposta visa a instalação de equipamentos ambulatoriais mais modernos, além de novos mobiliários.
Veja Mais

25/05 - Caminhoneiro foge de blitz mas carga com 460 mil maços de cigarro é apreendida em MS
De acordo com a PMR, motorista conseguiu escapar de uma blitz por uma estrada vicinal em Aquidauana (MS), mas carga foi apreendida horas depois na cidade de Sonora. Uma carreta carregada de maços de cigarro foi apreendida nesse sábado (25), em Sonora, a 362 km de Campo Grande. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o motorista teria fugido de uma blitz, no dia anterior, por uma estrada vicinal, em Aquidauana (MS). Carga de cigarro é apreendida em Sonora (MS). Divulgação/Polícia Militar Rodoviária De acordo com a ocorrência, dentro do veículo foram encontrados 460 mil maços do produto. Um homem, de 30 anos, que fazia o serviço de batedor foi preso. A caminhonete que ele dirigia foi apreendida e o motorista da carreta conseguiu fugir. Carretas carregadas com cigarro são apreendidas em MS. Em Aquidauana, dois homens foram presos após serem flagrados na noite dessa sexta-feira (24) transportando cigarros. A carga foi avaliada em mais de R$ 1,5 milhão e seria levada para os estados de Mato Grosso e Goiás. Os suspeitos foram levados para sede da Polícia Federal.
Veja Mais

25/05 - Vídeos: MG2 TV Integração Triângulo e Alto Paranaíba de sábado, 25 de maio de 2019
Assista aos vídeos de Triângulo e Alto Paranaíba. Assista aos vídeos de Triângulo e Alto Paranaíba.
Veja Mais